Publicações mais recentes

Melhore suas Taxas de Abertura com a Segmentação por Engajamento

Melhore suas Taxas de Abertura com a Segmentação por Engajamento

Além do Email • 2 de março de 2018

Se você me perguntar qual foi a primeira coisa que fiz quando comecei a enviar email marketing, a resposta simples é: criar uma lista. Essa é uma coisa que qualquer profissional de marketing pode fazer desde o início. Ter uma lista é a melhor maneira de aprofundar seu relacionamento com seu público. Dito isto, é igualmente importante dominar a arte da segmentação para tirar o maior proveito possível de suas listas de email. Uma lista com seus clientes ou inscritos mais engajados é um ativo muito importante para sua empresa. O mais importante é a segmentação A Segmentação por Engajamento é a base para que seus emails tenham um alcance efetivo. Alguns profissionais de marketing nunca percebem a importância da segmentação e acabam gerando leads que não são qualificados. Você deve perceber que sua lista de email consiste em pessoas com diferentes interesses, comportamentos e perfis. Temos que lembrar que não dá para medir todas as pessoas com a mesma régua. Portanto, por que tratá-los da mesma forma? A solução é dividi-los em pequenos grupos e enviar campanhas de email personalizadas para cada segmento. Um erro comum que alguns profissionais de marketing cometem é tratar sua lista de email como uma única entidade. De acordo com o estudo de caso realizado pela Marketing Sherpa, o artbeads.com viu as taxas de conversão aumentarem em 208% quando começaram a utilizar emails direcionados. 32% dos profissionais de marketing dizem que segmentar seu banco de dados de email é uma das principais prioridades do ano. Além disso, 52% acreditam que têm grande necessidade de melhorar a segmentação da lista. O que eles estão perdendo? A Jupiter Research descobriu que as campanhas direcionadas de email marketing podem gerar nove vezes mais receita do que os emails-padrão. Quanto mais personalização for incluída em cada email enviado aos seus assinantes, maior a probabilidade de abrirem seus emails, clicar nos CTAs (convite à ação) e se converterem em compradores. Em média, as campanhas de email não segmentadas têm taxas de abertura de 20%, uma taxa de cliques de apenas 9,5% e taxas de conversão em cerca de 1%. Por outro lado, as campanhas de email direcionadas têm uma taxa de abertura de 33% em média, uma taxa de cliques de 14% e uma taxa de conversão de 3,9%. Com uma lista segmentada, você sempre terá um grupo de clientes fiéis. Por exemplo, se você vende livros e tem uma cadeia de lojas de varejo, então você pode segmentar sua lista entre pessoas que preferem certos gêneros de livros, grupos de idade, clientes mais valiosos etc. Você também pode classificar sua lista com base nas compras que seus clientes fazem. Isso significa que você pode ter uma categoria separada para as pessoas que fazem compras entre R$50 e R$100 ou entre R$100 e R$200 ou acima R$200. A Benchmark Email fornece uma ferramenta de Segmentação por Engajamento para ajudá-lo a obter um ROI melhor com suas listas de contatos. A Segmentação por Engajamento verifica todas as aberturas ou cliques de suas campanhas para criar listas segmentadas para você. Atingir contatos específicos. Sucesso não se trata do tamanho de sua lista, e sim de sua qualidade. A Segmentação por Engajamento também pode ser usada para limpar suas listas, pois com ela é possível criar uma lista de contatos que não abriram seus emails. Você pode acessar esse recurso ao criar uma nova lista em sua conta da Benchmark. Basta selecionar a opção “Lista por Engajamento”. Há duas maneiras de criar listas segmentadas. A primeira é baseada em aberturas e não aberturas de suas campanhas de email e a segunda é baseando-se nos links clicados em seus emails. Cliques e Aberturas em Geral O processo da Segmentação por Engajamento é o seguinte: Selecione até 10 campanhas para comparar Escolha se deve basear a comparação em contatos engajados ou não engajados Escolha também se deve basear-se em cada campanha individual ou em todos os seus emails Aberturas ou cliques Salvar No primeiro passo você precisará selecionar as campanhas que deseja comparar. Recomenda-se comparar campanhas similares para segmentar com precisão as suas bases, mas isso não é obrigatório. A título de informação, você só pode selecionar entre as 50 campanhas mais recentes e que tenham sido enviadas há mais de 3 dias. Você pode selecionar até 10 delas para compara de uma só vez. O terceiro passo é selecionar se as suas campanhas serão comparadas individualmente (Qualquer um dos Emails), ou umas com as outras (Todos os Emails). Os resultados podem ser muito diferentes dependendo do que você escolher. A opção Qualquer um dos Emails irá juntar todos os 10 emails e, dependendo das aberturas ou cliques, colocará o contato na lista ao final. A opção \"Todos os Emails\" irá pegar todas as suas 10 campanhas e procurará pelos contatos que abriram ou clicaram em todos os emails que você selecionou. Isso produzirá um número significativamente menor. Por último, simplesmente escolha se quer uma lista de aberturas, de cliques ou ambos! Depois disso, você poderá criar uma segunda lista com base em configurações diferentes. Nesta etapa, você também pode calcular o número de cada um desses conjuntos para que possa visualizar o número de contatos de cada um, já que leva tempo para montar a lista completa. Não esqueça de dar um nome a sua lista e, em seguida, salvá-la! Cliques Focados Os Cliques Focados são diferentes das Aberturas e Cliques em Geral. Ele irá comparar os links das campanhas entre si ao invés dos emails. Esta pode ser a melhor opção para você caso seja um lojista com promoções, ou se simplesmente seus emails possuírem muitos links. A comparação de todos os produtos e URLs é difícil de se fazer manualmente, mas os “Cliques Focados” automatizam a comparação e permitem que nossos usuários criem listas com base em determinadas configurações. Da mesma maneira que com as “Aberturas e Cliques em Geral”, você pode selecionar entre as 50 campanhas mais recentes que tenham sido enviadas há mais de três dias e pode selecionar até 10 campanhas de uma vez. Parecido com o anterior, porém ainda assim diferente. A diferença entre a primeira opção e os “Cliques Focados” é que, nesta etapa adicional, você seleciona as URLs das quais você deseja juntar contatos. Por exemplo, se você possui um ecommerce de artigos esportivos e enviou vários emails relacionados a diferentes esportes, você poderá criar uma lista de contatos com as pessoas que estejam interessadas em produtos de futebol e, em seguida, criar uma estratégia para comercializar apenas a jogadores de futebol com base no que eles clicaram. É exatamente assim que a Segmentação por Engajamento deve funcionar. O primeiro passo é escolher as campanhas que deseja comparar e então selecionar as URLs de onde deseja obter contatos. Você pode selecionar até 10 campanhas e 10 URLs para comparar. O próximo passo é selecionar “Clicou em QUALQUER Link” ou “Clicou em TODOS os Links”. Isso é muito parecido com o conceito anterior, que pode ser um pouquinho difícil de entender. Se você escolher QUALQUER, o sistema coletará contatos que clicaram em pelo menos uma URL em QUAISQUER dos seus emails. Caso escolha TODOS, o sistema examinará todas as campanhas e coletará os contatos que clicaram em TODOS os emails. A opção TODOS provavelmente produzirá um número bem menor do que o primeir. Por fim, dê um nome a lista e clique em salvar. O que Você Precisa Fazer Agora Caso tudo isso seja muito novo para você, pode parecer um pouco intimidador fazer esse tipo de segmentação. Para começar, você precisará determinar quais são seus objetivos para cada segmento de email marketing que deseja atingir e então avaliar como o seu sucesso será medido. Você também precisará descobrir o que sua estratégia te ajudará a alcançar. A ferramenta de Segmentação por Engajamento da Benchmark facilita a identificação de seus inscritos mais leais. Se ainda não a utilizou, teste-a e nos dê seu feedback.


Ler Mais
Entendendo os seus Relatórios de Email Marketing

Entendendo os seus Relatórios de Email Marketing

Além do Email • 28 de julho de 2016

Se você está trabalhando com email marketing há apenas 24 horas ou há mais de 10 anos, a compreensão das métricas mais importantes em seus relatórios deve ser uma parte crucial de seu trabalho. Eu me deparo com esta questão muitas vezes em relação aos muitos recursos que nossa plataforma oferece: \"O que tudo isso significa?\" Toda pessoa trabalhando com marketing deve ter uma boa compreensão desses fatores para colher bons frutos de seu email marketing. A Benchmark oferece cinco tipos de relatórios para ajudar os usuários a identificarem seu público-alvo e inscritos mais fieis: 1.Relatórios de Email Oferecemos rastreamento em tempo real de suas campanhas de email e mídias sociais. Ou seja: te damos uma plataforma para entender melhor seus inscritos, clientes e fãs através destes números. Todo mundo gosta de ver altas taxas de abertura e um aumento crescente no tráfego devido aos cliques. Abaixo, te ajudaremos a entender quais métricas são as mais importantes e como você pode usá-las para entender seu crescimento em email marketing. Aberturas: Esta métrica é bastante auto-explicativa. Este é o número de contatos que abriram seu email. Rejeições (bounces): Isso inclui a lista de usuários que estão temporariamente ou permanentemente incapazes de receber seus emails. As rejeições temporárias, também conhecidas como rejeições leves, acontecem quando a caixa de entrada está cheia ou quando o serviço de email de um inscrito não está disponível. A rejeição permanente, chamada de rejeição dura, ocorre devido a identificação de emails falsos ou incorretos. Mantenha-se longe das rejeições e remova as duras instantaneamente de suas listas. Links clicados: Veja quais foram os links mais clicados de suas campanhas e quais contatos que clicaram neles. Inscrições removidas: Estes são os assinantes que não estão mais interessados ​​em receber suas campanhas. Certifique-se de atualizar seu banco de dados frequentemente e evite enviar qualquer campanha para eles no futuro. Emails encaminhados: Verifique este dado para ver quantas pessoas gostaram tanto de sua campanha que chegaram a compartilhá-la com seus amigos e clientes. O recurso de mapa de cliques o ajudará a ver qual a porcentagem de assinantes que estão clicando em seus botões e links, o que pode te ajudar a direcionar melhor suas próximas campanhas com botões que gerem mais engajamento. Comparar relatórios: Esse é um recurso poderoso que compara várias campanhas enviadas de acordo com as taxas de aberturas, cliques, rejeições, etc. Este relatório pode ser útil para entender como seus inscritos reagiram às suas campanhas. Com a ferramenta de abertura por localização você pode descobrir onde no mundo ou em seu país seus emails estão sendo abertos. Assim pode segmentar sua lista de acordo com os diferentes fusos de seus contatos para que suas campanhas sempre cheguem na hora desejada na caixa de entrada de seus clientes. 2. Relatórios de Testes A/B Realizar testes A/B é uma prática comum no email marketing. Com uma audiência muito ampla e muito conteúdo, às vezes é difícil avaliar quais palavras ou estilo que chamarão mais a atenção de um inscrito. Queremos que o contato goste do email para que ele o abra e continue a abrir futuros emails que você enviará para ele. Mas qual linha de assunto devo usar? Qual formato de email funciona melhor? Essas perguntas devem sempre estar em sua mente antes de enviar um email. As respostas para essas perguntas vêm com os Testes A/B. Você pode não apenas testar a linha de assunto, mas também diferentes emails. Os relatórios de Testes A/B podem ser vistos na seção Relatórios de seu painel de controle. Selecione a campanha A/B para a qual deseja analisar os resultados. Você pode ver as aberturas, rejeições e os encaminhamentos de suas campanhas. 3. Relatórios de questionários Este recurso único ajuda você a aprender mais sobre seus assinantes. Você pode pedir suas opiniões sobre vários assuntos. A Benchmark permite que você crie um questionário em minutos para alcançar seu público em qualquer dispositivo. Você pode hospedar esses questionários em seu domínio ou incorporá-los em qualquer página da web. Os relatórios dos questionários criados podem ser vistos na aba “Relatórios” na barra superior de sua conta. Veja as respostas, exporte-as em um PDF ou reutilize-as para um novo questionário. Avalie as respostas individual ou coletivamente para ajudá-lo a ser ainda mais bem sucedido em suas futuras campanhas. 4. Relatórios de enquetes O uso de Enquetes pode ajudá-lo a descobrir o que seus assinantes gostam. As enquetes criam um melhor envolvimento entre seus contatos e sua empresa. Semelhante a um questionário, uma enquete pode ser distribuída através de suas campanhas de email ou incorporada em sua página da web. Use uma enquete para descobrir o que seus assinantes querem, precisam e gostam. As estatísticas de cada enquete podem ser vistas clicando em cada item sob o nome da pesquisa. Você pode ver a porcentagem de votos que cada opção recebeu. As enquetes fornecem a você a incomparável comodidade e eficiência do engajamento direto e gratuito com seus assinantes. 5. Relatórios de automações Em 2016, apresentamos esta ótima ferramenta para nossos clientes chamada Automation Pro. Esta ferramenta prática para nossos usuários ajudou-os a tornarem-se remetentes orientados à precisão, mantendo seu email marketing no piloto automático. Os relatórios sobre as jornadas de automação criadas pelos usuários do Automation Pro podem ser vistos na seção Relatórios do painel de controle. Os relatórios de email são semelhantes aos que estão disponíveis para suas campanhas gerais. É útil entender quais jornadas de automação estão trabalhando para você e seus produtos e quais precisam de sua atenção. Resumindo... No final do dia, as melhorias no email marketing são baseadas em algumas métricas importantes que todo usuário deve entender. Seguir certas dicas,  tais como manter uma lista opt-in, escrever uma linha de assunto convincente, e manter sua frequência de envios pode te ajudar a melhorar e se desenvolver em cada um dos itens explicados acima.


Ler Mais
As 10 principais linhas de assunto de emails de vendas para aumentar suas taxas de abertura

As 10 principais linhas de assunto de emails de vendas para aumentar suas taxas de abertura

Marketing na Prática • 20 de maio de 2016

Você investe tempo elaborando uma jogada de vendas por email perfeita, inserindo os links perfeitos e elaborando uma chamada para ação perfeita para seus emails. Será que o seu tempo é bem gasto? Todo o tempo investido será um desperdício caso ninguém se dê ao trabalho de abrir seu email. É aí que entra a importância da linha de assunto. O email marketing ainda está entre um dos melhores métodos de comunicação com prospects, leads e clientes. Em tempos de caixa de entrada de email lotada, antes que seus prospects, leads ou clientes leiam seu email… antes ele tem que ser aberto. É por isso que a linha de assunto de um email de vendas possui um papel vital. Quanto mais as pessoas abrirem seus emails, sua possibilidade de vendas também irá aumentar. Centenas de milhares de emails de vendas são enviados todos os dias para chamar a atenção dos clientes. Quantos emails não lidos você possui em sua caixa de entrada? 200? 500? Provavelmente 1000 se você se inscreveu em incontáveis newsletters. As pessoas hoje em dia recebem muitos emails por dia e a maioria deles nem são abertos. As pessoas são inundadas com mais informações do que nunca e têm menos tempo para absorver tudo isso. A maioria dos emails são simplesmente ignorados... a menos que tenham uma linha de assunto sensacional. De acordo com um estudo sobre estatísticas de email, 35% dos destinatários abrem seus emails com base apenas nas linhas de assunto, e 69% dos destinatários denunciam um email como spam com base apenas na linha de assunto do email. Não há uma linha de assunto modelo para um determinado assunto, porque o que funciona para uma empresa pode não funcionar de forma eficaz para outra. Basta pensar nisso: você abriria um email com uma linha de assunto \"ME ABRA\" ou \"Olá\" ou \"URGENTE\" ou \"Registre-se para ganhar um iPhone 6S GRÁTIS\" ou algo do tipo? Todos esses emails chegam diretamente na sua pasta de SPAM. Uma linha de assunto ruim possui 5x menos clientes abrindo e lendo o email. As melhores linhas de assunto de emails de vendas deve ser criativas, despertando o interesse nos clientes. Elas devem incitar a curiosidade pelo assunto de interesse de seus assinantes, e ao mesmo tempo serem informativas. Procurando algumas linhas de assunto interessantes para os seus emails de vendas que despertem a abertura? Então aqui vão as melhores linhas assunto para emails de vendas que irão impulsionar suas taxas de abertura: “Precisa de ajuda?” ou “Espero poder ajudar” Os melhores vendedores hoje em dia são os que conseguem ajudar seus clientes a resolver problemas. Se seus emails chegam na caixa de entrada com uma linha de assunto como por exemplo \"Conte-me quais são seus maiores problemas\" ou \"Conte-me tudo que você já tentou e como eu posso ajudá-lo\" ou ainda \"Espero poder ajudar\" há uma maior chance de que seus emails sejam abertos. Potenciais clientes conseguem ter uma ideia da sua vontade serví-los. \"[Nome do potencial cliente], você tem 15 minutos para uma conversa?\" Este tipo de linhas de assunto distinguem seus emails de outros, porque você está fazendo uma pergunta diretamente na linha de assunto que trata a pessoa pelo seu nome. Personalizar linhas de assunto com uma pergunta ajuda a aumentar as taxas de abertura. \"Nós o encontramos através da [Nome da referência]\" ou \"[Nome da referência] sugeriu que nós conectássemos\" Se alguém recomendar a você um potencial cliente, certifique-se de usar o seu nome na linha de assunto em vez de apenas usá-lo no corpo do email. Usando o nome do potencial cliente na linha de assunto prende a atenção de imediato e também dá credibilidade para o remetente, aumentando assim a \"conexão\" com o prospect. Uma linha de assunto com uma resposta \"Re\" Muitos marqueteiros usam o \"Re:\" ou \"FW\" em suas linhas de assunto de email com o objetivo de aumentar suas taxas de abertura e de conversão. Essa é uma tática inteligente, uma vez que simula uma relação pessoal com o potencial cliente. No entanto, uma vez que o mesmo abrir o email e notar que foi enganado por não ter conversas anteriores com você esse tipo de linha de assunto não vai mais impressionar.. Se você realmente falou com eles antes e isso é de fato uma resposta, então você pode tentar remover a linha de assunto inteira e deixar apenas o \"Re\" para assim aumentar a taxa de resposta de seus emails de vendas. Linhas de assunto que transmitem uma ideia pela qual o potencial cliente se interesse Se você é um blogueiro, um email com uma linha de assunto \"Ideia para aumentar o número de views no [nome do blog]\" pode te intrigar o suficiente para você clicar no email e lê-lo. Ninguém quer perder uma ideia gratuita, e assim a probabilidade de que os clientes prospectados abram o email é muito maior. Linha de assunto sobre listas de dicas e ideias Linha de assunto sobre listas em emails de vendas são uma maneira simples e eficaz de atrair a atenção dos potenciais clientes. Se você cuida do email marketing, uma linha de assunto com os \"10 Melhores Linhas de Assunto para aumentar suas taxas de abertura em 80%\" vai te atrair mais do que \"Linhas de assunto para aumentar as taxas de abertura.\" Usar números na linha de assunto faz o prospect ter consciência do que ele vai ler. Linhas de assunto personalizadas com uma pergunta: \"Olá [Nome do potencial cliente], [pergunta que o potencial cliente deseja solucionar]?\" Se João é um criador de conteúdo, então um email com uma linha de assunto do tipo \"Olá João, você sabe como criar um conteúdo que aumenta o tráfego?\" certamente irá motivar João a abrir o email. Linhas de assunto com perguntas são uma ótima maneira de obrigar as pessoas a abrir seus emails uma vez que há uma promessa de que a mensagem irá solucionar um problema do potencial cliente. \"Não abra este e-mail\" A Psicologia Humana funciona da maneira oposta. Se alguém te proíbe de fazer algo, você passa a ter mais vontade de fazer. Esta linha de assunto é o meio mais simples e eficaz de criar curiosidade em seus potenciais clientes. Linhas de assunto que beneficiam o potencial cliente = \"Um [Benefício] para [Nome da empresa do potencial cliente]\" Se a empresa \"ABC Inc.\" lançou recentemente um blog e busca aumentar sua base de assinantes, então uma linha de assunto como \"Consiga seus primeiros 2000 assinantes para o blog da ABC Inc.\" irá despertar um interesse do potencial cliente em abrir o email para descobrir o que fazer para aumentar o número de assinantes do blog e assim crescer o negócio. Esse nível de personalização na linha de assunto aumenta as chances de chamar a atenção do potencial cliente. Email sem uma linha de assunto / Uma linha de assunto em branco Sim, você leu certo. Se você não consegue pensar em uma boa linha de assunto e estiver perdendo tempo com isso, basta digitar o seu corpo email e clicar em enviar. De acordo com um estudo realizado pela Sidekick, emails com uma linha de assunto vazia são abertos 8% mais frequentemente do que os emails que contêm uma linha de assunto. Lembre-se de que uma linha de assunto certa ou errada em emails de vendas pode realmente fazer a diferença entre converter um potencial cliente ou acabar na caixa de spam. O objetivo final é fazer com que sua linha de assunto se destaque. Estas são apenas algumas das linhas de assunto convincentes que podem aumentar suas taxas de resposta de email. Como você vai personalizá-las de acordo com seu nicho para aumentar suas taxas de abertura, isso é com você. Quais são as suas linhas de assunto preferidas para ganhar destaque nas campanhas de email marketing? Exponha suas ideias nos comentários abaixo!


Ler Mais
Acordo entre UE e EUA sobre uma nova política de protecção de dados para substituir o Safe Harbor

Acordo entre UE e EUA sobre uma nova política de protecção de dados para substituir o Safe Harbor

Além do Email • 4 de fevereiro de 2016

Recentemente, informamos sobre o fim do acordo Safe Harbor e o que isso significava para o e-mail marketing. Lhes dissemos que novas mudanças deviam ser apresentadas em breve. Bem, elas chegaram. Esta semana, a Comissão Europeia e os Estados Unidos concordaram sobre um novo arranjo para a transmissão transatlântica de dados: o EU-US Privacy Shield. O novo acordo vai incluir os seguintes elementos: Grandes obrigações para empresas que lidam com dados pessoais dos europeus, e uma execução forte: Empresas dos EUA que coletam dados pessoais de assinantes europeus terão de comprometer-se a fortes exigências no que se refere a como os dados pessoais são processados e sobre como os direitos individuais são garantidos. O Departamento de Comércio irá assegurar-se de que as empresas publiquem seus compromissos, o que os tornam aplicáveis sob a lei americana pela Comissão Federal de Comércio dos EUA. Além disso, qualquer manipulação de dados de recursos humanos provenientes da Europa feita por empresas tem de se comprometer a respeitar as decisões das APDs europeias. Protecção efectiva dos direitos dos cidadãos da UE com várias possibilidades de reparação: Isso inclui a criação de um \"ombudsman independente\" que vai ajudar os cidadãos a resolver suas queixas caso eles achem que seus dados pessoais estão sendo mal utilizados. Eles poderão facilmente abrir uma consulta ou reclamação, e as empresas terão de responder dentro de um prazo. Com o novo acordo, será conduzida uma inspeção anual conjunta em todas as agências dos EUA que acessam dados de cidadãos da UE a fim de garantir que o acordo seja seguido por mais anos. Essa inspeção será conduzida pelo departamento de Comércio da CE e dos EUA. Sem dúvida, o Privacy Shield forneceu o alívio necessário para muitas empresas que dependem da transferência de dados online. A Benchmark Email continuará a aderir aos acordos atualizados e irá proporcionar uma protecção total aos dados ao seu usuário. Para esclarecimentos adicionais, não hesite em contactar-nos em suporte@benchmarkemail.com


Ler Mais