Publicações de séries: Além do Email

Como Se Comunicar com Ex-assinantes sem Soar como um Ex-namorado Melancólico

Como Se Comunicar com Ex-assinantes sem Soar como um Ex-namorado Melancólico

Além do Email • 24 de outubro de 2016

Sem dúvida, o sentimento mais triste na Terra é a notificação de que alguém cancelou a sua assinatura de email. Antes de eu começar a personalizar minhas campanhas de email, isso acontecia comigo em quase todas elas. O primeiro passo é entender o óbvio. O que deve ser óbvio é não esperar meses se passarem depois de uma nova assinatura até de fato enviar algo ao assinante. A essa altura, ele sequer lembra de você. A chave é encantar o novo assinante logo de cara e interessá-lo no que você tem a dizer. O segundo passo é se esforçar para entrar em contato com ele. Eu fiz o seguinte: Da última vez que alguém cancelou uma de minhas assinaturas, enviei uma mensagem para a pessoa (já tinha o email dele) e apenas escrevi uma breve mensagem dizendo que eu estava triste por vê-la partir, e então perguntei se o motivo era porque o conteúdo não era o que ela esperava. Eis por que essa é uma abordagem brilhante e simples: Leva só um segundo para fazer. Cria um vínculo pessoal que me permite sair de trás da cortina de email marketing, tornando-me mais real para ele e até me fazendo sentir um pouco constrangido por cancelar a assinatura. E eu obtenho informações valiosas. Esse homem não tinha percebido que havia cancelado a inscrição (o que me levou a pensar em quantas outras pessoas estão fazendo a mesma coisa e no fato de talvez haver um problema com a localização do botão Cancelar, tornando-o muito acessível). Essas perguntas são constantes, importantes e elas mantêm afiadas as suas habilidades em enviar emails. A segunda parte da informação valiosa que recebi foi como ele se sentia sobre a marca e por que ele a amava. Acabamos tendo uma pequena conversa sobre o porquê de a marca o atrair e sobre como ele enxerga valor nela — enquanto isso, eu pensava: “Incrível!” Isso me dá uma perspectiva imensa e me ajuda a avaliar o que estou fazendo certo para continuar assim. A chave para se comunicar com ex-assinantes é não soar como um ex-namorado melancólico e desesperado. Você simplesmente quer enviar uma mensagem curta e amigável — apenas uma cutucada. Talvez eles respondam, talvez não. De qualquer forma, você fez sua parte e segue em frente. Você deve ser casual, descontraído e talvez até engraçado. Você deve dar às pessoas a oportunidade de ver o que elas vão perder se saírem — e isso significa não insistir. É claro, nesse primeiro email você também deve dar às pessoas a oportunidade de voltarem a se comunicar com você outra vez. Então, ofereça um hyperlink na primeira cutucada porque eles podem voltar sem necessariamente querer iniciar um diálogo com você. Mas na maioria dos casos, desde que comecei a fazer isso, as pessoas realmente respondem a uma mensagem ou duas, o que também ajuda você a conhecer melhor o seu público-alvo. Em um nível de empresa, esse é o tipo de trabalho adequado para um coordenador de diálogo que também esteja trabalhando com as mídias sociais.


Ler Mais
Introduzindo Formulários de Inscrição Popup

Introduzindo Formulários de Inscrição Popup

Além do Email • 13 de setembro de 2016

Tempo certo é tudo. Para crescer a sua lista de email e ver a sua base de contatos aumentar, você precisa se conectar com assinantes em potencial no momento em que eles estarão mais sucetíveis a se inscrever. Insira formulários de inscrição popup. Com formulários de inscrição popup, você poderá chamar a atenção da inscrição ao fazê-la aparecer no momento certo. Os possíveis usos para este recurso é numeroso. Digamos que tenha trazido um cliente em potencial ao seu site através de um anúncio PPC ou de um Facebook ad. Deixe-os ir até o seu site, e então os cumprimente com um formulário popup oferecendo um desconto em sua primeira compra. Complete o funil de marketing! Talvez você tenha um blog e adoraria que as pessoas se inscrevessem para então poder continuar trazendo-os de volta. Você pode fazer com que um formulário de inscrição apareça assim que o leitor tiver passado por uma certa porcentagem de seu blog. Desta forma eles já estarão engajados e animados para subscreverem. Aquí estão algumas coisas que você poderá fazer para alcançar o tempo/local certo: Tenha cuidado ao colocar seu formulário popup em uma página inicial ou landing page. Novos visitantes não terão tido a oportunidade de dar uma boa olhada ao seu site, portanto não haveria muito para engajá-los a tal ponto que os faça entregar seu endereço de email… a não ser que já tenha feito um bom trabalho para os levar até alí em primeiro lugar ou que tenha colocado um belo e convincente texto no formulário. Faça com que seus formulários popup sejam acionados no meio de um post do blog ou de sua loja eCommerce para que o visitante tenha a chance de aproveitar bem a sua página. Formulários de inscrições podem ser um pouco intrusivos quando feitos incorretamente. Permitir que seus visitantes leem e comprem um pouco pode criar um fluxo natural. Mantenha seu formulário popup simples. Você não vai querer que seus visitantes passem muito tempo preenchendo um formulário ou se desgastem por causa de um formulário complicado, não é? Último, mas não menos importante, faça com que o formulário popup apareça apenas uma vez! É muito tentador colocar diversos formulários popup para segmentar sua lista e alcançar certos públicos, mas ter um popup aparecer a cada minuto será um pouco desagradável. Para a Benchmark Email, veja como criar um formulário de inscrição popup: Entre em sua conta da Benchmark Email. Navegue até Formulários de Inscrição abaixo de Contatos Clique em Criar Formulário de Inscrição Clique em Formulário Popup Dê ao seu formulário um nome e selecione uma lista Personalize seu Formulário de Inscrição Popup Dica: Não esqueça a página de Sucesso! Clique em Salvar, no topo superior direito, quando tiver terminado E por último clique em Publicar para receber o código de seus formulário de inscrição Siga estas instruções para instalar um formulário popup ao seu site, blog, etc.: Com um formulário popup, você não precisará se preocupar com o local em que será inserido, então o nível de dificuldade para adicioná-lo é consideravelmente baixo! Você primeiro precisa descobrir se a plataforma de seu site permite a inserção de HTML ou Javascript. Uma rápida olhada nas Perguntas Frequentes de seu provedor ou ligar para o suporte poderá ajudar-te com isso. Assim que tiver descoberto aonde inserir seu código, você precisará copiar e colar o código do formulário para qualquer lugar no corpo do código de seu site. Já que é um formulário popup, a localização não é uma grande preocupação. Se você tiver alguém responsável em te ajudar com seu website, essa pessoa saberá aplicar o código de maneira mais rápida. Apesar de você não precisar de um profissional para fazê-lo e apenas precisa do acesso, mas a pessoa responsável por isso talvez tenha algumas sugestões em como aplicar o código para seu site específico. Abuse das ferramentas que temos ao seu dispor para crescer suas listas de maneira eficiente!


Ler Mais
Infográfico: Dia dos Pais

Infográfico: Dia dos Pais

Além do Email • 9 de agosto de 2016

Conteúdo relevante e direcionado é a chave para qualquer canal de marketing e o email facilita mais ainda. Segmentar suas listas propriamente e entender como as pessoas se aproveitam de seu conteúdo, enviando cada campanha de email de modo a fazer seus assinantes se sentirem especiais como se cada campanha fosse desenhada especificamente para ele é realmente a chave do sucesso. Tenho certeza que a maioria de vocês já deve ter enviado, ou pelo menos agendado suas campanhas de email marketing de Dia dos Pais. Porém meu objetivo aqui hoje é saber se você criou aquela campanha com uma análise especial compreendendo o que estes homens podem estar procurando como presentes. Caso você ainda não tenha enviado, não está tarde para fazer algumas mudanças ou pelo menos aprender algumas lições para o ano que vem (ou para qualquer campanha focada em homens que tiver pelo ano). É por isto que fizemos este infográfico que está cheio de dados sobre estes caras. Dê uma olhada! (Data About Dudes - D.A.D.)


Ler Mais
Novas integrações com Wufoo, CRM & eCommerce

Novas integrações com Wufoo, CRM & eCommerce

Além do Email • 4 de agosto de 2016

Como marketeiros, nós temos muitas bases para cobrir. Os pontos de contato que completam seu plano de marketing são frequentemente numerosos. É por isso que é tão importante ter certeza que o máximo de canais possíveis estão sendo trabalhados juntos para maximizar seu tempo e esforço. Entre em Integrações da Benchmark Email. Nós entendemos que você usa muitas outras ferramentas para dar suporte à sua empresa e suas iniciativas de marketing. É por isso que estamos constantemente trabalhando para adicionar às nossas listas de integrações, para permitir que você impulsione seus outros esforços de marketing com o poder do email marketing. Esse mês, estamos muito animados em anunciar as novas integrações com Wufoo, assim como diversas ferramentas CRM e eCommerce, incluindo BigCommerce, 3DCart, Microsoft Dynamics CRM, Lemonstand, SugarCRM e Volusion. Vamos dar uma olhada em como cada uma dessas novas integrações pode ser usada para alcançar maior eficiência no marketing. Wufoo Com Wufoo, você provavelmente já instalou formulários em seu website ou nas páginas das mídias sociais, enviou pesquisas online ou criou páginas de cadastro a eventos. Use os dados que você já tem coletado e construa suas listas de email extraindo os dados dos seus formulários com essa integração. CRM: Microsoft Dynamics CRM & Sugar CRM Usar uma ferramenta CRM permite que você identifique quem são seus clientes. Isso faz com que você envie as mais relevantes e focadas campanhas de marketing possível. As novas integrações com Microsoft Dynamics CRM e Sugar CRM permitem que você importe seus dados de gerenciamento de clientes para sua conta de email. Seguramente conecte seu CRM e email marketing para manter o relacionamento com seus clientes em perspectiva e os atuais. eCommerce: BigCommerce, 3DCart, Lemonstand & Volusion Em muitos casos, seus melhores leads são seus clientes atuais. Email marketing continua sendo um dos melhores canais para estar em contato com seus clientes e mantê-los engajados. As novas integrações com BigCommerce, 3DCart, Lemonstand e Volusion permitem que você adicione seus clientes automaticamente às suas listas de contatos de email marketing quando eles realizam uma compra através da sua loja eCommerce. Use essas integrações para manter seus clientes em um ciclo de compra, fieis e engajados.


Ler Mais
Entendendo os seus Relatórios de Email Marketing

Entendendo os seus Relatórios de Email Marketing

Além do Email • 28 de julho de 2016

Se você está trabalhando com email marketing há apenas 24 horas ou há mais de 10 anos, a compreensão das métricas mais importantes em seus relatórios deve ser uma parte crucial de seu trabalho. Eu me deparo com esta questão muitas vezes em relação aos muitos recursos que nossa plataforma oferece: \"O que tudo isso significa?\" Toda pessoa trabalhando com marketing deve ter uma boa compreensão desses fatores para colher bons frutos de seu email marketing. A Benchmark oferece cinco tipos de relatórios para ajudar os usuários a identificarem seu público-alvo e inscritos mais fieis: 1.Relatórios de Email Oferecemos rastreamento em tempo real de suas campanhas de email e mídias sociais. Ou seja: te damos uma plataforma para entender melhor seus inscritos, clientes e fãs através destes números. Todo mundo gosta de ver altas taxas de abertura e um aumento crescente no tráfego devido aos cliques. Abaixo, te ajudaremos a entender quais métricas são as mais importantes e como você pode usá-las para entender seu crescimento em email marketing. Aberturas: Esta métrica é bastante auto-explicativa. Este é o número de contatos que abriram seu email. Rejeições (bounces): Isso inclui a lista de usuários que estão temporariamente ou permanentemente incapazes de receber seus emails. As rejeições temporárias, também conhecidas como rejeições leves, acontecem quando a caixa de entrada está cheia ou quando o serviço de email de um inscrito não está disponível. A rejeição permanente, chamada de rejeição dura, ocorre devido a identificação de emails falsos ou incorretos. Mantenha-se longe das rejeições e remova as duras instantaneamente de suas listas. Links clicados: Veja quais foram os links mais clicados de suas campanhas e quais contatos que clicaram neles. Inscrições removidas: Estes são os assinantes que não estão mais interessados ​​em receber suas campanhas. Certifique-se de atualizar seu banco de dados frequentemente e evite enviar qualquer campanha para eles no futuro. Emails encaminhados: Verifique este dado para ver quantas pessoas gostaram tanto de sua campanha que chegaram a compartilhá-la com seus amigos e clientes. O recurso de mapa de cliques o ajudará a ver qual a porcentagem de assinantes que estão clicando em seus botões e links, o que pode te ajudar a direcionar melhor suas próximas campanhas com botões que gerem mais engajamento. Comparar relatórios: Esse é um recurso poderoso que compara várias campanhas enviadas de acordo com as taxas de aberturas, cliques, rejeições, etc. Este relatório pode ser útil para entender como seus inscritos reagiram às suas campanhas. Com a ferramenta de abertura por localização você pode descobrir onde no mundo ou em seu país seus emails estão sendo abertos. Assim pode segmentar sua lista de acordo com os diferentes fusos de seus contatos para que suas campanhas sempre cheguem na hora desejada na caixa de entrada de seus clientes. 2. Relatórios de Testes A/B Realizar testes A/B é uma prática comum no email marketing. Com uma audiência muito ampla e muito conteúdo, às vezes é difícil avaliar quais palavras ou estilo que chamarão mais a atenção de um inscrito. Queremos que o contato goste do email para que ele o abra e continue a abrir futuros emails que você enviará para ele. Mas qual linha de assunto devo usar? Qual formato de email funciona melhor? Essas perguntas devem sempre estar em sua mente antes de enviar um email. As respostas para essas perguntas vêm com os Testes A/B. Você pode não apenas testar a linha de assunto, mas também diferentes emails. Os relatórios de Testes A/B podem ser vistos na seção Relatórios de seu painel de controle. Selecione a campanha A/B para a qual deseja analisar os resultados. Você pode ver as aberturas, rejeições e os encaminhamentos de suas campanhas. 3. Relatórios de questionários Este recurso único ajuda você a aprender mais sobre seus assinantes. Você pode pedir suas opiniões sobre vários assuntos. A Benchmark permite que você crie um questionário em minutos para alcançar seu público em qualquer dispositivo. Você pode hospedar esses questionários em seu domínio ou incorporá-los em qualquer página da web. Os relatórios dos questionários criados podem ser vistos na aba “Relatórios” na barra superior de sua conta. Veja as respostas, exporte-as em um PDF ou reutilize-as para um novo questionário. Avalie as respostas individual ou coletivamente para ajudá-lo a ser ainda mais bem sucedido em suas futuras campanhas. 4. Relatórios de enquetes O uso de Enquetes pode ajudá-lo a descobrir o que seus assinantes gostam. As enquetes criam um melhor envolvimento entre seus contatos e sua empresa. Semelhante a um questionário, uma enquete pode ser distribuída através de suas campanhas de email ou incorporada em sua página da web. Use uma enquete para descobrir o que seus assinantes querem, precisam e gostam. As estatísticas de cada enquete podem ser vistas clicando em cada item sob o nome da pesquisa. Você pode ver a porcentagem de votos que cada opção recebeu. As enquetes fornecem a você a incomparável comodidade e eficiência do engajamento direto e gratuito com seus assinantes. 5. Relatórios de automações Em 2016, apresentamos esta ótima ferramenta para nossos clientes chamada Automation Pro. Esta ferramenta prática para nossos usuários ajudou-os a tornarem-se remetentes orientados à precisão, mantendo seu email marketing no piloto automático. Os relatórios sobre as jornadas de automação criadas pelos usuários do Automation Pro podem ser vistos na seção Relatórios do painel de controle. Os relatórios de email são semelhantes aos que estão disponíveis para suas campanhas gerais. É útil entender quais jornadas de automação estão trabalhando para você e seus produtos e quais precisam de sua atenção. Resumindo... No final do dia, as melhorias no email marketing são baseadas em algumas métricas importantes que todo usuário deve entender. Seguir certas dicas,  tais como manter uma lista opt-in, escrever uma linha de assunto convincente, e manter sua frequência de envios pode te ajudar a melhorar e se desenvolver em cada um dos itens explicados acima.


Ler Mais
3 características sobre os pais da geração Y

3 características sobre os pais da geração Y

Além do Email • 16 de junho de 2016

Já falamos em nosso blog sobre o marketing voltado para as mães da geração Y, e agora chegou a vez de analisarmos também os pais: Os pais da geração Y fogem às regras quando o assunto é estereótipos de gênero para homens. Eles desafiam o mito mais comum para os homens nos dias de hoje, e sendo assim, analisemos outras verdades que precisamos de compreender sobre os homens. Homens são emocionais. O primeiro fato é que, ao contrário do que muitos pensam, os homens sentem emoções. Este mito da ausência emocional decorre da ideia de que os homens não têm sentimentos; e isso vem do patriarcado. Mas há uma diferença entre ter sentimentos e mostrar sentimentos. As gerações mais velhas foram ensinadas a não demonstrar qualquer emoção, mas isso não significa que eles não as tenham. Na verdade, pode-se argumentar que o cenário emocional de um homem é provavelmente ainda mais frágil do que o de uma mulher porque ele raramente é posto à prova. Há algo que devemos falar sobre os homens e suas emoções. Podemos argumentar que por serem menos explorados, os homens também possuem menos conflitos quando têm que lidar com problemas, e assim distinguem emoções de fatos facilmente. É por isso que muitas pessoas acreditam que homens buscam soluções enquanto as mulheres buscam discussões. Mas é claro que não há divisões rígidas quando se trata de gêneros, alguns homens são mais emocionais e algumas mulheres mais racionais, naturalmente. Sendo assim, quando se trata do seu marketing, lembre-se que os homens são criaturas focadas e fortemente atraídas por recursos visuais. Você conseguirá mais atenção deles com visuais específicos e até mesmo vídeos. Aproveite isso. Mantenha o conteúdo escrito de seu email curto e conciso, de modo que sua chamada para ação ganhe mais destaque na mensagem. Homens são tão importantes quanto as mulheres na criação dos filhos. Homens desempenham, na verdade, um papel duplo quando a paternidade é iminente. Eles se deparam com pensamentos sobre como serem mais seguros e fornecerem essa segurança também à suas famílias, sendo ainda uma fonte de suporte para as mães de seus filhos. E tem mais. A LiveScience mostra que o \"cérebro masculino torna-se especialmente preparado para a cooperação nos meses anteriores de se tornar um pai. Futuros pais passam por mudanças hormonais... o que provavelmente incentiva o comportamento paternal \". Beyond that, fathers question their significance as parents. Many don’t know that the type of paternal play fathers engage in (spontaneous interaction and rough housing) is important for building confidence in a child’s early development. Neste anúncio da Coca-Cola vemos que se trata de manter o bebê vivo. Quase que literalmente, essa é a prioridade número 1 para um pai. Mas eles são mais do que isso. Alguns papais não percebem que seu papel paternal é crítico para o desenvolvimento de uma criança. Este vai ser o trabalho do seu departamento de marketing: mostrar dois valores: valor de um pai para seu cônjuge e o valor de um pai para a criança. O comercial da Coca-Cola reflete muito bem o pai moderno: [embed]https://www.youtube.com/watch?v=yRqUTA6AegA[/embed] Nenhum homem é - ou deseja ser - isolado. O pequeno detalhe interessante sobre os homens é que eles tendem a não ser tão competitivos com os outros como as mulheres, especialmente conforme envelhecem. Nesse sentido os homens são mais propensos a ajuda e cooperação, mas ainda assim têm de se esforçar para iniciar isso. E quando se trata do seu marketing, seu objetivo será o de imitar essa cooperação.


Ler Mais
Benchmark Email apresenta: o Mundo dos Negócios!

Benchmark Email apresenta: o Mundo dos Negócios!

Além do Email • 14 de junho de 2016

Sejam bem-vindos ao Mundo dos Negócios! Nesta primeira série de podcasts da Benchmark Email Brasil iremos desbravar juntos com diversos convidados o vasto mundo dos negócios e sobretudo explorar como o marketing digital tem acompanhado ele. Você já se perguntou quais são os benefícios do email marketing e por que ele pode ser um bom investimento para a sua empresa? Bem, em nosso primeiro episódio da série trouxemos alguém da casa para nos ajudar com essa e outras dúvidas. Matheus Alonso, gerente de vendas e suporte da Benchmark Email no Brasil, nos apresenta um pouco mais sobre o vasto universo do email marketing.


Ler Mais
De empreendedor para empreendedor

De empreendedor para empreendedor

Além do Email • 10 de junho de 2016

Durante minha experiência como empreendedor, aprendi que para desenvolver e lançar um produto que encante as pessoas, seja uma startup ou não, é preciso seguir uma série de passos. Todos nós algum dia já quisemos começar a desenvolver produtos, mas há um pequeno problema: não sabemos como! Neste post vou explicar quais são os passos que na minha opinião qualquer empreendedor ou empresário deve seguir para o desenvolver produtos tão bons que se tornem hábitos. Busque algo que te apaixone, não trabalhe em projetos que absorvam completamente seu tempo e sua vida. Está tudo bem se dedicar completamente a algo para poder capitalizar, mas não leve isso para além de 1 ano, é minha recomendação. Encontre uma necessidade que as pessoas tenham e simpatize com ela, identifique as necessidades reais de seus clientes e busque qual é o valor que você irá oferecer para tal seus problemas (e descubra se é um problema recorrente ou apenas temporário). Crie uma solução básica para os clientes aos quais você deseja se dedicar, não se preocupe com os detalhes, se preocupe em cobrir a necessidade detectada. Mas como fazer isso? Há milhares de formas de realizar de fazer o teste, pense na maneira mais fácil de se comunicação com eles, ou caso você se sinta inovador, busque uma forma mais disruptiva para realizar isto. Após tudo que você já realizou, use os insights que você detectou durante o processo de testes, isso te ajudará a melhorar a solução proposta. É neste momento que os empreendedores perdem a cabeça, uma vez que não querem por nada que seu produto ou solução dê errado. Minha recomendação: se o produto ou solução não apresentou uma melhora, isso quer dizer que o empreendedor não está fazendo algo de errado e deve voltar alguns passos. Conte sobre seu projeto para todas as pessoas que você conhece e que podem potencializar o alcance do mesmo, não tema pela sua ideia, sua ideia não valerá nada até que tenha tomado forma física. Busque ajuda e mentores que possam melhorar sua ideia ou modelo de negócio. Tenha em vista seus investimentos, você nunca vai conseguir lucrar milhões de dólares logo no início de seus projetos, disso você pode ter certeza, nem mesmo o Google conseguiu se estabilizar em menos de 18 meses. Se mantenha firme trabalhando em sua ideia, experimente, desenvolva um modelo de negócios disruptivo, comece a passar créditos a sua família e amigos também pois às vezes isso é o mais difícil e eles não vão acreditar em você. Por último, nunca deixe de aprender, jamais se acomode em uma única habilidade que você tenha, busque aprender e entender coisas que um dia te soaram complicadas, e isso lhe dará uma visão mais geral de como se dá o desenvolvimento de um produto ou serviço.


Ler Mais
Poder de compra das mães: porque investir em mães é uma ótima ideia?

Poder de compra das mães: porque investir em mães é uma ótima ideia?

Além do Email • 8 de junho de 2016

Vamos ser sinceros, as mães são as grandes decisoras de compras quando o assunto é produtos para casa ou para família. E isso inclui também os homens da família, uma vez que as mulheres são suscetíveis a influenciar (ou até controlar) o que eles compram. Na verdade, há inclusive um termo em inglês para isso: she-economy. Um relatório da Greenfield de insights sobre as mulheres apresentou alguns fatos incríveis sobre o poder de compra delas em diversos os setores. Para começar, as mulheres são as decisoras em 91% das compras de novos imóveis. Outras indústrias e porcentagens de mulheres como decisoras de compra incluem: 66% Computadores 92% Férias 80% Cuidados de Saúde 65% Carros Novos 89% Contas Bancárias 93% Alimentos 93 % Produtos Farmacêuticos OTC 58% Do Total de Gastos Online O investimento total destas mães a nível global chega a 20 trilhões de dólares, mas há muito mais do que isso. As mulheres estão esperando mais tempo para ter filhos, e por isso o grupo demográfico de mães com mais influência corresponde às mulheres mais velhas ou mães mais maduras na casa dos 30 anos ou mais. A razão para isso é que, nessa idade, elas têm muita mais liberdade de decisão sobre suas rendas. Já quitaram as contas estudantis e provavelmente estão em carreiras estáveis com salários estáveis. Bom, agora você sabe que as mães têm um grande poder de compra em termos de autonomia e de capital. A próxima pergunta portanto é: você está investindo nelas? Há uma boa chance de você estar passando reto por elas de alguma forma. Um levantamento de 5330 mães realizado em março de 2015 pela FanFinder mostrou que: 35% das mães se sentem \'rotuladas\' pelas marcas 46% acreditam que o marketing as pressiona e tem ideias irreais 28% acreditam que o marketing voltado para mães é machista 32% acreditam que o marketing voltado para mães é paternalista 87% acreditam que as marcas deviam incorporar os pais mais no marketing As mães têm uma coisa em comum: elas querem ser compreendidas. Sendo assim, quando planejar o marketing para este grupo comece olhando para que tipo de mãe você está lidando: Mães trabalhadoras Mães donas de casa Mães da geração Y Mães da geração X Se você está voltado para as mães que trabalham, não descarte que haja uma boa chance de que ela seja o principal \"ganha-pão\" da casa e talvez até mesmo uma mãe solteira. Mães trabalhadoras são geralmente motivadas por duas coisas: a culpa e eficiência. Há sempre um nível de culpa de que elas não estão lá o suficiente para os seus filhos, então elas vão ser motivadas por decisões que ajudam a enriquecer a vida de seus filhos e pelas decisões que podem ser feitas de forma simples. Estas mães são muito parecidas com as mães da geração X (nascidos entre 1965 e 1980), que usam a tecnologia para buscar um equilíbrio. Isto significa que este grupo irá responder mais favoravelmente à campanhas personalizadas de email marketing. Mães que ficam em casa, por outro lado, vão se preocupar mais com a \"barganha\". Com uma renda menor, elas estão motivadas por barganhas e além disso não têm a pressão de seus escritórios como as mães trabalhadoras. Isto significa que ainda que ambos os tipos de mães tenham pratos cheios, mães que ficam em casa têm mais tempo para negociar e buscar produtos. Normalmente elas vão atrás disso pelos canais sociais de uma marca. Mães que ficam em casa e mães da geração Y têm isso em comum; elas são usuárias ávidas das mídias sociais.


Ler Mais
Checklist: Como filtrar seu departamento de marketing inteiro através da conversão heurística

Checklist: Como filtrar seu departamento de marketing inteiro através da conversão heurística

Além do Email • 23 de maio de 2016

A Conversão Heurística - a nova fórmula do marketing - soa como uma típica experiência de marketing cujo objetivo é conduzir à conversão. Mas se você está no marketing, deve saber que o buraco é mais embaixo. Seu dia-a-dia não gira em torno apenas do ponto de conversão, mas sim, das disputas presentes no departamento de marketing. Portanto a questão é como você pode aplicar a geniosidade da conversão heurística à todo seu departamento de marketing. Ao contrário do que falamos sobre conversão heurística até agora, quando se trata de um departamento de marketing, você não deve olhar para fórmula inteira, mas sim para partes dela, com o \"a\" e o \"f\" divididos por outras variáveis para se chegar ao \"c\". Sendo assim, há um pouco de álgebra e remanejamento de valores, mas os valores ainda são os mesmos. Bem, agora temos a ansiedade e o fricção (entenda por atrito se preferir) como as primeiras figuras a enfrentar. A questão é: como você lida com isso no seu departamento? No que se refere ao consumidor, \"a ansiedade é definida como qualquer desconforto psicológico que um usuário passa quando ele está visitando um site em qualquer fase do ciclo de compra. A ansiedade não resulta em nenhuma ação de conversão\". Seu departamento pode ser visto como um consumidor, no sentido de que os membros da equipe estão consumindo o que há por trás da sua marca - e essa marca é definida pelo dia-a-dia do negócio. Eu trabalhei em pelo menos 3 agências de marketing diferentes e eu diria que o desconforto psicológico é um fator bem grande em qualquer departamento de marketing disfuncional. Isso não quer dizer que o sentimento reflete na sua marca, empresa, valores ou mesmo capacidade. Isso significa que se sua equipe de marketing está sofrendo psicologicamente - através de stress, insegurança, desorientação, etc. - então você tem um problema de ansiedade. Ansiedade é o sintoma de um problema maior, e esse grande problema é a fricção. Se o seu departamento de marketing sofre de fricção (atrito), então você vai ter mais do que apenas a ansiedade para lidar. Outros resultados da fricção neste departamento incluem a redução das vendas, clientes insatisfeitos e menor produtividade. Os departamentos de marketing são as \"mitocôndrias\" de qualquer negócio; se ela sofre, o mesmo acontece com o resto da célula. Então o que exatamente provoca fricção em um departamento de marketing? Felizmente, a resposta para isso é bastante simples: processos. Processos (uma estrutura necessária mesmo nos ambientes mais criativos) permitem a comunicação contínua entre as diferentes partes. As pessoas sabem o que esperar, como se comportar, a quem recorrer. Um processo é um guia ou um modelo de comportamento que realmente conduz a suposição e comunicação frenética - e erros subsequentes - para fora da equação. Você sabe onde você pode ser criativo no marketing, e é em fazer o trabalho e trazer ideias. Mas a maior parte do trabalho de marketing não se trata de ser criativo - se trata de como gerenciar a criatividade e expectativas, e é aí que os processos de entrar. Ter um processo reduz muito da ansiedade entre os membros de um departamento de marketing. Provavelmente, você tem uma equipe altamente talentosa, mas a ansiedade em seu departamento está segurando seu potencial. Combata a fricção (ou atrito) e com isso você enfrenta a ansiedade.


Ler Mais
1 2 3 4 5 6 7 26