Tags: Automações

Email Marketing vs Marketing de Automação: Tudo o que Você Precisa Saber

Email Marketing vs Marketing de Automação: Tudo o que Você Precisa Saber

Além do Email • 20 de agosto de 2018

Muitas pessoas se perguntam o que é o email marketing e como ele se difere do marketing de automação. Eles são a mesma coisa? Muitos também querem saber se sua empresa está pronta para mudar de um para o outro. Esses são os problemas que os donos de empresas enfrentam atualmente. E este blog tentará dar a solução esses problemas. A maioria de nós entende o quão útil é o email marketing como uma ferramenta de publicidade. No entanto, a realização do marketing de automação pode melhorar significativamente o desempenho da estratégia de email marketing que você executa atualmente. Existem algumas distinções entre o email marketing e o marketing de automação. Um provedor de email lhe dará a capacidade de enviar emails em massa e rastrear as taxas de abertura. No entanto, isso não é escalável. Com o marketing de automação, você pode ter acesso a funções eficazes como o envio de campanhas múltiplas, a análise de leads e scoring dos contatos. Esses recursos são úteis para tornar sua estratégia de email muito mais precisa. Nesse caso, se você depender exclusivamente do email marketing sem o marketing de automação, você não conseguirá atingir suas expectativas. Você provavelmente enfrentará alguns obstáculos, especialmente à medida que se expande. Quais Dificuldades Você Enfrenta Tendo Apenas o Email Marketing? Leva Tempo Um simples provedor de email é incapaz de automatizar ou ajustar suas campanhas. Você precisa fazer um grande trabalho manual para garantir que o seu público-alvo receba seus mails no momento correto. Dentro do marketing de automação, você pode se concentrar na criação de campanhas digitais omnichannel para dar suporte aos seus leads enquanto realiza vários outros trabalhos paralelos. De fato, 75% dos profissionais de marketing online concordam que a vantagem mais significativa de ter o marketing de automação é a economia de tempo. Isso é bem evidente quando se está fazendo marketing para imobiliárias. Você pode usá-lo para aumentar a retenção de seus inquilinos e, ao mesmo tempo, reduzir sua carga de trabalho. Com o marketing de automação, você pode configurar mensagens automatizadas e perfeitamente cronometradas para criar melhores conexões com seus locatários. Não Saber Quais Leads Deve Acompanhar Isso ocorre porque o email marketing não pode fornecer leads prontos para se tornarem oportunidades de negócio para suas equipes de vendas. Depois de enviar um email em massa, seu acompanhamento passa a ser com taxas de cliques e abertura, e quando seus grupos de vendas começam a entrar em contato com estas pessoas, eles não conseguem obter resultados tão bons porque os leads que você está recebendo não estão prontos para a conversão. Para um representante de vendas, não há coisa pior do que a correr atrás de um lead que não esteja pronto para se converter. Isso é porque apenas 25% dos leads são legítimos. E 50% dos seus leads não estão prontos para comprar. Se você optar pelo marketing de automação, poderá garantir que as vendas acompanhem os leads. Além disso, os sistemas de marketing de automação podem avaliar seus leads com base em como eles interagem com suas campanhas ou conteúdo. De acordo com um estudo, quatro dentre cinco usuários melhoraram seus leads através de um software de marketing de automação. E 77% desses usuários viram um aumento nas conversões. Não Conseguir Manter Leads que Estejam Engajados com seus Meios de Comunicação Pode ser que você tenha uma enorme base de dados de leads que não consegue utilizar e está tendo dificuldades para garantir que eles se engajem com seu conteúdo. Você envia um número de emails por mês. No entanto, você não tem ideia de onde está seu público-alvo no ciclo de compras ou se o conteúdo está chamando sua atenção. Demora muito tempo para desenvolver uma estratégia de email que funcione, então como você pode ter certeza de que a que você tem implementada está te trazendo sucesso? O marketing de automação permite a você segmentar sua base de dados, desenvolvendo campanhas automáticas que manterão seus leads engajados. Dificuldade de Escalabilidade Depender do email marketing padrão não é algo escalável se você for uma empresa em expansão. Quanto mais leads você tiver em sua base de dados ou campanhas que pretende executar, mais demorado acaba sendo o desenvolvimento do processo de vendas. No entanto, se você integrar o marketing de automação com suas campanhas de marketing, esse problema será diminuído de forma significativa. Você pode executar inúmeras campanhas, produzir programas de incentivo, marcar seus leads e atribuir lucros diretamente a todos os programas de marketing. Incapacidade de Associar o Faturamento com as Iniciativas de Email Marketing Você quer saber como o marketing aumenta sua lucratividade. Da mesma forma, você deseja saber como pode impulsionar seu método e suas estratégias cada vez que produzir uma campanha. Se você está contando apenas com o email marketing, é mais provável que você tenha dificuldades para associar seus programas aos seus lucros. O marketing de automação oferece a funcionalidade de monitorar suas iniciativas e fornece análises detalhadas para cada campanha. Você também pode sincronizar seu sistema de automação de publicidade com o seu CRM para obteruma métrica mais abrangente. Com todos esses problemas, sua empresa deve usar o marketing de automação também? Se ainda não está claro se é hora de usar o sistema de marketing de automação, dê uma olhada em sua organização e seus métodos de marketing. Você deve considerar se o processo de compra do consumidor dura mais do que uma semana. Se o envio de emails por si só não parecer impulsionar as vendas, o marketing de automação deve ser implementado. Sua empresa também pode se beneficiar caso seu pessoal de marketing exija um meio menos complicado de desenvolver e enviar campanhas direcionadas com um toque pessoal. Se a sua equipe de marketing não tiver tempo suficiente para fazer o que for necessário para conseguir isso com os recursos existentes, o marketing de automação é necessário. O marketing de automação também é vital se você comercializar vários produtos para diferentes grupos demográficos ou se desejar enviar mensagens distintas para setores diferentes. Você também precisa do marketing de automação caso seu time de vendas estiver reclamando sobre a qualidade dos leads que o seu departamento de marketing está fornecendo. Outra coisa a considerar é se você deseja saber qual campanha é mais confiável. E caso não saiba dizer se precisa investir mais dinheiro em marketing, precisa usar o marketing de automação. Benefícios do Marketing de Automação Esse sistema permite que os profissionais de marketing digital preparem comunicações com o consumidor sem precisar de intervenção manual. As empresas de marketing de automação, como a Benchmark, permitem que você construa séries de emails pré-programados de uma maneira mais inteligente. Se o consumidor abrir e ler uma mensagem de email, ele será colocado em um funil personalizado para quem abriu os emails. Por outro lado, caso o cliente ignorar ou excluir a mensagem, ele cairá em outro funil personalizado. Assim como a ação de abrir o email, as atividades do inscrito como clicar em um link, provavelmente em uma página da internet, classificam imediatamente os consumidores em séries projetadas para gerar comunicações em várias etapas. Embora as ferramentas de email marketing possam desenvolver essa primeira comunicação, elas geralmente são criadas para direcionar as pessoas para um banco de dados de clientes, ao invés de canalizá-las e continuar interagindo com elas durante todo o processo de vendas. Aumenta o Engajamento Outra distinção entre os dois permanece em como as comunicações são desenvolvidas. No email marketing, você pode usar layouts para ajudar no seu estilo e expressar suas interações. As ferramentas de marketing de automação, por outro lado, oferecem ferramentas de desenvolvimento. Mas essas ferramentas levam a comunicação um passo adiante. A série de discussões ou workflows podem ser personalizados. Nesse caso, você pode determinar quem recebe qual email e quando, baseando-se no engajamento de cada cliente. O email pode ser desenvolvido utilizando-se layouts pré-desenvolvidos. Você pode pré-instalar layouts de workflows que mapeiam as ações de um cliente desde a abertura de um email seu até a sua primeira compra e mais adiante para uma segunda oferta enviada. Os modelos de design de workflows consistem em convites e acompanhamento de eventos, acompanhamentos de carrinhos abandonados e cumprimentos anuais de aniversário, ou séries para educar o cliente que ampliam a profundidade dos detalhes fornecidos a eles sobre seu negócio, especificamente benéficos para as vendas B2B. Tenha em mente que mais de 50% das empresas que usam o marketing de automação superaram sua concorrência. Mumsnet, que é um dos maiores sites para pais e gestantes do Reino Unido, utiliza o marketing de automação para personalizar as mensagens para cada inscrito. Os contatos que se inscreverem em sua lista receberão newsletters durante a gravidez. Eles usam a data provável de parto como um gatilho para o envio de emails. Esse método leva o engajamento com cada inscrito um passo adiante desde o momento em que ele se inscreve. Segmentação de Leads As ferramentas de marketing de automação podem rastrear e reconhecer como os clientes interagem com seus emails. Elas realizam determinadas funções que as ferramentas de email marketing não podem fornecer ou fazer. Com o  marketing de automação, por exemplo, você consegue designar pontos a cada um de seus contatos para classificar quão responsiva cada pessoa é aos seus emails. Com esses scores, você pode segmentar os clientes em grupos diferentes. Os leads com os scores mais altos podem ser organizados em listas que receberão ofertas mais regularmentes. Isso pode parecer uma vantagem adicional. No entanto, à medida que sua lista de emails se expande, você deve contar muito mais com a automação para classificar e enviar suas mensagens para seus contatos. Quanto mais inteligente for sua pontuação, mais oportunos serão os seus emails. A capacidade de enviar uma mensagem segmentada com base no que você entende sobre um indivíduo é excelente para clientes, leads e para seu negócio como um todo. Se uma pessoa, por exemplo, tiver uma chance menor de comprar seu produto ou serviço por ter um orçamento reduzido, você poderá evitar pressioná-la ao deixar de enviar muitos emails falando sobre vendas. A Kissmetrics forneceu exemplos de marketing de automação através da segmentação de leads. Oportunidades de Melhorar À medida que seu sistema de automação fornecer mais dados sobre como os clientes se engajam com suas mensagens, você poderá usar essas informações para ajustar sua estratégia.. Se uma pessoa tiver o hábito de abrir mensagens à meia-noite da quarta-feira, seus dados o aconselharão a enviar um email a essa hora. Veja um guia sobre como entender seus relatórios para saber se seu público está ou não se engajando com suas mensagens. Conclusão O marketing de automação incentiva a comunicação através de vários canais. Esses canais de comunicações estão aumentando a cada dia. Um deles é o seu site, onde você pode liberar conteúdo para diferentes visitantes baseado em contexto. Você também pode se comunicar por email, por exemplo. Se você deseja ter uma estratégia omnichannel que lhe permita ver essas coisas, então o marketing de automação é a sua melhor aposta. O que você acha do marketing de automação e do email marketing? Qual dos dois você usaria para suas campanhas?


Ler Mais
Marketing de Automação: Como Você Pode Melhorar?

Marketing de Automação: Como Você Pode Melhorar?

Marketing na Prática • 5 de julho de 2018

Ninguém é perfeito. Todos nós cometemos erros. Também nos esforçamos para melhorar continuamente. É uma verdade universal. E com certeza, parte do fascínio do marketing de automação é que sua natureza envolve configurar sua automação e então esquecer dela, deixando-a trabalhar sozinha. No entanto, rodar uma automação sem buscar pontos de melhoria é um erro. Então, o que você deveria estar procurando? Aqui estão três coisas onde você pode se esforçar para melhorar continuamente no marketing de automação: Corrigir erros É uma sensação horrível quando você envia uma campanha de email e nota um erro de digitação depois. Você rapidamente passa pelos cinco estágios do luto quando isso acontece: Negação. Esfregar os olhos esperando que você não esteja vendo o que está vendo. Raiva. Você diz a si mesmo que deveria ter revisado isso mais uma vez. Culpa um colega de trabalho para quem enviou o email de teste que não te disse nada. Suposição. Fica sentado imaginando como seria bom um recurso que cancelasse o email enviado. Depressão. Todos nós já estivemos lá. Escondendo-se no nosso cubículo, percebendo que fizemos algo de errado. Aceitação. É o que é. Você não pode mudar o ocorrido, mas fará melhor da próxima vez. Esse tipo de situação fica no passado com o Automation Pro. Felizmente, você a partir de agora pode atualizar qualquer email em sua automação sem interromper a experiência do cliente. No entanto, você não poderá alterar os emails que já foram enviados. O lado bom disso é que você não precisa criar uma automação totalmente nova ou correr o risco de perder os clientes que já receberam sua sequência de emails. Atualize emails quando necessário para corrigir erros de digitação, links quebrados ou outros erros e realize seu marketing de automação com confiança. Consiga melhores taxas de abertura É importante acompanhar o sucesso de seu marketing de automação. Se você analisar seus relatórios e constatar que a taxa de abertura não é o que você esperava, você acaba de encontrar outra oportunidade de melhoria. Ajustar sua linha de assunto pode ajudá-lo a ter melhores taxas de abertura para os emails em sua automação. Veja o que compõe uma ótima linha de assunto: Parece urgente. Isso não funcionará caso você fizer isso com todas as suas linhas de assunto, mas fazer com que seus inscritos sintam que precisam agir imediatamente é uma tática útil para que seus emails sejam abertos. Faz a pessoa lendo querer saber mais. Crie a provocação perfeita que faz com que seu contato queira saber mais, o que consequentemente o instigará a abrir o email. Gera valor. Faça uma oferta na sua linha de assunto que não possa ser recusada pelos seus inscritos. Se eles virem o benefício diretamente na caixa de entrada, eles certamente abrirão o email. É pessoal. Sentir-se como se alguém estivesse te empurrando a comprar algo não é uma experiência agradável para ninguém. Se você puder fazer com que seus inscritos se sintam como se você tivesse entrado em contato com eles, em vez de enviar algo que pareça ser uma mensagem generalista para um grande número de pessoas, eles estarão mais propensos a se engajar Conta uma história. Desde muito novos ouvimos histórias. Se você começar sua história já na linha de assunto, seus inscritos irão abrir o seu email para descobrir o final feliz. Uma coisa é saber o que é considerada uma boa linha de assunto. Outra é ser capaz de escrever uma. Aqui estão algumas dicas sobre como criar ótimas linhas de assunto: Rápida e direto ao ponto. Você tem apenas 50 a 60 caracteres em um dispositivo móvel. Aproveite ao máximo cada um deles. Defina expectativas. Deixe seus inscritos saberem o que encontrarão quando abrirem seu email. Use verbos de ação. Afinal de contas, uma linha de assunto realmente é apenas uma chamada à ação (CTA) para abrir seu email. Inspire seus inscritos a agir usando os verbos de ação corretos. Use elogios. Faça com que seus inscritos se sintam especiais oferecendo um \"convite particular\" para um evento exclusivo ou uma \"oferta exclusiva para você\". Números ajudam. Sejam eles referentes a uma lista de recursos ou dicas para o sucesso, informe ao seu inscrito quantas dicas existem. Isso o ajuda a definir expectativas. Perguntas funcionam. Pergunte algo para o qual seus inscritos vão querer procurar a resposta. Isso vai fazer com que eles queiram saber mais. Não use muita pontuação ou MUITAS LETRAS MAIÚSCULAS. Seus inscritos não querem se sentir como se você estivesse gritando com eles. Uma linha de assunto com muitas letras maiúsculas ou muitos pontos de exclamação fará exatamente isso. Fuja disso. Se você ainda está buscando um pouco de ajuda com suas linhas de assunto, pode experimentar ótimos recursos como o gerador de linha de assunto da Rock Content. Além de melhorar sua linha de assunto a fim de aumentar sua taxa de abertura, você também pode querer considerar mudar seu nome de remetente. É importante ter um nome de remetente que seja familiar a seus inscritos. Se houver uma equipe de vendas ou um membro de suporte com quem eles entram em contato a maior parte do tempo, pode ser útil usar o nome dessa equipe ou pessoa como o remetente. Melhore sua taxa de cliques (CTR) Digamos que você tenha resolvido o problema da sua taxa de abertura, mas seus inscritos não clicam nos links dos seus emails. Esse é seu próximo ponto de melhoria. Afinal, você não está vendendo nada diretamente em seus emails. Você precisa que seus inscritos cliquem em links para irem ao seu site. Existem alguns fatores que podem entrar em jogo: Conteúdo O que você está enviando é relevante para seus inscritos? Se eles não estão chegando ao seu site, a resposta a essa pergunta provavelmente será um \"não\". Eles simplesmente não irão se engajar com um email que não seja de interesse deles. Como você pode saber o que eles querem? Os links que estão sendo clicados são uma pista. No entanto, você não precisa jogar um jogo de adivinhação para determinar o restante. Crie um questionário e o envie para seus inscritos. Deixe-os te dizer o que eles querem ouvir de você. Sua equipe de suporte ao cliente está recebendo as mesmas perguntas múltiplas vezes? Use as respostas a essas dúvidas como base para o conteúdo de seu email. Se você for mais proativo em responder a perguntas dos clientes, estará fornecendo conteúdo relevante e talvez até aliviando um pouco sua equipe de suporte. Design Mesmo que o conteúdo de suas campanhas de email seja de alta qualidade, é possível que o design seja o que impede seus usuários de clicarem. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para otimizar o design de suas campanhas de email para ajudar a melhorar seu CTR: Considere a proporção imagem-texto. Seus emails devem conter 80% de texto e 20% de imagens. Os emails pesados (com muitas imagens) que não vão para a pasta de spam vão levar muito tempo para serem carregados. Isso não é bom para criar engajamento. Inclua legendas em suas imagens. Alguns inscritos podem ter o download automático de imagens desativado. Uma legenda irá ajudá-los a entender a essência do email, mesmo sem ver a imagem. Adicione um Call-To-Action (Convite à Ação) claro. Seu design não deve desviar a atenção do CTA. Alguns profissionais de email marketing obtém o sucesso com um link de texto e um botão. Dessa forma, você aumenta suas chances de conseguir um clique e descobre como os inscritos interagem com seus emails. Além disso, certifique-se de que todos os botões ou links que você usa sejam compatíveis com dispositivos móveis e sejam fáceis de clicar em qualquer dispositivo. O design do seu email quando se trata de CTAs é importante, mas não é a única coisa necessária para criar CTAs que funcionam. CTAs A capacidade de escrever um ótimo CTA é tão importante quanto seu design. A maneira de fazer isso é muito semelhante a criar uma linha de assunto. Afinal, como disse antes, sua linha de assunto funciona como um CTA para abrir seu email. Então, vou reiterar alguns pontos e adicionar alguns novos: Comece com um verbo no imperativo. Palavras como \"Compre\" ou \"Encomende\" funcionam bem, assim como “Baixe” ou “Assine”. Adicione emoção. Se você puder fazer com que seus inscritos sintam algo, é muito mais provável que eles se engajem. Inclua sua proposta de valor. Diga-lhes por que a ação valerá a pena. Algo como \"Agende um horário para sua demonstração gratuita\" informa ao inscrito qual ação você quer que ele tome e por quê. O FOMO é real. Já ouviu falar em Fear of Missing Out? Esse é o novo termo utilizado para explicar a sensação que temos quando vemos algo nas redes sociais acontecendo e nos sentimos ficando de fora daquela experiência ou deixados de lado. Crie um senso de urgência onde seus inscritos sintam que vão perder algo caso não ajam rápido. Agora que você sabe onde procurar oportunidades para melhorar seu marketing de automação e como implementar essas melhorias, quero falar um pouco sobre como você pode fazer isso com a Benchmark Email. Atualize uma automação ativa no Automation Pro Se você já é um usuário da Benchmark Email e está pronto para melhorar suas automações, você já pode fazer seu login e começar a fazer melhorias. Caso você precise de ajuda com isso, você pode consultar nossa página de FAQs sobre como adicionar novos emails a uma automação ativa ou entrar em contato com nossa equipe de suporte para obter ajuda. Quaisquer pensamentos ou sugestões sobre oportunidades de melhoria no marketing de automação? Por favor, compartilhe-os conosco nos comentários abaixo!


Ler Mais
11 Termos de Marketing de Automação que Você Precisa Conhecer

11 Termos de Marketing de Automação que Você Precisa Conhecer

Marketing na Prática • 7 de maio de 2018

Como já dissemos antes, o Marketing de Automação é a próxima fronteira do Marketing Digital. Isso significa que você está atrasado caso ainda não esteja se dedicando às suas automações. Talvez você já tenha se deparado com alguns termos que não te soam familiares. E, cá entre nós, os produtos SaaS podem conter jargões até demais. Se você tem curiosidade sobre o marketing de automação e quer acompanhar alguns dos termos da indústria, aqui estão 11 conceitos que acreditamos que você deve saber: 1. Gatilho / Trigger / Ponto de Entrada Não, isso não tem nada a ver com armas. O gatilho é onde uma automação começa, com base em determinadas ações, como por exemplo adicionar contatos a uma lista específica, enviar um email ou até mesmo com base em ações tomadas por um contato ou um grupo de contatos. 2. Visitante Um visitante é um usuário anônimo que visita seu site. Seu objetivo deve ser ao menos obter o email dessa pessoa. Uma vez que você obteve seu email, você tem um contato ou lead. 3. Condição Dentro da sua automação, você pode definir as condições para cada uma das ações que você deseja que ela execute. Isso significa que você pode segmentar os contatos com base em seu engajamento com os emails que você enviou anteriormente na mesma automação, segmentos do qual eles já fazem parte ou até mesmo as interações deles com seu site. [caption id=\"attachment_9943\" align=\"aligncenter\" width=\"1400\"] Estas são algumas das condições que você pode usar ao criar uma série de emails para se comunicar com seus contatos usando o Automation Pro.[/caption] 4. Contato, Lead ou Prospect Qual dos três termos você utiliza provavelmente depende do segmento com o qual você trabalha. O que isso significa para você é que, uma vez que um visitante te der suas informações de contato, ele se torna um lead. 5. Lista Em Marketing de Automação, uma lista é a coleção de contatos ou endereços de email que lhe permitirão se comunicar com eles. 6. Segmento Um segmento é o resultado do processo de organização de sua lista. Isso significa separar seus contatos e público-alvo em grupos de necessidades específicas, preferências e até mesmo experiências desejadas. [caption id=\"attachment_9944\" align=\"aligncenter\" width=\"1400\"] Para alcançar uma maior taxa de sucesso com base em seus objetivos, segmente seus contatos para garantir que cada email atinja o público-alvo o mais certeiro possível. Isso mantém sua automação de email relevante.[/caption] 7. Drip Uma “drip campaign” é um outro nome para uma automação de email. Ambos esses conceitos nada mais são que uma série programada de emails a serem enviadas em um determinado período. 8. Jornada / Flow do Email Toda automação que você inicia deve ser baseada em metas, portanto o “flow” é o que você colocaria como passos ou etapas que sua automação precisa ter para alcançar um objetivo específico. 9. Meta Conforme mencionado acima, cada automação deve ter um resultado claro desejado, onde algumas das metas mais comuns são: Onboarding: ensinar seus inscritos como usar seu produto Engajamento: incentivar seus inscritos a interagir com sua empresa Retenção: Fazer com que seus clientes sempre voltem a sua marca ou empresa Re-engajamento: incentivar clientes ou inscritos a voltar a usar seu produto caso tenham parado Na realidade, existem muitas outras possibilidades. 10. Formulário de inscrição Você já deveria ter um desses em seu site, mas, caso contrário, um formulário de inscrição permitirá que você colete informações de contato de seus visitantes para poder criar campanhas voltadas a eles. 11. Automation Pro Esta é a ferramenta mais prática do mercado para gerenciar e criar seu marketing de automação (O quê? Você pensou que eu não usaria essa oportunidade para falar sobre nossa incrível ferramenta?). Clique aqui para saber mais. Bem, aí está. O marketing de automação está se tornando cada vez mais onipresente. Logo, este é um bom começo para você ter uma idéia do que significam os termos mais usados do mercado. Existem outros conceitos que você ainda não conhece relacionados à automação? Deixe um comentário abaixo e com certeza responderemos qualquer dúvida.


Ler Mais
2 Maneiras de Usar o Automation Pro: Atração de Leads & Conversões

2 Maneiras de Usar o Automation Pro: Atração de Leads & Conversões

Marketing na Prática • 21 de fevereiro de 2018

O Automation Pro chegou! Em suma, é a melhor solução para gerar engajamento constante e de qualidade entre seus clientes. Com o lançamento do Automation Pro, nós construímos uma série de modelos que demonstram estratégias práticas que qualquer profissional de marketing pode executar. Neste post, vamos nos concentrar em dois deles, onboarding (atração de novos leads) e fornecer alguns exemplos reais do que pode ser realizado com nossa poderosa marketing de automação. Onboarding Este modelo foi concebido para ajudar você a transformar visitantes do seu site em assinantes. Segundo os dados da Data & Marketing Association, 66% dos consumidores online realizaram uma compra como resultado de uma campanha de engajamento por email. Com esta informação em mãos, não há nenhum motivo para você não criar um funil de vendas automatizado para os visitantes do site. Na prática, eles já são bons leads e já demonstraram interesse através da visita ao seu site ou à página de um produto ou serviço específico. Então, como você pode implementar isso? Digamos que você tenha uma marca que está lançando um produto novo. Você está executando várias campanhas de marketing direcionando potenciais clientes para uma landing page deste produto. O primeiro passo é criar um formulário de inscrição pop-up para colocar na página. Sugerimos adicionar um incentivo para se inscrever, como um desconto de 10%, por exemplo, para encorajar a compra. Outros incentivos podem incluir um PDF exclusivo ou qualquer outro recurso educacional, como um webinar, que pode ser de valor para seus assinantes. Certifique-se de atribuir o formulário pop-up a uma nova lista. Em seguida, instale o código de rastreamento na página desejada. É assim que o Automation Pro vai saber se um contato visitou seu site ou página. Agora é hora de construir a sua jornada para nutrir esse lead. Primeiramente, certifique-se de que o módulo “Contatos Adicionados à Lista” corresponde à lista integrada com seu formulário pop-up. Conforme as pessoas visitam sua página, o formulário pop-up será apresentado juntamente com a oferta de desconto de 10%. Uma vez que se inscreverem, serão automaticamente adicionados à lista que você selecionou e sua jornada se inicia. Em seguida, você deve criar um email de boas-vindas a partir do módulo “Enviar Email”. Conforme seus assinantes forem adicionados à sua lista, essa etapa da jornada será acionada e o email de boas-vindas será enviado. Isto deve incluir o código promocional para seus 10% de desconto (você precisará inserir o código promocional de sua escolha em sua plataforma de eCommerce). Conversão Agora que você criou uma solução prática para novos assinantes, é hora de transformá-los em clientes. Se continuarmos com o exemplo acima, o objetivo agora é atrair seus novos assinantes a usar o incentivo de 10% off que você ofereceu antes. Para fazer isso, você enviará uma série de emails destacando os benefícios do produto ou serviço que está oferecendo e lembrando seus inscritos do desconto. Para este exemplo, mostraremos como criar um ciclo de 7 dias com o objetivo de converter seus clientes em perspectiva. Aqui estão os passos a seguir antes de criar sua jornada de conversão: Crie uma \"Lista de Clientes\". Esta é a lista para onde seus assinantes serão automaticamente transferidos se realizarem uma compra em seu site. Planeje sua campanha de engajamento. Pense na jornada que deseja que seus clientes trilhem. Crie uma jornada de \"Confirmação de Compra\". Esta é uma pequena jornada que irá verificar constantemente os assinantes que fazem uma compra. Uma vez que uma compra é feita, a jornada irá mover o assinante da sua \"Lista de Onboarding\" para sua \"Lista de Clientes\". É extremamente importante que o seu código de acompanhamento do Automation Pro esteja instalado em sua página de agradecimento pela compra. Vejamos os passos a seguir para criar a sua jornada de conversões. Como na jornada anterior, esta começa com o ponto de entrada “Adicionado à Lista” para sua lista de onboarding. Como você enviou o email de boas-vindas na jornada anterior, é importante esperar um tempo para sua próxima comunicação. Dessa forma, você não irá sobrecarregar seus assinantes com muitos emails ao mesmo tempo. Agora, coloque-se no lugar do seu inscrito. Embora o objetivo seja gerar conversões, você deve manter o lead sempre em mente. Portanto, muitas call-to-action (convite à agir) de compra podem não ser efetivas. O que provavelmente funcionará melhor é uma série de emails que demonstram o valor dos seus produtos ou serviços. Isso pode incluir depoimentos de clientes, já que 55% dos compradores dizem que as avaliações online influenciam sua decisão de compra de acordo com a Kissmetrics. Neste exemplo, criaremos uma jornada de três emails. Não esqueça de adicionar um tempo de espera entre cada email de engajamento que você enviará. Caso contrário, todos serão enviados de uma só vez! Primeiro, você deve enviar um lembrete de desconto 3 dias depois que uma pessoa se inscrever em sua lista de onboarding. Para alguns, isso é o suficiente para serem transferidos para sua Lista de Clientes. Para aqueles que permanecem na sua lista de onboarding, tente enviar uma campanha de engajamento com um destaque ou depoimento de clientes sobre o produto no sexto dia após a inscrição. Se você ainda não converteu um assinante após suas duas primeiras tentativas, experimente uma oferta de frete grátis no sétimo dia. De acordo com o estudo Walker Sands Future of Retail 2016, nove em cada 10 entrevistados incluíram e entrega gratuita como o principal incentivo quando perguntado o que tornaria mais provável a compra online. O objetivo desta jornada é gerar vendas. É importante definir uma data de término para a jornada a fim de que você possa analisar o que criou e, em seguida, fazer melhorias para a próxima jornada. Se tiver uma jornada sem fim, será difícil medir, comparar e usar os dados para melhorar as futuras jornadas.


Ler Mais
Estratégias Práticas para Segmentação de lista com o Automation Pro

Estratégias Práticas para Segmentação de lista com o Automation Pro

Marketing na Prática • 21 de fevereiro de 2018

A segmentação de lista com o Automation Pro é sem dúvidas a melhor maneira de enviar um conteúdo personalizado e relevante para seus clientes, gerando um sentimento de que você os conhece em um nível pessoal e individual. Fazer o follow-up com seus inscritos com base em suas interações com suas campanhas de email e com o seu site aliado as segmentações de listas, te permitirá criar vários níveis de personalização que irão gerar um engajamento contínuo. Antes de falarmos de estratégias para você implementar nas jornadas de seus clientes, vamos dar uma olhada em porque fazer isso é tão importante. Falha na Automação de uma Seguradora de Carros Há alguns anos atrás, meu carro sofreu um acidente por conta de um vizinho que estava realizando uma mudança com um caminhão. Liguei para a empresa do meu seguro e eles enviaram alguém para avaliar o tamanho do estrago. Eles me disseram que já que haviam batidas em dois lugares diferentes (um armário caiu em cima do meu carro), eu teria que pagar duas taxas. Isso também incluiria um possível aumento em minha mensalidade. No entanto, do outro lado da rua, havia uma oficina de funilaria. Perguntei para o cara da oficina qual era sua opinião sobre a avaliação da seguradora, ao que ele me disse que ele faria o conserto por um preço muito mais baixo caso eu escolhesse não ativar o seguro. Era uma quantia de dinheiro que eu podia encarar e eu evitaria a dor de cabeça de ver o prêmio do meu seguro subir, então cancelei o meu pedido junto ao seguro. Meu carro foi consertado e eu esqueci completamente dessa história. Isso aconteceu até que eu recebi um email de minha seguradora que dizia: “Recebemos um recado de nosso departamento de pedidos nos informando que você ficou muito satisfeito com a maneira como lidamos com sua solicitação. Estamos felizes que tudo ocorreu bem com você.” Não apenas isso, mas eles também tentaram me vender outro produto que ofereciam. Essa foi uma automação que foi ativada quando o meu pedido foi encerrado por conta da minha solicitação de cancelamento. O problema é que, sem segmentações de lista, a automação entendeu que todos os pedidos encerrados eram de clientes satisfeitos. Agora você entende porque segmentar sua base é uma parte importante de suas automações? Como Você Pode Usar Segmentação de Listas Junto com Automações Nós amamos nossos bichos de estimação por aqui. Dá pra perceber? Não deveria ser uma surpresa que nós precisamos constantemente de um pet shop. Por exemplo: Digamos que um cliente entra na loja e concorda em entrar para sua lista de emails. Você percebe que eles compraram ração, alguns brinquedinhos e mimos, tudo para cachorros. Você pode então adicionar essa pessoa à sua lista de clientes, mas seria ainda melhor se a colocasse no segmento de “Donos de Cachorro” dessa lista. Dessa forma, você pode ativar uma jornada automática para os clientes que tem cachorros assim que entrarem nesse segmento. Emails de follow-up podem incluir conteúdo focado em novos brinquedos, os tipos mais recentes de ossinhos que chegaram em sua loja e outros produtos que tornarão a vida dos cachorrinhos mais divertida. Como eu tenho um cachorro, sei bem quão suscetível eu sou a querer comprar todas as coisinhas fofas que eu tenho sempre que me lembrar que não posso comer. De acordo com o DMA, campanhas segmentadas e focadas geram 58% de todo o faturamento de email marketing. Vamos ainda dar um passo extra: Caso você tenha usado o recurso de engajamento com o site no Automation Pro, você pode fazer um follow-up com as pessoas em seu segmento de “Donos de Cachorro” baseado nos itens que eles visualizarem em seu site. Os gatilhos dos follow-ups podem ser ativados caso eles estejam olhando uma nova caminha para seu pet ou a nova linha de brinquedos do Star Wars (por sinal meu cachorro destruiu o seu BB-8 em questão de segundos). Eles já estão demonstrando interesse nesses itens, então uma campanha disparada automaticamente com esses produtos pode ser o lembrete que eles precisam para comprar. Continuando com mais segmentações, talvez todos os donos de cachorro entrem em uma mesma lista. No entanto, os segmentos podem ser criados baseados na ração de preferência de seus cachorros. Se você estiver prestando atenção ao histórico de compras de seus clientes, você verá o que eles compraram e até com que frequência. Você pode enviar um follow-up automático quando eles estiverem precisando de mais comida. Envie uma campanha nesse momento exato, talvez até oferecendo um descontinho, e você terá conquistado um novo cliente fiel graças as suas segmentações e automações. Então, da próxima vez que você for criar uma nova jornada para os seus clientes, lembre-se que suas campanhas podem ser muito mais relevantes caso combine a segmentação de sua lista com automação de email marketing. Essa é sua melhor chance de criar um email que faça seu cliente sentir que você está conversando com ele em um nível individual e pessoa… mesmo que tudo isso aconteça através de uma campanha automática que está rodando enquanto você passeia com seu cachorro.


Ler Mais
7 Dicas para Rodar Campanhas de Marketing de Automação enquanto Estiver de Férias

7 Dicas para Rodar Campanhas de Marketing de Automação enquanto Estiver de Férias

Além do Email • 16 de janeiro de 2018

Às vezes, é mais estressante sair de férias do que ficar no escritório. Com o Marketing de Automação feito através de campanhas de marketing automáticas, você pode mudar esse cenário. Se você está planejando sair de licença maternidade, fazer aquela viagem tão esperada ou apenas tirar alguns dias de folga, lembre-se das seguintes oito dicas para que sua campanha seja executada praticamente sozinha. Dessa forma, você pode se concentrar na diversão, no sol, na família e em si mesmo em vez do trabalho. 1. Escolha a Estratégia Certa O que você vende, como você vende e quando você envia suas campanhas automáticas de email ditarão quão bem elas funcionarão. Estabeleça a jornada do cliente em cada um dos seus emails, bem como em toda a sua campanha automática. Deixe claras sua estratégia e mensagens junto com sua equipe para resolver quaisquer questões ou impasses que possam dificultar as conversões. Considere também os testes A/B que sua equipe pode implementar caso uma campanha não estiver funcionando tão bem quanto o esperado. O marketing pode envolver um pouco de adivinhação, mas criar a estratégia certa com base em dados sólidos e as necessidades específicas de sua empresa antes de sair do escritório pode ajudá-lo a alcançar o sucesso. 2. Teste sua Campanha Atores não sobem ao palco sem antes ensaiar sua apresentação. Da mesma forma, os profissionais de marketing não devem expor suas campanhas automáticas sem antes testá-las. Antes de sair de férias ou sair do escritório, teste suas campanhas. Certifique-se de que elas funcionam em diferentes navegadores e dispositivos e que sua conexão com a internet consegue lidar com o tráfego. É sempre mais fácil e menos estressante corrigir as falhas e otimizar os resultados ao invés de fazer o controle de danos enquanto você está tentando desfrutar de um dia ensolarado na praia. 3. Crie Estratégias Simples As campanhas automatizadas funcionam desde as mais complexas, com vídeos e bastante interação, até as mais simples com apenas textos e imagens. Apesar de poder incorporar diferentes táticas, como segmentar conteúdo dinâmico para aumentar a taxa de cliques, mantenha uma abordagem simples. Crie uma mensagem de marketing forte e sensata que atraia todo o seu público-alvo e dispare-a. Quando voltar ao escritório, você pode trabalhar na incorporação de campanhas mais complexas, pois terá mais tempo para se dedicar a elas. 4. Prepare sua Equipe para sua Ausência As “drip campaigns” são tipos de campanhas de marketing automáticas que requerem mais engajamento e acompanhamento. Se estiver fazendo o seu marketing automatizado da maneira correta, você precisará acompanhar a maior parte de suas campanhas ao longo do tempo. Apesar de poder agendar seus emails para serem enviados em um determinado momento, sua equipe deverá estar pronta para responder aos leads, comentários em mídias sociais e outros tipos de interações com os clientes. Tenha uma reunião antes de sair para informar sua equipe sobre como responder às diferentes questões que surgirão e dar-lhes um cronograma para quando e como devem gerenciar essas mensagens. 5. Utilize Ferramentas de Marketing A ferramenta certa para o trabalho também irá ajudá-lo a desfrutar de suas férias sem preocupações. É aí que entra o Automation Pro. Com a automação certa, você pode executar campanhas de marketing inteiras enquanto estiver descansando na rede. Cada novo assinante pode receber o mesmo email de boas-vindas que você enviaria se estivesse no escritório e você pode também fazer o acompanhamento automático quando executa uma promoção com base nas interações de cada assinante com suas campanhas de email ou site. Outro grande benefício é a possibilidade de usar templates já existentes de estratégias prontas para serem implementadas. Tudo o que você precisa fazer é conectar suas campanhas e listas de email. 6. Deixe Claras suas Expectativas Sua equipe deve ser capaz de tomar as rédeas de sua campanha automática enquanto estiver fora. Para ajudá-los a assumir essa responsabilidade, defina metas e expectativas. Anote os objetivos e metas diárias que eles podem alcançar e otimizar caso a campanha não esteja funcionando conforme o esperado. É sempre bom entregar uma lista detalhada de instruções precisas para a pessoa que ficará encarregada enquanto você estiver fora. 7. Check In Dependendo de quanto trabalho você faz de casa, você pode até verificar sua campanha ocasionalmente. As ferramentas listadas acima podem facilitar essa tarefa. Se algo parecer estar errado, você pode corrigir ou pausar a campanha e resolver o problema quando voltar ao trabalho. Caso tudo estiver funcionando perfeitamente, você pode então realmente relaxar. As campanhas automatizadas aliviam bastante sua carga com respeito às outras funções de marketing. Ao implementar as sete dicas deste post, você poderá configurar, implantar e lucrar com suas campanhas automáticas com facilidade, especialmente quando estiver fora do escritório.


Ler Mais
O que é marketing de automação?

O que é marketing de automação?

Além do Email • 23 de novembro de 2017

Você já deve ter ouvido falar sobre Marketing de Automação. Alguns o vêem somente como uma moda passageira, enquanto outros estão levando isso muito a sério. Mas o que de fato esse termo significa e por que ele é importante? Marketing de Automação refere-se a um software que permite que você (como o próprio nome diz) automatize ações e processos de vendas e marketing. O escopo das ações pode variar: dar as boas-vindas aos seus novos assinantes ou até mesmo reestabelecer, com seus clientes, um relacionamento que esfriou. Até onde você vai com ele geralmente dependerá da natureza do seu negócio e da sua criatividade. O que é verdade é que o Marketing de Automação faz com que tarefas repetitivas de marketing e vendas sejam realizadas com pouco esforço. De acordo com a visão da VB Insight, três quartos dos profissionais de marketing dizem que o maior benefício das automações é economizar tempo. Outros benefícios incluem o aumento do engajamento dos clientes (68%), comunicação em momentos mais oportunos (58%) e maiores oportunidades, como “upselling” (58%). O que você pode fazer com isso? Eu uso essa frase mais do que eu gostaria, mas a verdade é que as possibilidades são infinitas. Nutrir os seus leads ajuda-os a engajarem mais com seu produto ou negócio, e oferecer a eles o que você sabe que eles precisam ou desejam no momento certo pode aumentar muito suas vendas e mudar completamente sua empresa. Ações como converter um cliente que comprou uma única vez em um cliente recorrente, upselling, cross-selling, vendas baseadas em ciclo, etc. são estratégias que, se automatizadas, não só te darão mais tempo para se concentrar em obter novos leads como também farão com que seu negócio esteja sempre se movimentando. Você precisa de feedback de seus clientes? Você pode levar sua estratégia de marketing para o próximo nível, dando aos usuários que completaram sua pesquisa uma oferta especial ou até mesmo criando um programa de recompensa para os que compartilharem seu conteúdo. Implementar estratégias incríveis como estas sem automação exigiria uma grande quantidade de tempo e deixaria outras estratégias importantes em segundo plano. FOMA Alguns profissionais tem o que chamo de FOMA - Fobia de Marketing de Automação. Isso é real e por vezes compreensível. Geralmente, ouvir falar de todas as coisas que pode fazer com automações pode fazer com que você se sinta super animado. No entanto, algumas pessoas podem sentir-se rapidamente intimidadas, especialmente quando começam a pensar no tempo que terão que reservar para definir coisas como conteúdo e as jornadas dos clientes. A superação dessa fobia é realmente muito simples quando você descobre que quatro em cada cinco usuários aumentaram seus leads usando softwares de Marketing de Automação e quase tantos quanto estes (77%) viram um aumento em suas conversões. Isso tudo enquanto enconomizava-se tempo entre as equipes de vendas e marketing. Com isso podemos concluir que esse medo pode estar privando você de obter grandes benefícios dos quais você pode estar precisando. Você deve investir em Marketing de Automação? O Marketing de Automação pode trazer benefícios para sua empresa? Resumindo: Sim, pode! Agora… Você deve investir em Marketing de Automação? Isso é algo que apenas você poderá responder. Mas pergunte-se antes de decidir: Você vê uma oportunidade de aumentar seus indicadores, como o número de leads qualificados que você gera? Você acredita que pode conseguir mais de seus clientes ao engajar-se de maneira inteligente com eles? Você vê etapas de seu funil de vendas que são negligenciadas e precisam de mais atenção? Uma coisa inteligente que você pode fazer é calcular o Valor do Tempo de Vida do Cliente para te ajudar a entender o quanto você deve investir na aquisição e manutenção de novos clientes. Nossos amigos do Shopify fizeram um ótimo trabalho ao fazer um guia passo a passo sobre como calcular esse valor. Na Benchmark, caso já possua um plano pago, você terá acesso à nossa plataforma de automação, o Automation Pro. Sem custos extras, com todos os templates e ações disponíveis. Acreditamos tanto que o Marketing de Automação irá beneficiar nossos clientes que criamos uma série de webinários semanais ao vivo, onde respondemos todas as questões que você pode ter sobre o Automation Pro e a automação de marketing em geral. Não quer perder tempo? Converse com um de nossos especialistas via chat hoje mesmo!


Ler Mais
Apresentando Automation Pro

Apresentando Automation Pro

Além do Email • 15 de dezembro de 2016

Tanto os donos de negócios como os clientes estão mais conscientes do que nunca quanto à poluição visual que pode ter uma caixa de entrada de e-mail. É difícil se destacar na multidão e fazer com que seu negócio e suas campanhas de e-mail chamem atenção. E não é só isso, mas o consumidor está mais esperto do que nunca… equipado com mais informações na ponta dos dedos do que sequer sabem usar. A única maneira de ter sucesso nesse contexto de email marketing é prover valor para cada um de seus assinantes. A melhor forma de fazer isso é fazendo com que eles sintam que você entende suas necessidades e está prestando atenção ao que eles querem de você. No entanto, executar essa ideia significa ter diversos papéis diferentes dentro do seu negócio: vendas, marketing e suporte ao consumidor, só para mencionar alguns. Como é possível ter tempo para fazer tudo que é preciso no dia a dia do trabalho, depois criar campanhas de email perfeitas que não só agregam valor mas fazem com que seus assinantes sintam que você está atendendo a suas necessidades individuais? A Vez do Automation Pro Com o Automation Pro, você pode criar jornadas automatizadas para o cliente. Essas jornadas permitem que você faça um follow up  com os assinantes, com base no engajamento por email, na interação via website e mais. Mapeie caminhos para seus contatos percorrerem usando um canvas digital. Ações podem realizar o envio de e-mails, a movimentação de assinantes entre listas etc, tornando seu marketing mais eficiente à medida que você converte leads a vendas e assinantes a clientes fiéis.     Construir com o Automation Pro Entradas Cada jornada automatizada começa com uma entrada. As entradas definem como seus assinantes vão entrar na jornada. É a boca do funil digital que criamos para executar a meta de uma automação. Aqui estão alguns exemplos de como você pode usar as entradas: Adicionados à Lista. Uma jornada que começa com esta entrada pode começar com um email de boas-vindas, visto que eles acabaram de ser adicionados à sua lista. Se você estiver fazendo algum tipo de eCommerce, pode ser uma campanha desenhada para converter um novo lead em venda. Se o seu formulário de inscrição oferece um desconto pela inscrição, então ajuste os seguintes emails para inspirar uma pessoa a usar bem essas economias. Engajamento pelo Website. Para uma campanha que começa com esta entrada, sua meta é adaptar o seu marketing de acordo com os interesses dos assinantes. Se um assinante visitou seu site e avaliou bens ou serviços específicos, você pode fazer um acompanhamento dessas informações. Vamos supor que eles estavam de olho numa câmera nova, a Canon SLR. Você pode fazer um follow up com emails que falam dos recursos da câmera, pode compartilhar comentários positivos a respeito do produto e até lucrar com acessórios. Clique aqui para aprender mais sobre configurar seu site para monitorar seus assinantes. Dia e Horário. Vamos supor que você tenha um evento planejado e queira enviar emails prontos com base na data do evento. Essa entrada permite que você envie campanhas com base no dia e no horário para garantir que você esteja criando empolgação para o evento no momento certo. Ações & Condições Em seguida, você pode adicionar ou uma ação ou uma condição. As ações executam tarefas para você. Use condições para enviar seus assinantes por caminhos diferentes. Isso pode significar enviar emails de follow up com base no fato de um email ter sido ou não aberto ou relocado para uma lista diferente após a conversão. Inclui até engajamento em sites de noivos! Aqui estão alguns exemplos de Ações: Tempo de Espera. Esta ação permite que você estabeleça o ritmo de uma jornada. Sem isso, todos os nossos emails seriam acionados de uma vez só. Por exemplo, se você quisesse acionar um email com base em uma abertura ou clique anterior, você poderia acrescentar um pouco de tempo de espera para que o email seguinte não fosse enviado logo depois de o último ter sido aberto. Assim você tem a chance de dar um pouco de espaço para si mesmo e para seu assinante. Você pode determinar o tempo de espera para minutos, horas ou até meses. Enviar Email. Como já diz o nome, esta ação permite que você envie um email. Faça cada um valer a pena! Adicionar à Lista. Com base em como o assinante está interagindo com uma jornada específica, pode ser hora de movê-lo para uma nova lista. Por exemplo, se você tiver uma lista de leads, é melhor mover o assinante para a lista de clientes pagantes quando ele tiver sido convertidos. Remover da Lista. Dando continuidade ao exemplo acima, é melhor tirar o assinante da lista de leads quando tiver sido convertido. Aqui estão algumas maneiras de usar as Condições: Está na Lista ou Segmento. Alguns passos da sua jornada podem apenas se aplicar a um grupo restrito de seus assinantes. Se você fosse um pet shop, você talvez só desejaria enviar uma campanha sobre novos brinquedos para gatos para seus assinantes que são donos de gato, enquanto donos de cachorro, se recebessem a campanha, poderiam sentir que você não entende suas necessidades. Atividade no Website. Há diferentes tipos de leads. Alguém que já visitou uma página específica no seu site pode até ser considerado um lead quente. Fazer follow up com essas pessoas deveria ser uma prioridade e essa condição torna isso possível. Engajamento com o Email. Esta condição permite que você acompanhe os assinantes em sua jornada com base em como eles interagem com suas campanhas por email. Vamos supor que você tenha um webinário em breve. Você pode mandar um email inicial para promover o webinário. As pessoas que se cadastraram depois da primeira campanha não precisam receber mais convites. No entanto, se os assinantes não abriram o email ou deixaram de clicar no link de cadastro, podem precisar de lembretes adicionais. E / Ou. Isso permite que você realmente se aprofunde na personalização da jornada do cliente. Isso determina quais fatores vão encadear a porção seguinte da campanha. É uma combinação das condições acima, que vão permitir que você envie os assinantes por caminhos específicos dentro de uma jornada. Por exemplo, se eles estiverem na Lista A e interagiram com 5 emails, envie o email Z. Senão, não envie nada. Ativar Sua Jornada Você estará pronto para ativar uma jornada quando tiver definido o comportamento de suas entradas, ações e condições. Isso significa que cada passo do caminho foi construído cuidadosamente para executar a meta da sua automação. Módulo Template A Benchmark criou diversos templates dentre os quais você pode escolher, que demonstram várias estratégias que podem ser executadas com o Automation Pro. Tudo que você vai precisar fazer é preencher os detalhes. Clique em cada entrada, ação e condição para definir seus comportamentos. Alguns desses templates lhe darão ideias de como dar as boas-vindas a novos assinantes ou de como criar uma jornada que transforme os assinantes em clientes, fazendo com que voltem sempre!   Perguntas & Respostas adicionais: O que é o Automation Pro? Posso usar o Automation Pro? Posso editar minha jornada no Automation Pro? Por quanto tempo a Benchmark rastreia inscritos? Como que a Benchmark Email rastreia a atividade em um website? Como instalo o código de rastreamento em meu website? Poderei reativar minha jornada?  


Ler Mais
Introduzindo nossa Nova Automação por Aberturas e Cliques

Introduzindo nossa Nova Automação por Aberturas e Cliques

Produto & Design • 4 de agosto de 2016

Estamos muito felizes em apresentar o mais novo recurso de automação da nossa plataforma! Como usuário Benchmark, você já deve se familiarizar com nossas respostas automáticas. Este recurso permite que você envie uma sequência de emails com base em três ações diferentes: Quando um cliente se inscreve a uma lista Uma data que estiver conectada ao assinante, tal como seu aniversário ou outra data especial Uma data específica relacionada ao assinante Caso você ainda não tenha experimentado este recurso, use a opção de \"Quando um cliente se inscreve à lista\" que mencionamos acima, pois é uma das automações mais básicas e poderosas. Ela envia emails automaticamente aos novos assinantes assim que os mesmos se inscrevem. A resposta automática é o tipo de automação crucial e poderosa que iremos manter para nossos usuários, mas com um novo nome - \"Automação com base em Lista de Contatos\". Este recurso sempre foi e sempre será gratuito. Entendendo o Novo Recurso A fim de prover aos usuários mais opções para a automação por email, nós agora mudamos as Respostas Automáticas de lugar e as inserimos no \'escopo\' de Automações. Ao explorar a nova seção de automações, você irá notar que a primeira adição é baseada no engajamento por aberturas e cliques e consiste em 3 ações: Um assinante abre um email Um assinante clica em qualquer link de um email Um assinante clica em uma URL específica de um email Vamos observar como podemos usar estas ações para segmentar nossos assinantes. Por exemplo, se eu fosse dono de uma empresa de barcos, eu posso configurar uma automação para segmentar meus assinantes em dois grupos: Um que está interessado em barcos à vela, e outro que está interessado em barcos à motor. Após este recurso segmentá-los nestes dois grupos, eles poderão receber um conteúdo baseado em seus interesses automaticamente. Para fazer isso, eu iria primeiro enviar um email que contém um conteúdo sobre os dois tipos de barcos. Isto poderia incluir tais coisas como manuais, um artigo especial sobre um dos tipos de barcos, alguns dados baseados em pesquisas, um desconto em um produto, entre outras opções. Cada conteúdo do email estaria conectado a uma URL para meus assinantes clicarem. Eu usaria a opção mencionada acima de \"Um assinante clica em uma URL específica de um email\", para criar duas automações - uma que envie emails para os assinantes interessados em barcos à vela e outra que envie emails para aqueles que estão interessados em barcos à motor. Para começar a enviar um conteúdo específico para cada um dos dois grupos, eu selecionaria o email original que enviei e a URL que pertence a cada grupo. Este recurso irá então automaticamente enviar conteúdos específicos para cada uma das duas listas. Que tal algo mais simples? Aqui vemos outro exemplo usando a opção de \"Um assinante abre um email\". Digamos que eu tenha uma lista de clientes e quero que nossos mais engajados assinantes comprem meus produtos na promoção. No menu da automação eu posso selecionar a campanha que enviei aos meus assinantes e então configurar para que o email promocional vá apenas para aqueles que abriram minha primeira campanha. É bom notar que nossa ferramenta de \"Emails de Engajamento\" também tem o poder para segmentar assinantes. A diferença é que você os salva à listas ao invés de adicioná-los à uma automação por email. Estamos bastante ansiosos pelos recursos que ainda estão por vir e não vemos a hora de compartilhá-los com você ainda este ano! Até então, esperamos que você aproveite bastante nossas últimas adições à plataforma e queremos ver quão bem você as usa!


Ler Mais