Tags: Email Marketing

Como Aumentar Suas Conversões com uma Automação para Nutrição de Leads Eficaz

Como Aumentar Suas Conversões com uma Automação para Nutrição de Leads Eficaz

Marketing na Prática • 21 de maio de 2019

Você já comprou alguma coisa online logo no primeiro site que entrou? Não, né? Você confere sites diferentes, pesquisa, compara preços e ofertas e finalmente faz uma compra. Quando alguém acessa seu site, não significa que ele está pronto para fazer a compra. Na verdade, a maioria desses leads está na fase da pesquisa, o que implica que eles querem saber mais sobre você ou, eles estão na fase de consideração, o que significa que eles ainda precisam de algum tempo antes de fazer a compra final. Eles precisam ser convencidos por que deveriam comprar de você. De acordo com uma pesquisa, 50% dos leads em qualquer funil de marketing não estão prontos para comprar. Por isso, a nutrição de leads é essencial para te ajudar a tirar o maior proveito possível desses leads. Nutrir leads é como estar em um namoro. Durante o namoro, espera-se que você entenda a necessidade do parceiro. Da mesma forma, nesse caso, você precisa entender o processo de compra do seu cliente. IDe maneira ideal, seus leads deveriam percorrer funil de marketing por conta própria, mas não é isso que acontece. No mundo real, você precisa nutrir seus leads para levá-los ao funil de marketing. Você tem que ser o guia deles a partir do momento em que eles visitam seu site e, em seguida, convertê-los em leads, transformá-los em clientes e, por fim, em seus embaixadores. É como construir e cultivar um relacionamento de verdade. Ter leads é ótimo, mas se você não os converter em vendas, eles são inúteis. De acordo com um estudo conduzido pela MarketingSherpa, cerca de 80% dos novos leads não são convertidos em vendas. A Marketo, uma fornecedora de serviços automatizados de marketing, descobriu que as empresas que são capazes de efetivamente implementar a nutrição de leads desfrutam de 50% a mais de vendas, com um custo 33% menor. Da mesma forma, a empresa de geração de demanda de serviços, o Grupo Annuitas, observou que os leads nutridos são capazes de fazer compras até 47% maiores. É por isso que criar um programa de nutrição de leads é tão importante. Antes de nos aprofundarmos em como implementar a promoção de leads em seu processo de marketing e vendas, vamos primeiro entender o que significa nutrir um lead e por que isso é tão importante. O que é a nutrição de leads? Colocando em palavras mais simples, o termo refere-se ao contato com um cliente em potencial, também conhecido como prospect. Nutrir significa cuidar. Assim, nutrir leads é cuidar deles. É um processo de desenvolvimento de relacionamentos com o cliente em todas as etapas do ciclo de vendas. Por que você precisa de um programa de nutrição de leads? A nutrição de leads é um componente crucial para o sucesso de marketing em todos os setores. Seja uma empresa B2B ou B2C ou uma empresa SaaS, todas elas precisam de uma estratégia eficaz de nutrição de leads. Não faz sentido ter uma campanha de geração de leads se não houver um plano para converter efetivamente os leads em venda. Uma campanha eficaz de promoção de leads irá: Aumentar as vendas e o faturamento: os clientes modernos não ficam impressionados apenas com sites chamativos e forte presença nas mídias social. Eles consideram essas coisas como o mínimo e buscam conteúdo. Eles precisam ter certeza de que suas maiores necessidades são mantidas em mente. De acordo com um Relatório da Demand Gen, os leads nutridos produzem, em média, um aumento de 20% nas oportunidades de vendas em comparação aos leads não-nutridos. Aumentar a eficiência da equipe: um sistema automatizado de nutrição de leads se adapta com base na comunicação do cliente em potencial, minimizando o papel do pessoal de vendas. Eles só precisam intervir no último estágio quando o lead mostrar sinais interesse de compra. Encurtar o ciclo de vendas: um sistema eficaz de nutrição de leads pinga lentamente conteúdo apropriado dependendo de onde o comprador está no ciclo de vendas. Quando os compradores concluem suas pesquisas e chegam ao estágio de compras, a equipe de vendas não precisa perder tempo para entender seus pontos problemáticos e suas necessidades, pois já estão a par desses problemas que foram abordados de antemão. A Bulldog Solutions descobriu que as empresas que investem em soluções de automação de marketing passam a ter tempos de ciclo de vendas 70% mais rápidos. Minimizar o escoamento de vendas: parafraseando um velho ditado, você sempre compra da última pessoa com quem fala. Para qualquer produto ou serviço, especialmente os B2B, que possuem um longo estágio de consideração (mais do que algumas semanas), o comprador frequentemente falará com vários fornecedores e poderá facilmente esquecer aqueles que encontrar no estágio inicial do período de investigação. Nesses casos, nutrir leads é uma maneira poderosa de se manter no topo da mente desses prospects e garantir que, quando eles finalmente se decidirem, você seja ativamente considerado e não esquecido. Agora que você está familiarizado com o conceito de nutrição de leads e sua importância, o próximo passo é aprender como nutrir seus leads. Uma das melhores maneiras de se comunicar com seus leads é por meio de emails. De acordo com uma pesquisa da Merkle, 74% dos consumidores preferem receber comunicações comerciais por email. A Direct Marketing Association diz que o email marketing tem um ROI de 4.300%. O cultivo de leads por meio de email marketing permite que sua marca permaneça em constante comunicação com seus clientes em potencial. Automação de email Enviar emails é o método mais direto e econômico para enviar conteúdo específico para um lead específico. No entanto, imagine o envio de emails diferenciados para todos os seus clientes manualmente. Bem, você pode fazer isso para 50 a 100 leads, mas e com cerca de 50.000 a 1.000.000 de leads? Isso tornará esse processo extremamente lento e demorado. A automação ajuda você a enviar o conteúdo certo para o lead certo no momento certo. Você pode criar uma campanha para nutrir leads por meio de uma automação de emails e seu trabalho estará concluído. Você pode se concentrar em seu core business e seus leads serão nutridos automaticamente. As drip campaigns (ou campanhas gota-a-gota) podem ser complicadas e intimidantes. Você é obrigado a criar um monte de conteúdo e organizá-lo para convencer seus leads. Aqui estão alguns passos simples que você pode seguir para fazer do email marketing para a nutrição de leads sua ferramenta mágica de gerar mais receita: 1-Envie emails introdutórios: comece sua campanha de nutrição de leads enviando alguns emails introdutórios sobre sua marca. Por exemplo, dê uma olhada neste email da designbetter.co. Ele saúda os prospects e os informa sobre o que esperar dos emails da marca. Este é o primeiro passo para envolver e nutrir o lead. Então, ao receber informações adequadas sobre a marca, o lead ficará mais engajado. 2-Conheça seus leads: depois de apresentar sua marca ao lead, é extremamente importante descobrir onde seu lead está no funil de marketing. O objetivo é reunir o máximo de informações possíveis sobre o seu lead. Para atender às necessidades do seu lead, você deve primeiro conhecer suas preferências. Você pode reunir todas as informações do seu lead através de um questionário em troca de um download gratuito ou de um cupom de desconto. Quando seus clientes em potencial estiverem familiarizados com seu conteúdo e reconhecerem sua qualidade, eles estarão mais dispostos a confiar a você às informações que você precisa a fim de receberem algo útil em troca. 3-Faça segmentação: depois de reunir todas as informações sobre seus clientes em potencial, você pode passar para a próxima etapa da campanha de nutrir leads, ou seja, a segmentação. Com base nas informações recebidas, categorize seus leads com base no sexo, faixa etária ou o que for melhor para sua empresa. Neste exemplo, a Adidas segmentou sua lista por sexo para garantir que seus clientes do sexo feminino recebessem o conteúdo mais relevante para elas. Isso permitirá que você forneça exatamente o que seu prospect está procurando. Se você fornece conteúdo excelente e apropriado, é mais provável que seu prospect volte, assim fornecendo mais informações e permitindo que você o segmente ainda mais, fazendo com que o ciclo continue. 4-Envolva seus leads: não é uma regra de ouro que toda vez você só tenha que falar sobre o seu produto. Você pode às vezes enviar conteúdo educacional que provavelmente envolverá seus clientes em potencial. Por exemplo, a Makaan faz algo em seus emails de nutrição que funciona muito bem: educação. Ao compartilhar um artigo interessante com o leitor, eles te retornam valor em troca. 5-Automatize a entrega de email: você sabia que a automação não apenas ajuda você a economizar tempo, mas também permite que você forneça conteúdo no dia e momento em que seu prospect tem mais probabilidade de responder? De nada vale uma campanha bem escrita se ela for para o fim da lista de seus inscritos. Pesquisas enfatizam que o momento em que você envia seus emails afeta as aberturas, os cliques e, sim, até a receita. Quando você agendar a entrega de emails, seus clientes que residirem em fusos horários diferentes também receberão sua mensagem em um momento adequado. 6-Personalize: de acordo com uma pesquisa da DemandGen, os leads que são nutridos com conteúdo personalizado se convertem em vendas 20% mais do que aqueles que não são. A genialidade da segmentação e automação está na capacidade de fornecer conteúdo sob medida para seus clientes em potencial. Este email de Robin Sharma é o exemplo perfeito de personalização. Neste email parece que o CEO está falando diretamente com o prospect e agregando valor sem direcionar a venda. 7-Forneça CTA: é crucial dar aos leads um call-to-action para envolvê-los. Em geral, os botões de CTA superam os links no texto porque muitas pessoas examinam emails ao invés de lê-los. Os leads devem saber porque você está enviando um email para eles e o que você espera que eles façam em seguida. Referindo-se ao exemplo acima - o CEO quer que o cliente em potencial assista ao vídeo e quer informá-lo sobre o guia de vídeos motivacionais que ele está fazendo. O botão \"play\" (call-to-action) certamente se destaca no email.   8-Use recursos visuais e gráficos: estudos que acompanham o movimento ocular mostraram que os leitores passam mais tempo olhando as imagens do que lendo textos quando eles tem a ver com a cópia. Portanto, se você puder alinhar imagens em seu email enquanto educa seus leitores, a mensagem permanecerá com eles por mais tempo e terá um impacto maior. 9-Adicione comentários de clientes: quando você sabe que um lead deseja comprar um determinado produto ou serviço, mas ainda não fez uma compra, envie um email como esse que a Casper fez. Isso reafirma a qualidade do produto ou o serviço que o cliente em potencial pretende comprar. 10-Marketing temático: o marketing temático acontece em diferentes estações, festivais, feriados etc, e é um tipo de campanha para nutrição de leads. Tanto as empresas B2B quanto as B2C aproveitam ao máximo as campanhas temáticas ao longo do ano. Ao elaborar um email nesse formato, você deve mantê-lo breve e eficaz. Nesse exemplo, Nykaa em sua campanha de email fala sobre 7 itens favoritos de beleza no verão. Ao seguir esses passos simples, você provavelmente aproveitará um dos seus maiores recursos, sua lista de emails, e desenvolverá fidelidade a sua marca e conscientização, gerando mais receita do que nunca para sua empresa.


Ler Mais
Nós ❤️ Newsletters: Dicas e Inspirações de Newsletters Diretamente de Nossos Experts em Email Marketing

Nós ❤️ Newsletters: Dicas e Inspirações de Newsletters Diretamente de Nossos Experts em Email Marketing

Além do Email • 14 de fevereiro de 2019

Newsletters são provavelmente a forma de email marketing que empresas e consumidores mais conhecem. Elas são a desculpa perfeita para visitar a caixa de entrada de seus inscritos mensal, semanal ou até mesmo diariamente, além de te ajudarem a sempre estar na memória deles. Por que as newsletters são tão populares? Os leitores das newsletters do The New York Times lêem duas vezes mais histórias do que aqueles que não recebem as newsletters. Eles também são duas vezes mais propensos a se tornarem assinantes pagos. O NYT possui mais de 50 newsletters, com um total de 14 milhões de inscritos. O objetivo de suas newsletters é “construir relacionamentos significativos com nossos leitores ao entregar nosso jornalismo original e globalmente reconhecido, além de experiências de produto diretamente em sua caixa de entrada”. Leitores de newsletters gastam 80% mais tempo no NewYorkTimes.com do que não-inscritos. Então, o que fazer para uma newsletter ser encantadora? Aqui temos algumas dicas para você criar uma newsletter que seus assinantes irão amar:    Tenha sempre em mente as necessidades de seus inscritos. Claro que você irá compartilhar novidades sobre a sua empresa, produtos e serviços, mas para isso é preciso ter em mente a necessidade de seus assinantes. Resolva os problemas deles e você verá bons resultados.    Escolha um template que possa ser personalizado para a sua marca. Certifique-se que tenha escolhido um template que se encaixe com as metas de sua newsletter e que o design faz com que seus leitores entendam que a peça veio de sua empresa.    Use Subtítulos. Ultimamente o nível de atenção das pessoas está muito baixo, e há grandes chances de seus inscritos apenas passarem os olhos pelo seu email. Facilite suas vidas com subtítulos.    Seja direto e breve. Use teasers (breves resumos instigantes) para cada trecho de seu conteúdo e leve seus contatos para o seu site para ler o resto.    Use imagens cativantes. Chame a atenção dessas pessoas que apenas dão uma olhada em seus emails com algumas fotos e gráficos incríveis.    Envie frequentemente. Newsletters mensais podem ser as mais populares, mas algumas empresas preferem enviar semanal ou até mesmo diariamente esse tipo de campanha. Você precisa estar constantemente na mente de seus assinantes para que sua marca seja a primeira coisa que eles pensam quando estiverem precisando dos produtos ou serviços que você oferece.    Verifique seus relatórios. É importante acompanhar o que está (e não está) funcionando com as suas newsletters. Se sua taxa de abertura precisa de um impulso, teste diferentes linhas de assunto e assegure-se que está usando um nome de remetente que soe familiar. Na Benchmark Email, nós amamos newsletters tanto quanto as empresas que usam nossas ferramentas para enviá-las. E nós vemos muitas delas todos os dias! Eu pedi ao time da Benchmark ao redor do mundo para compartilhar algumas de suas newsletters favoritas com todos vocês. Aqui está o que eles têm para dizer: Adastros Cruz – O Artista antes conhecido como Designer de Marketing Sênior – Guatemala O que eu mais gosto deste email do Grammarly é como o conteúdo é focado em seu objetivo, além de incluir uma oferta especial. Este foi seu email de “ano novo”, e ao final del, eles incluíram uma retrospectiva de 2018, sempre mantendo o foco no cliente. Veja o email completo aqui. O que eu amo sobre essa newsletter do Muzli é o conteúdo que eu recebi, assim como quão simples ele é: apenas uma imagem, um gráfico e um CTA claro, curto e gentil. Daniel Miller – Diretor de Marketing – EUA A newsletter da Subaru é uma de minhas favoritas. Se você já teve um Subaru, deve ter experimentado o que significa ser parte dessa família. O autêntico marketing dessa empresa entra em cena logo após a compra do veículo. Com dicas de onde acampar, caminhar e viajar com o seu novo bebê (o carro), até novos lançamentos, torneios de rally que a empresa tem ganho e mesmo experiências compartilhadas por outros motoristas. Não importa quão expert em carros você é, a Subaru fala na linguagem de seus clientes. Aventura, descobrimento e diversão! Suas newsletters reforçam sua mensagem e geram lealdade à marca. Eu amo meu Subaru e a forma como a empresa me trata. Fernanda Brito – Rede Social e Parcerias Digitais – México Eu gosto muito do conteúdo deste email do Cracks porque ele é prático e rápido de ler. Sem dúvidas eu fico ansiosa para receber seu próximo email. Eu gosto do estilo deste email da Cool Hunger MX, o qual tem muitas cores e conteúdos interessantes, assim como também os eventos da cidade relacionados a arte e design. Lov Veg sempre compartilha novas receitas e ideias de acordo com as estações do ano. Ronald Liang  - Gerente de Desenvolvimento Front-End  – EUA Kumar Guarav – Suporte e Entregabilidade de Email – India Dizem por aí que grandes mentes pensam de maneiras similares, então Ronald e Kumar compartilharam amor pelo mesmo email. Aqui está o que eles disseram: Ronald: Eu amo receber esses newsletters da Smashing Magazine, porque eles são uma forma rápida de se atualizar sobre as últimas notícias sobre web design e outros tópicos. Sua newsletter tem bastante texto, mas eles abusam de gráficos divertidos com seu mascote por toda parte, o que mantém o conteúdo divertido. Kumar: Eu amo a forma como esses caras apresentam sua newsletter: o conteúdo no topo inclui uma breve descrição/mensagem de boas-vindas do Editor, uma tabela de conteúdo no topo, com cada artigo numerado e com o link para o artigo completo na newsletter. Espaçamento apropriado entre artigos e fontes grandes o suficiente para serem lidas em qualquer dispositivo. Os anúncios são identificados de maneira apropriada no fim, assim como os dados do remetente e o propósito da newsletter. Tudo é apresentado de uma maneira bastante profissional. Kristen Pon – Designer de Produto Sênior – EUA Eu amo receber a newsletter do Action Rocket porque ela me mantém atualizada com notícias da indústria de email (eles reúnem artigos de várias fontes). Também, depois de um tempo, eu tenho visto eles testarem várias coisas para ampliar as fronteiras de seus emails ao trocar os seus esboços, adicionando interações, etc por causa daqueles que são seu público (no topo eles mencionam o código experimental que usaram). Me desculpe, mas o reencaminhamento de suas newsletters quebram os códigos que eu mencionei, então você não pode vê-los, mas é assim que sua newsletter normalmente se parece. Action Rocket also does special newsletters every so often, like this one here. It\'s goal is to show how much of an email shows above the fold. Yamile Flores - Designer de Experiência de Aprendizagem – México Eu tenho um monte de inscrições em diversas Newsletters: moda, sapatos, comida, receitas, mas este vem da NESTLÉ e… Por que eu realmente o amo? Como você pode ver, a linha de assunto tem o nome do meu filho, então essa newsletter me lembra a cada vez que meu filho completa um mês ou ano, e o que ele já pode fazer nessa idade, algumas receitas que eu posso cozinhar para ele e outros fatos importantes sobre seu desenvolvimento. Então eu amo ler e salvar essas mensagens. É uma pena que as promoções são apenas para a Espanha e não para o México, mass eu ainda assim gosto muito do conteúdo. Eles me lembram de dar parabéns para o Jaden todos os meses! Denise Keller – COO – EUA Eu AMO, AMO, AMO receber esse email do Tim Ferriss toda sexta-feira, pontualmente. São 5 tópicos, então é fácil e rápido de ler enquanto eu aguardo parada no trânsito ou em um farol. Elas são sempre informativas e eu inevitavelmente aprendo alguma coisa que eu não sabia antes. Este é um dos meus top 5. Eu estou sempre tirando screenshots dessa newsletter do Scott’s Cheap Flights e enviando-os para a família e amigos dizendo: “Vamos viajar!” Eu amo o formato fácil de ler e as informações mostrando a melhor maneira de reservar aquele vôo em particular. Mesmo que seja muito difícil eu cozinhar, eu completamente adoro os emails casuais da Ina Garten. Eles são super básicos, não possuem gráficos exagerados, apenas um link fácil para suas receitas. Meu marido e eu fizemos este e foi fabuloso! Alvaro Rosado – Designer de Produto – México Eu gosto desse email por causa do brilho das imagens, suas animações e a clareza das mensagens. O texto é realmente fácil de ler e entender. Também tem um convite claro à ação que me permite entender qual o meu próximo passo. Jason Ashley – Gerente de Desenvolvimento de Web App. – EUA Eu gosto da newsletter do Crunchbase Daily porque ela te dá links das últimas atualizações de empresas para você acompanhar, e a linha de assunto se refere às empresas também. O conteúdo da newsletter é um direcionamento para uma variedade de blogs. Além disso, os blogs têm links para recursos externos usados para pesquisas, então a newsletter é como um portal para diferentes blogs e esses diferentes blogs possuem várias fontes que são geralmente outros blogs com o mesmo assunto. Eu gosto dessa newsletter do Node Weekly porque ela é uma referência das últimas atualizações do node.js, um programa de linguagem sobre o qual eu gosto de me manter informado. As seções se referem a várias fontes de uma variedade comum de blogs bem conhecidos de diferentes comunidades de serviço. Isso realmente me ajuda a ficar por dentro das novidades, e se não há nada de novo, saber os tópicos que a comunidade julga interessantes. Essa é a que eu mais gosto. Ela me dá os gráficos das minhas moedas favoritas, sua tendência a curto prazo, as taxas dadas e os níveis que eles vêem como resistência e suporte para acompanhar. Ela me permite ver rapidamente as tendências e comparação cruzada de câmbios similares. Esse é meu email favorito disparado dos últimos 7 anos, desde que o encontrei. Bulat Kutliev – Engenheiro Frontend – Rússia Eu gosto das notícias personalizadas do Medium para mim, com recomendações de tópicos adicionais para mim. Tópicos são sortidos dos artigos mais específicos aos mais comuns. O estilo é também minimalístico e agradável. Lucas Braga Peres – Especialista em Customer Success – Brasil O conteúdo tem o meu nome e o nome do curso que eu tenho feito aqui no Brasil no texto principal. Então, eles sugerem mais cursos baseados no meu nível de formação com CTAs e imagens. Eles também possuem links para as redes sociais e imagens e uma boa proporção de imagem/texto. Emperatriz Ortegón – Designer de Marketing – Colômbia Eu gosto muito de vídeo games, especialmente a competição jogos cooperativos. Eu sempre quero saber novidades, atualizações ou ofertas dos vídeo games que eu jogo, então eu escolhi este email como um dos meus favoritos. A Epic Games seeeeeempre me envia informações sobre eventos, novos mapas e novos estilos de jogos na plataforma. Eu também gosto de como eles usam as cores e imagens, além da estrutura da newsletter não ser tão rígida e ser bem clean.


Ler Mais
4 Maneiras de Tornar Sua Lista de Emails Seu Recurso de Marketing Mais Valioso

4 Maneiras de Tornar Sua Lista de Emails Seu Recurso de Marketing Mais Valioso

Marketing na Prática • 19 de dezembro de 2018

Sua Lista de emails é o seu recurso de marketing mais valioso. E existem algumas razões por trás disso. Com ela, você não depende de nenhuma plataforma terceirizada. Sua empresa ganhou permissão de cada uma dessas pessoas para enviar conteúdo a elas. E além disso, ela te permite nutrir e manter um relacionamento saudável com seus clientes e seguidores. Você vai nos escutar falar bastante sobre isso a partir desse ano. É a missão da Benchmark Email em 2019 aumentar a sua compreensão de como usar sua lista de emails com a máxima eficiência, aprendendo a amar sua lista e as pessoas que fazem parte dela. No fim das contas, esses relacionamentos são fundamentais para o seu negócio. O que faz um relacionamento ser ótimo? - Confiança e Respeito. Como uma empresa, você tem de entender que é um privilégio ser aceito na caixa de entrada de um inscrito. Não abuse disso para que seus seguidores não o marquem como spam. - Honestidade e Perdão. Algumas vezes você cometerá erros. Não há problema algum, desde que você seja transparente a respeito disso. Seja aberto com seus clientes e eles aceitarão sua nova história, mesmo com seus erros passados. - Ponderação e Apreciação. Seu email marketing precisa, a todo tempo, ser centrado em seus clientes. Você precisa saber quais problemas você soluciona para os seus clientes e que valor está entregando em suas caixas de entrada. - Comprometimento. É necessário consistência com o que foi prometido nos formulários de inscrição e é também importante demonstrar o quanto sua empresa aprecia o fato de que seus seguidores optaram por receber seus emails. Conteúdo relevante e segmentado vai ajudar seus inscritos a tirarem o maior proveito possível de seus emails. Quando o assunto é tirar maior proveito de seu recurso de marketing mais valioso (sua lista de emails), nós identificamos quatro tópicos nos quais vamos focar: 1. Aumentar Sua Lista Quando o assunto é crescer sua lista de emails, é importante focar e abranger todos os pontos de contato que seus clientes e leads tem com sua marca. Tenha certeza de que você está atraindo indivíduos que gostariam de saber mais sobre sua marca para a sua lista de emails. O timing correto é importantíssimo para expandir sua lista de emails. Isso significa saber em que parte de uma página você deve inserir um formulário de inscrição, em quais páginas você deve promover estes formulários e até mesmo quais oportunidades offline podem te ajudar a aumentar seu número de inscritos. Aqui estão alguns dos vários pontos de contato que devem ser considerados para a expansão de sua lista:         -        Sua página inicial         -        Seu blog         -        Outras páginas em seu site com grande volume de visitantes         -        Redes Sociais         -        Telefonemas         -        Em loja         -        Em eventos         -        Propagandas impressas E também é importante saber bem o que prometer a seus seguidores. Dê um incentivo para que se inscrevam. 2. Gerenciar Sua Lista Aprender precisamente como separar e segmentar sua lista, para que você envie campanhas relevantes para seus diferentes públicos serão um grande diferencial para sua empresa. Nem todo inscrito é igual. Eles têm interesses e necessidades diferentes. Ser capaz de conhecê-los e identificá-los para providenciar informações específicas que cada seguidor deseja vai ajudar a fazer com que sua empresa triunfe. Aqui estão algumas das maneiras possíveis de segmentar sua lista de emails para criar um conteúdo mais relevante:         -        Gênero         -        Localização         -        Área de Atuação         -        Profissão         -        Histórico de Compra         -        Atividade online         -        Engajamento com seus emails 3. Manter a Segurança de Sua Lista A partir de 2019, segurança de dados será de extrema importância. Vamos ajudá-lo a garantir que sua lista esteja segura. É possível utilizar um recurso para que qualquer pessoa que tente exportar sua lista de emails necessite de uma senha ou PIN de segurança antes de fazê-lo. Isso também significa que todos seus dados estão armazenados em servidores seguros de última geração e que sua empresa respeita qualquer regulamento de proteção de dados como os do GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados da União Europeia). 4. Monetizar Sua Lista Apesar de acreditarmos que você deva ter uma estratégia de marketing centrada nas necessidades de seus clientes e não apenas em tentar constantemente vender a eles a qualquer custo, entendemos que, no fim das contas, o objetivo de qualquer empresa é ganhar dinheiro. E vamos te mostrar como. Usando ferramentas como automações, você pode entregar um conteúdo mais pessoal e relevante para cada inscrito, de acordo com o seu comportamento individual. A Benchmark Email também facilita para você testar diferentes versões de seus emails com o Teste AB. Além disso, observando e analisando os resultados de suas campanhas, você poderá ver o que está e o que não está funcionando, te ajudando a encontrar sempre melhorias a serem feitas em sua estratégia de email marketing. Finalizando Para aprender mais sobre como aumentar, gerenciar, manter a segurança e monetizar sua lista, continue acompanhando nosso blog. Ele está sempre cheio de dicas e exemplos de como alcançar esses quatro objetivos em sua empresa. Você tem alguma dica sobre listas de emails? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!


Ler Mais
Email Marketing vs Marketing de Automação: Tudo o que Você Precisa Saber

Email Marketing vs Marketing de Automação: Tudo o que Você Precisa Saber

Além do Email • 20 de agosto de 2018

Muitas pessoas se perguntam o que é o email marketing e como ele se difere do marketing de automação. Eles são a mesma coisa? Muitos também querem saber se sua empresa está pronta para mudar de um para o outro. Esses são os problemas que os donos de empresas enfrentam atualmente. E este blog tentará dar a solução esses problemas. A maioria de nós entende o quão útil é o email marketing como uma ferramenta de publicidade. No entanto, a realização do marketing de automação pode melhorar significativamente o desempenho da estratégia de email marketing que você executa atualmente. Existem algumas distinções entre o email marketing e o marketing de automação. Um provedor de email lhe dará a capacidade de enviar emails em massa e rastrear as taxas de abertura. No entanto, isso não é escalável. Com o marketing de automação, você pode ter acesso a funções eficazes como o envio de campanhas múltiplas, a análise de leads e scoring dos contatos. Esses recursos são úteis para tornar sua estratégia de email muito mais precisa. Nesse caso, se você depender exclusivamente do email marketing sem o marketing de automação, você não conseguirá atingir suas expectativas. Você provavelmente enfrentará alguns obstáculos, especialmente à medida que se expande. Quais Dificuldades Você Enfrenta Tendo Apenas o Email Marketing? Leva Tempo Um simples provedor de email é incapaz de automatizar ou ajustar suas campanhas. Você precisa fazer um grande trabalho manual para garantir que o seu público-alvo receba seus mails no momento correto. Dentro do marketing de automação, você pode se concentrar na criação de campanhas digitais omnichannel para dar suporte aos seus leads enquanto realiza vários outros trabalhos paralelos. De fato, 75% dos profissionais de marketing online concordam que a vantagem mais significativa de ter o marketing de automação é a economia de tempo. Isso é bem evidente quando se está fazendo marketing para imobiliárias. Você pode usá-lo para aumentar a retenção de seus inquilinos e, ao mesmo tempo, reduzir sua carga de trabalho. Com o marketing de automação, você pode configurar mensagens automatizadas e perfeitamente cronometradas para criar melhores conexões com seus locatários. Não Saber Quais Leads Deve Acompanhar Isso ocorre porque o email marketing não pode fornecer leads prontos para se tornarem oportunidades de negócio para suas equipes de vendas. Depois de enviar um email em massa, seu acompanhamento passa a ser com taxas de cliques e abertura, e quando seus grupos de vendas começam a entrar em contato com estas pessoas, eles não conseguem obter resultados tão bons porque os leads que você está recebendo não estão prontos para a conversão. Para um representante de vendas, não há coisa pior do que a correr atrás de um lead que não esteja pronto para se converter. Isso é porque apenas 25% dos leads são legítimos. E 50% dos seus leads não estão prontos para comprar. Se você optar pelo marketing de automação, poderá garantir que as vendas acompanhem os leads. Além disso, os sistemas de marketing de automação podem avaliar seus leads com base em como eles interagem com suas campanhas ou conteúdo. De acordo com um estudo, quatro dentre cinco usuários melhoraram seus leads através de um software de marketing de automação. E 77% desses usuários viram um aumento nas conversões. Não Conseguir Manter Leads que Estejam Engajados com seus Meios de Comunicação Pode ser que você tenha uma enorme base de dados de leads que não consegue utilizar e está tendo dificuldades para garantir que eles se engajem com seu conteúdo. Você envia um número de emails por mês. No entanto, você não tem ideia de onde está seu público-alvo no ciclo de compras ou se o conteúdo está chamando sua atenção. Demora muito tempo para desenvolver uma estratégia de email que funcione, então como você pode ter certeza de que a que você tem implementada está te trazendo sucesso? O marketing de automação permite a você segmentar sua base de dados, desenvolvendo campanhas automáticas que manterão seus leads engajados. Dificuldade de Escalabilidade Depender do email marketing padrão não é algo escalável se você for uma empresa em expansão. Quanto mais leads você tiver em sua base de dados ou campanhas que pretende executar, mais demorado acaba sendo o desenvolvimento do processo de vendas. No entanto, se você integrar o marketing de automação com suas campanhas de marketing, esse problema será diminuído de forma significativa. Você pode executar inúmeras campanhas, produzir programas de incentivo, marcar seus leads e atribuir lucros diretamente a todos os programas de marketing. Incapacidade de Associar o Faturamento com as Iniciativas de Email Marketing Você quer saber como o marketing aumenta sua lucratividade. Da mesma forma, você deseja saber como pode impulsionar seu método e suas estratégias cada vez que produzir uma campanha. Se você está contando apenas com o email marketing, é mais provável que você tenha dificuldades para associar seus programas aos seus lucros. O marketing de automação oferece a funcionalidade de monitorar suas iniciativas e fornece análises detalhadas para cada campanha. Você também pode sincronizar seu sistema de automação de publicidade com o seu CRM para obteruma métrica mais abrangente. Com todos esses problemas, sua empresa deve usar o marketing de automação também? Se ainda não está claro se é hora de usar o sistema de marketing de automação, dê uma olhada em sua organização e seus métodos de marketing. Você deve considerar se o processo de compra do consumidor dura mais do que uma semana. Se o envio de emails por si só não parecer impulsionar as vendas, o marketing de automação deve ser implementado. Sua empresa também pode se beneficiar caso seu pessoal de marketing exija um meio menos complicado de desenvolver e enviar campanhas direcionadas com um toque pessoal. Se a sua equipe de marketing não tiver tempo suficiente para fazer o que for necessário para conseguir isso com os recursos existentes, o marketing de automação é necessário. O marketing de automação também é vital se você comercializar vários produtos para diferentes grupos demográficos ou se desejar enviar mensagens distintas para setores diferentes. Você também precisa do marketing de automação caso seu time de vendas estiver reclamando sobre a qualidade dos leads que o seu departamento de marketing está fornecendo. Outra coisa a considerar é se você deseja saber qual campanha é mais confiável. E caso não saiba dizer se precisa investir mais dinheiro em marketing, precisa usar o marketing de automação. Benefícios do Marketing de Automação Esse sistema permite que os profissionais de marketing digital preparem comunicações com o consumidor sem precisar de intervenção manual. As empresas de marketing de automação, como a Benchmark, permitem que você construa séries de emails pré-programados de uma maneira mais inteligente. Se o consumidor abrir e ler uma mensagem de email, ele será colocado em um funil personalizado para quem abriu os emails. Por outro lado, caso o cliente ignorar ou excluir a mensagem, ele cairá em outro funil personalizado. Assim como a ação de abrir o email, as atividades do inscrito como clicar em um link, provavelmente em uma página da internet, classificam imediatamente os consumidores em séries projetadas para gerar comunicações em várias etapas. Embora as ferramentas de email marketing possam desenvolver essa primeira comunicação, elas geralmente são criadas para direcionar as pessoas para um banco de dados de clientes, ao invés de canalizá-las e continuar interagindo com elas durante todo o processo de vendas. Aumenta o Engajamento Outra distinção entre os dois permanece em como as comunicações são desenvolvidas. No email marketing, você pode usar layouts para ajudar no seu estilo e expressar suas interações. As ferramentas de marketing de automação, por outro lado, oferecem ferramentas de desenvolvimento. Mas essas ferramentas levam a comunicação um passo adiante. A série de discussões ou workflows podem ser personalizados. Nesse caso, você pode determinar quem recebe qual email e quando, baseando-se no engajamento de cada cliente. O email pode ser desenvolvido utilizando-se layouts pré-desenvolvidos. Você pode pré-instalar layouts de workflows que mapeiam as ações de um cliente desde a abertura de um email seu até a sua primeira compra e mais adiante para uma segunda oferta enviada. Os modelos de design de workflows consistem em convites e acompanhamento de eventos, acompanhamentos de carrinhos abandonados e cumprimentos anuais de aniversário, ou séries para educar o cliente que ampliam a profundidade dos detalhes fornecidos a eles sobre seu negócio, especificamente benéficos para as vendas B2B. Tenha em mente que mais de 50% das empresas que usam o marketing de automação superaram sua concorrência. Mumsnet, que é um dos maiores sites para pais e gestantes do Reino Unido, utiliza o marketing de automação para personalizar as mensagens para cada inscrito. Os contatos que se inscreverem em sua lista receberão newsletters durante a gravidez. Eles usam a data provável de parto como um gatilho para o envio de emails. Esse método leva o engajamento com cada inscrito um passo adiante desde o momento em que ele se inscreve. Segmentação de Leads As ferramentas de marketing de automação podem rastrear e reconhecer como os clientes interagem com seus emails. Elas realizam determinadas funções que as ferramentas de email marketing não podem fornecer ou fazer. Com o  marketing de automação, por exemplo, você consegue designar pontos a cada um de seus contatos para classificar quão responsiva cada pessoa é aos seus emails. Com esses scores, você pode segmentar os clientes em grupos diferentes. Os leads com os scores mais altos podem ser organizados em listas que receberão ofertas mais regularmentes. Isso pode parecer uma vantagem adicional. No entanto, à medida que sua lista de emails se expande, você deve contar muito mais com a automação para classificar e enviar suas mensagens para seus contatos. Quanto mais inteligente for sua pontuação, mais oportunos serão os seus emails. A capacidade de enviar uma mensagem segmentada com base no que você entende sobre um indivíduo é excelente para clientes, leads e para seu negócio como um todo. Se uma pessoa, por exemplo, tiver uma chance menor de comprar seu produto ou serviço por ter um orçamento reduzido, você poderá evitar pressioná-la ao deixar de enviar muitos emails falando sobre vendas. A Kissmetrics forneceu exemplos de marketing de automação através da segmentação de leads. Oportunidades de Melhorar À medida que seu sistema de automação fornecer mais dados sobre como os clientes se engajam com suas mensagens, você poderá usar essas informações para ajustar sua estratégia.. Se uma pessoa tiver o hábito de abrir mensagens à meia-noite da quarta-feira, seus dados o aconselharão a enviar um email a essa hora. Veja um guia sobre como entender seus relatórios para saber se seu público está ou não se engajando com suas mensagens. Conclusão O marketing de automação incentiva a comunicação através de vários canais. Esses canais de comunicações estão aumentando a cada dia. Um deles é o seu site, onde você pode liberar conteúdo para diferentes visitantes baseado em contexto. Você também pode se comunicar por email, por exemplo. Se você deseja ter uma estratégia omnichannel que lhe permita ver essas coisas, então o marketing de automação é a sua melhor aposta. O que você acha do marketing de automação e do email marketing? Qual dos dois você usaria para suas campanhas?


Ler Mais
Quer Fazer uma Limpeza em Sua Lista de Emails, Mas Tem Medo de Começar?

Quer Fazer uma Limpeza em Sua Lista de Emails, Mas Tem Medo de Começar?

Marketing na Prática • 5 de agosto de 2018

No dia a dia de nosso trabalho, enviamos campanhas de email com certa regularidade. No entanto, a tendência é não fazer mais nada depois que a campanha foi enviada. Hoje iremos falar sobre a higienização de sua lista. Sabia que os vários ISP\'s (Hotmail, Gmail, etc.) sabem se você está enviando suas campanhas para endereços de email inválidos e isso pode afundar com a sua entregabilidade? Sim, eles podem e vão fazer isso. Por exemplo, se depois de verificar seus relatórios nenhuma ação for tomada em relação aos bounces ou aos endereços de e-mail que não abriram suas últimas 30 campanhas, os provedores podem começar a bloquear suas campanhas por meio de filtros. Seus emails serão considerados como provenientes de um remetente que não toma medidas para melhorar seus resultados. Dito isso, sabe o que precisa ser removido? Quando falamos de limpeza de lista, nos referimos a acabar como os hard bounces e com os endereços de email que não abrem suas campanhas. Caso ainda não saiba, há três tipos diferentes de rejeição (bounce): Bounces Confirmadas. Os endereços de email não existem mais e o servidor de envio tentou contatá-los por três vezes, mas a campanha não foi entregue. Hard Bounces. Aqui se encaixam os emails que não existem mais. Quando são rejeitados três vezes, tornam-se rejeições confirmadas. Pode ser resultado de um endereço escrito errado, um domínio extinto ou a pessoa a quem aquele email pertencia não trabalha mais para a empresa e o endereço agora é inválido. Soft Bounces. São endereços de emails que estão inativos de forma temporária. A entrega da campanha ainda não foi possível, mas apenas por um tempo. Sendo assim, são endereços válidos que não devem ser removidos. Que problema temporário pode ter ocorrido? Pode ser que a caixa de entrada esteja cheia e a pessoa fica incapaz de receber novos até que liberem espaço. Talvez você enviou a campanha fora do horário de expediente e recebeu uma resposta automática, ou talvez o servidor possa estar fora do ar. Estes endereços de emails ficam indisponíveis por um período, mas quando os problemas são resolvidos, tornam a ficar ativos. Talvez você não consiga enxergar a importância de se ter uma base limpa, mas nós tornamos fácil a verificação da “saúde” da sua lista, através do painel com a reputação de  sua conta. Esta seção vai indicar um número entre 1 e 8 que avalia o status da sua reputação. Sabe o que significa reputação? Reputação é uma medida usada para monitorar o comportamento das suas campanhas em relação aos filtros de spam e interações dos inscritos com elas. É essa mesma interação que vai melhorar com a limpeza da lista. Isto porque estará enviando suas campanhas para endereços de email que de fato existem e podem ser abertos e, portanto, seus links também serão mais clicados. De forma similar, se você remover endereços que não abrem suas campanhas há muito tempo, estará aumentando a interação com a lista remanescente. Além disso, você pode gastar menos com um plano menor e pagar apenas pelos inscritos que estão abrindo suas campanhas e que por conta disso, garantem mais chances de que sua mensagem seja entregue. Por favor, perceba que isso não necessariamente funciona com bases novas, pois estas não possuem dados ou rejeições suficientes para prover nenhuma grande mudança ao limpar sua lista. Verificar a lista pode ser mais útil para você neste caso. Como remover endereços digitados de forma incorreta. Isso também é resolvido através de formulários de cadastro com dupla validação. Contudo, se a base de dados não é atual, ou se você nunca enviou email marketing para ela, é provável que os relatórios da sua campanha mostrem uma taxa de rejeição alta (em outras palavras, mais de 2%.). Você conhece as suas taxas de rejeição? Uma conta de email de marketing deve ter, no máximo, uma média de 2% de rejeições. Ademais, a limpeza da base pode se fazer necessária se sua lista cair em uma armadilha de spam. Uma spam trap (armadilha de spam) é uma armadilha usada por ISPs para saber que usuários estão enviando mensagens para uma base de dados sem permissão, ou para uma base muito velha. Como a limpeza pode ser feita com a Benchmark?      Se você não possui um bom sistema de controle para gerir os contatos que foram removidos, é possível que eles tenham sido carregados de novo na ferramenta. Para resolver este problema, a limpeza seria feita do seguinte modo:      Faça login na sua conta      Clique em “Limpar lista”      Selecione: Confirmados + Hard Bounces      Clique em “Criar Nova Lista”      Assim que for criada, você precisará acessar a lista e clicar nos três pontos.      Selecione a opção “Copiar Lista”      Copie para uma “Lista Existente” e selecione “Lista Principal de Remoção de Inscrições”      Desta forma, você estará evitando que os contatos inúteis sejam recolocados na ferramenta. Mantenha em mente que esta ação é irreversível.      Se você tem um bom sistema de controle para administrar seus contatos e evitar que os endereços já removidos recebam emails, então a limpeza da lista deve ser executada dos pontos 1.1 ao 1.3, então clique em “Remover da lista”.   Se uma campanha específica que você enviou gerou um número grande de rejeições e, nesta campanha, você selecionou múltiplas listas, seguir os passos acima pode ser complicado. Neste caso, recomendamos que faça o seguinte:      Vá em Relatórios e clique na campanha      Clique em “Bounces”      Selecione “Hard Bounces”      Clique nos 3 pontos e então “Exporte para um Arquivo”      Baixe o arquivo e o suba para a “Lista Principal de Remoção de Inscrições”. Se você possui armadilhas de spam em sua conta, deve seguir os passos anteriores e incluir os inscritos que não abriram suas últimas 30 campanhas. As armadilhas de spam estão neste grupo porque não abrirão seus emails. Estas são as quatro formas que indicamos de manter sua conta livre de rejeições de modo a alcançar uma reputação alta. Agora, você só precisa escolher a opção que melhor se encaixa com suas necessidades e começar a limpeza. Se precisar de ajuda neste processo, pode contatar um de nossos especialistas de email marketing, ou se notar alguma anomalia em sua taxa de rejeição, como um súbito crescimento, sinta-se livre para nos contatar antes de iniciar a limpeza. Queremos saber que práticas de higienização causaram um maior impacto em seu email marketing. Compartilhe suas dicas ou resultados na seção de comentários abaixo!


Ler Mais
Como e Por Que Usar Emojis em suas Linhas de Assunto

Como e Por Que Usar Emojis em suas Linhas de Assunto

Marketing na Prática • 27 de julho de 2018

Pode ser difícil nos expressar quando as palavras nos limitam. Muitas vezes uma sensação experimentada não se pode descrever em palavras. Às vezes, um emoji comunica o que não podemos colocar em palavras. Usar emojis também é uma oportunidade de proporcionar um pouco de alegria e leveza. Até junho de 2018, havia 2.823 emojis no Padrão Unicode. Caso você esteja se perguntando quais sentimentos estamos tentando expressar com emojis, esses foram os emojis mais populares em 2017: 🤷 Pessoa dando de ombros 😂 Rosto com lágrimas de alegria ❤️ Coração vermelho 😍 Rosto sorridente com corações nos olhos 🤔 Cara pensativa 🔥 Fogo 😊 Rosto sorridente com olhos sorridentes 😘 Rosto soprando um beijo 👍 \"Joinha\" O uso de emojis está crescendo em nossa vida cotidiana. Em meados de 2015, 50% de todos os comentários do Instagram apresentavam um emoji. Era inevitável que os emojis encontrassem seu caminho para o mundo do email marketing.   Email Marketing e Emojis São uma Boa Combinação A caixa de entrada do consumidor médio é lotada. As marcas precisam encontrar uma maneira de se destacar. Usar um emoji na linha de assunto do seu email pode ser uma ótima maneira de fazer com que suas campanhas de email se destaquem no meio da multidão. De fato, 56% das marcas que incluíram emojis em suas linhas de assunto tiveram uma taxa de abertura mais alta, de acordo com um relatório da Experian. As empresas estão tomando nota do sucesso dos emojis nas linhas de assunto. De 2015 a 2016, o uso de emojis em emails aumentou 7100%. Um desenvolvedor de aplicativos para pequenas empresas, o Swiftpage, realizou testes de uso de emojis em linhas de assunto. Os emails com linhas de assunto que incluíram emojis tiveram resultados impressionantes: 29% de aumento na taxa de aberturas 28% de aumento na taxa de cliques únicos 93% de aumento geral na taxa de cliques Certamente o sucesso no uso de emojis vai depender dos indivíduos que compõem o seu público-alvo. No entanto, existem outros fatores que podem entrar em jogo no que diz respeito ao uso eficaz de emojis. Porque o Uso de Emojis É Eficaz Os números dão embasamento ao fato de que os emojis funcionam. Vejamos algumas razões porque isso acontece: Os Emojis Ajudam por Serem Sucintos Dependendo do provedor de email, há um número limitado de caracteres exibidos na linha de assunto. Você pode dizer mais em menos espaço usando um emoji. A frase \"uma imagem vale mais que mil palavras\" é muito verdadeira neste caso. Emojis Transmitem Emoção Como mencionei antes, às vezes é difícil colocar emoções em palavras. Emojis fazem isso por você. No entanto, eles também podem despertar emoções seus assinantes. Quando eles virem sua linha de assunto sorrindo para eles, é provável que eles sorriam de volta. Emojis são fáceis de usar No mundo dos dispositivos móveis de hoje, os emojis são suportados em praticamente todos os celulares e tablets e em todos os provedores de email. Adicionar um emoji à sua linha de assunto pode ser tão fácil quanto copiar e colar. No entanto, a Benchmark Email tornou esse processo ainda mais fácil… Apresentando o Editor de Emojis da Benchmark Email Nossa equipe de desenvolvimento de produtos acaba de lançar um seletor de emojis diretamente no processo de criação do email. Agora, ao escrever sua linha de assunto na \"Etapa 1: Detalhes\", você pode escolher facilmente um emoji para incluir nela.   Este recurso está disponível em nosso Editor de Arrastar e Soltar, no Editor de Código HTML e também no Editor de Texto Simples, e pode ser usado na criação de emails regulares, emails RSS e em automações simples através do Automation Lite. Vários dispositivos exibirão o mesmo emoji de maneira diferente. Nosso seletor de emojis mostrará para você o estilo de emoji do dispositivo que você está usando na criação de sua campanha. No entanto, a maneira como seu assinante visualiza o emoji dependerá do dispositivo, sistema operacional ou provedor de emails dele e de como eles próprios exibem emojis. Se você está curioso para descobrir como os emojis podem ser exibidos, confira a Emojipédia para ver como eles serão exibidos em diferentes dispositivos ou sistemas operacionais. Atualmente oferecemos o Emoji 1.0 do padrão Unicode; eles estão no nível 5.0. Isso é para garantir que o maior número de emojis sejam exibidos corretamente para a maioria das pessoas. No entanto, se você quiser usar um emoji mais recente, copie e cole-o em sua linha de assunto. Exemplos do Uso de Emojis em Linhas de Assunto Se você não sabe ao certo por onde começar uma nova estratégia de email marketing, sempre ajuda ver o que outras pessoas já fizeram. Isso te servirá de inspiração e te ajudará a considerar o que gostou e pontos onde pode melhorar. O Email Marketing Tipps reúne uma longa lista de exemplos de emoji em linhas de assunto de empresas conceituadas em todo o mundo. Aqui estão alguns dos principais: Uma novidade para o Dia das M♥es + excelentes descontos nas lojas físicas e online ☀ O sol saiu, começaram as promoções! ❄ Um conselho de inverno que você PRECISA conferir → ✈ Ofertas incríveis com ofertas inclusivas a partir de £269! | O golge e o sol te esperam…✈ Ganhe uma Pizza com um chute GRÁTIS! Fatores a Considerar ao Usar Emojis Em um mundo ideal, todos poderíamos usar emojis em nossas linhas de assunto. Esse não é o caso. Há algumas coisas a serem levadas em consideração ao usar emojis em suas linhas de assunto. Assim como o uso de diferentes fontes, alguns emojis são melhores do que outros. Alguns podem ainda não ser compatíveis em determinados dispositivos. Um exemplo disso é a variação no tom de pele. Os emojis, bem como as fontes, são exibidos de maneira diferente com base no dispositivo em que estão sendo visualizados. Não se esqueça de enviar emails de teste ou usar o Inbox Checker para ver como eles serão exibidos. Assim como você deve ter cuidado para não usar pontuação excessiva, não deve exagerar no uso de emojis. Você ainda deve considerar os limites de caracteres. Essas não são as únicas razões para se ter cuidado com o uso de seus emojis. Você pode estar muito empolgado ao contar aos seus inscritos sobre o novo mercado em que você está vendendo seus produtos, mas 93% dos usuários de emoji não estão usando 🍑 para representar uma fruta ... e sim um traseiro. Compartilhe suas dicas Você já teve êxito no uso de emojis em suas linhas de assunto? Compartilhe exemplos ou algumas dicas sobre o que funcionou ou não deu certo para sua empresa. Gostaríamos de saber seu feedback nos comentários!


Ler Mais
Como o Marketing de Automação Pode Ajudar no SEO

Como o Marketing de Automação Pode Ajudar no SEO

Além do Email • 26 de julho de 2018

Não é fácil ser um profissional de marketing. A economia está sempre instável, os clientes são volúveis e a tecnologia está sempre em constante mudança. É por isso que precisamos de todas as ferramentas possíveis nas nossas mãos. Não importa em que linha de marketing você está, não importa qual produto ou serviço você está promovendo, você precisa estar no seu melhor, durante todo o tempo. Como dissemos, não é fácil. O verdadeiro objetivo desta postagem é compartilhar com você uma das melhores táticas de marketing de SEO – a automação. Como já deve saber, o marketing de automação é relativamente novo no mundo do marketing digital, especialmente quando o comparamos com o bom e velho SEO. No entanto, é isso que o torna interessante. Ele vem com o propósito e design de automatizar todos os aspectos tediosos e repetitivos do marketing digital, coisas como gerir listas de email marketing, postagens em mídias sociais... basicamente, coisas que são essenciais, mas que também são simples e ocupam muito do seu tempo. O marketing de automação está aqui para assumir parte do trabalho e ajudá-lo. Então, O Que Isso Significa? O que torna o marketing de automação ótimo é o fato de que ele faz todo o trabalho pesado e chato, deixando você livre para ser criativo e se concentrar em tarefas mais importantes. Se integrado e conectado corretamente com o SEO, o marketing de automação funciona de forma incrível. Com o SEO você pode obter uma boa geração de leads, o que criará uma base, e o marketing de automação poderá ajudá-lo com continuidade e engajamento. A automação dá a você a liberdade de se concentrar e desenvolver suas habilidades de marketing ou de SEO. Muitas pessoas priorizam demais a obtenção de leads (o que é algo incrível), mas não pensam muito sobre o que fazer com eles depois que os conseguem. E mesmo sabendo que essa é a parte mais difícil do trabalho, a manutenção ainda é necessária, especialmente se houver um crescimento acelerado, já que você pode entrar em colapso com seu próprio tamanho. O marketing de automação pode ajudar diretamente nos seus trabalhos de SEO, ou ajudar a criar espaço e tempo para que você se dedique ao SEO. Ajuda na Distribuição de Conteúdo Notará que, ao automatizar tudo, o maior recurso que você obterá será o tempo. O primeiro lugar onde você economizará tempo será na distribuição de conteúdo. Ao configurar uma lista de emails, você perde algumas horas (ou mais). No entanto, se automatizar corretamente, pode evitar todas as partes chatas usando pontos de dados adequados. O processo de automação também depende e utiliza o comportamento das pessoas no site, enviando conteúdo em que essas pessoas provavelmente estariam interessadas. Ajuda com o processo de Link Building Qualquer bom profissional de marketing irá dizer que o link building é a parte principal de qualquer esforço de marketing digital. O link building ocupa uma grande parte de qualquer trabalho de SEO, e embora seja bastante eficaz e útil, é bastante entediante. Não só é entediante como também ocupa uma grande parte do seu tempo, e nem iremos falar de como é chato se livrar de todo o spam que você pode vir a receber. Só para exemplificar, você pode ter backlinks e conexões com um site que já foi muito eficaz e profissional. Porém, por alguma razão, esse site sofreu uma queda significativa na qualidade e se transformou num inferno cheio de spams. Agora sua conexão com eles apenas diminui sua relevância na busca do Google e enche sua caixa de entrada de spam. Com o marketing de automação, você pode detectar e se livrar deles facilmente. Uma ferramenta adequada irá notificar você imediatamente se houver algum inbound link prejudicial ou nocivo. Como o pessoal da Green Web Marketing diseram, tais sites são veneno puro. Qualquer empresa de marketing digital que se preze dirá que leva muito tempo para conseguir links bons e de qualidade, e um site venenoso pode pôr todo o seu trabalho a perder se não for verificado. Mais Eficiência, Menos Erros Erros acontecem. Somos todos humanos tentando seguir a busca pelos nossos sonhos (e ganhar dinheiro enquanto isso). Quando você está tentando fazer isso, e está sobrecarregado de trabalho e clientes, perderá foco e cometerá erros, tudo em nome da eficiência e velocidade. O marketing não é uma tarefa fácil e você precisa ser o mais eficiente possível. Usando poucas palavras-chave numa postagem você não é tão eficiente quanto poderia, usando muitas palavras você está saturando excessivamente uma postagem, e será punido pelo algoritmo do Google. Saber quais elementos você precisa utilizar, saber quais palavras-chave são boas e quais não são, é essencial para qualquer profissional de marketing bem-sucedido. Usar um software para detectar a saúde e a densidade de suas palavras-chave, sabendo quantas são necessárias, quantas são demais, é uma verdadeira benção. Ter que contar tudo isso manualmente é um desperdício de tempo, mas com um software automatizado você terá mais tempo livre para focar em outras coisas. Nós sabemos o quão tedioso e demorado pode ser esse tipo de trabalho, e também sabemos que isso pode levar a erros. O marketing de automação ajudará a evita-los. É a velha questão: o trabalho pode ser excelente, barato e rápido – mas, você só pode escolher duas das opçõe, né? Bem, a maioria dos clientes não liga para isso. O marketing de automação pode te ajudar a se aproximar das três opções, sem enlouquecer ou falir. Facilita o Gerenciamento de Reputação Nada é melhor que uma boa reputação. É um símbolo de honra, um sinal de que você é bom no que faz. A reputação é acima de tudo cultivada através de um bom trabalho, mas precisa ser mantida. Além disso, como todos nós estamos conectados, criamos nossa reputação online – pois obtê-la boca-a-boca é quase impossível. É por isso que os reviews e referências são importantes. Você precisa saber como obter e manter os reviews do Google. Existem muitas formas de obter reviews, mas a melhor forma possível é entrar em contato com clientes satisfeitos – e quanto mais influentes ou poderosos eles forem, mais eles construirão sua reputação. Aqui também é onde aparece um obstáculo – como fazer a sua escolha. Ou seja, se você está no mercado há algum tempo, provavelmente possui vários clientes satisfeitos. E a maneira mais fácil de obter reviews é pedindo para eles. Pode parecer algo inconveniente no começo, mas é só pensar bem – se você está feliz com algum produto ou serviço, não vai recomendá-lo para todo mundo para ajudar na divulgação? Porém, contatar todos os clientes é algo impossível. Peneirar sua lista de clientes e escolher as pessoas mais importantes não é a maneira mais eficiente de utilizar o seu tempo. É aqui que entra a automação. Com ferramentas e aplicativos adequados, você pode configurar uma maneira de identificar e entrar em contato automaticamente com todas as pessoas que são relevantes, considerando que todo cliente é importante, mas nem todos são influentes. Além disso, você também pode detectar um review negativo, permitindo uma resposta e correção de problema o mais rápido possível, antes que qualquer dano sério aconteça. Obtenha Leads de Alta Qualidade Todos os seres humanos tem o mesmo valor – porém os leads, não. Com uma utilização adequada de SEO, você pode obter uma tonelada de leads para seu site. No entanto, isso pode levar a clientes que não são úteis ou ideais. Um bom SEO atrai muitas pessoas, mas não possui um filtro. Você perderá tempo e dinheiro com leads que não levarão a nada –  mesmo sem falar com todos. O próprio ato de separar o joio do trigo consome dinheiro e tempo, que poderiam estar sendo investidos em outro lugar. O marketing de automação apropriado utilizará todos os dados que você fornecer e ajudará a evitar esse tipo de trabalho. Ele irá melhorar a sua estratégia de SEO, ajudando você a criar conteúdo melhor e direcionado, trazendo assim apenas os leads que você deseja, nada mais, nada menos. Ao fazer esse processo de separação, você terá mais tempo livre para entrar em contato com essas pessoas e fechar um negócio, ajudando-o a realizar o seu trabalho. Conclusão Esperamos sinceramente que este texto tenha sido útil e informativo, e ajude na sua jornada. O marketing é um ambiente hostil, mas com muita dedicação e paciência, você será bem-sucedido. Se você tiver um relato ou um conselho, por favor sinta-se à vontade para compartilhar abaixo. Qualquer comentário é bem-vindo, não importa há quanto tempo você está nesse negócio. Lembre-se, estamos todos juntos nessa!


Ler Mais
Marketing de Automação: Como Você Pode Melhorar?

Marketing de Automação: Como Você Pode Melhorar?

Marketing na Prática • 5 de julho de 2018

Ninguém é perfeito. Todos nós cometemos erros. Também nos esforçamos para melhorar continuamente. É uma verdade universal. E com certeza, parte do fascínio do marketing de automação é que sua natureza envolve configurar sua automação e então esquecer dela, deixando-a trabalhar sozinha. No entanto, rodar uma automação sem buscar pontos de melhoria é um erro. Então, o que você deveria estar procurando? Aqui estão três coisas onde você pode se esforçar para melhorar continuamente no marketing de automação: Corrigir erros É uma sensação horrível quando você envia uma campanha de email e nota um erro de digitação depois. Você rapidamente passa pelos cinco estágios do luto quando isso acontece: Negação. Esfregar os olhos esperando que você não esteja vendo o que está vendo. Raiva. Você diz a si mesmo que deveria ter revisado isso mais uma vez. Culpa um colega de trabalho para quem enviou o email de teste que não te disse nada. Suposição. Fica sentado imaginando como seria bom um recurso que cancelasse o email enviado. Depressão. Todos nós já estivemos lá. Escondendo-se no nosso cubículo, percebendo que fizemos algo de errado. Aceitação. É o que é. Você não pode mudar o ocorrido, mas fará melhor da próxima vez. Esse tipo de situação fica no passado com o Automation Pro. Felizmente, você a partir de agora pode atualizar qualquer email em sua automação sem interromper a experiência do cliente. No entanto, você não poderá alterar os emails que já foram enviados. O lado bom disso é que você não precisa criar uma automação totalmente nova ou correr o risco de perder os clientes que já receberam sua sequência de emails. Atualize emails quando necessário para corrigir erros de digitação, links quebrados ou outros erros e realize seu marketing de automação com confiança. Consiga melhores taxas de abertura É importante acompanhar o sucesso de seu marketing de automação. Se você analisar seus relatórios e constatar que a taxa de abertura não é o que você esperava, você acaba de encontrar outra oportunidade de melhoria. Ajustar sua linha de assunto pode ajudá-lo a ter melhores taxas de abertura para os emails em sua automação. Veja o que compõe uma ótima linha de assunto: Parece urgente. Isso não funcionará caso você fizer isso com todas as suas linhas de assunto, mas fazer com que seus inscritos sintam que precisam agir imediatamente é uma tática útil para que seus emails sejam abertos. Faz a pessoa lendo querer saber mais. Crie a provocação perfeita que faz com que seu contato queira saber mais, o que consequentemente o instigará a abrir o email. Gera valor. Faça uma oferta na sua linha de assunto que não possa ser recusada pelos seus inscritos. Se eles virem o benefício diretamente na caixa de entrada, eles certamente abrirão o email. É pessoal. Sentir-se como se alguém estivesse te empurrando a comprar algo não é uma experiência agradável para ninguém. Se você puder fazer com que seus inscritos se sintam como se você tivesse entrado em contato com eles, em vez de enviar algo que pareça ser uma mensagem generalista para um grande número de pessoas, eles estarão mais propensos a se engajar Conta uma história. Desde muito novos ouvimos histórias. Se você começar sua história já na linha de assunto, seus inscritos irão abrir o seu email para descobrir o final feliz. Uma coisa é saber o que é considerada uma boa linha de assunto. Outra é ser capaz de escrever uma. Aqui estão algumas dicas sobre como criar ótimas linhas de assunto: Rápida e direto ao ponto. Você tem apenas 50 a 60 caracteres em um dispositivo móvel. Aproveite ao máximo cada um deles. Defina expectativas. Deixe seus inscritos saberem o que encontrarão quando abrirem seu email. Use verbos de ação. Afinal de contas, uma linha de assunto realmente é apenas uma chamada à ação (CTA) para abrir seu email. Inspire seus inscritos a agir usando os verbos de ação corretos. Use elogios. Faça com que seus inscritos se sintam especiais oferecendo um \"convite particular\" para um evento exclusivo ou uma \"oferta exclusiva para você\". Números ajudam. Sejam eles referentes a uma lista de recursos ou dicas para o sucesso, informe ao seu inscrito quantas dicas existem. Isso o ajuda a definir expectativas. Perguntas funcionam. Pergunte algo para o qual seus inscritos vão querer procurar a resposta. Isso vai fazer com que eles queiram saber mais. Não use muita pontuação ou MUITAS LETRAS MAIÚSCULAS. Seus inscritos não querem se sentir como se você estivesse gritando com eles. Uma linha de assunto com muitas letras maiúsculas ou muitos pontos de exclamação fará exatamente isso. Fuja disso. Se você ainda está buscando um pouco de ajuda com suas linhas de assunto, pode experimentar ótimos recursos como o gerador de linha de assunto da Rock Content. Além de melhorar sua linha de assunto a fim de aumentar sua taxa de abertura, você também pode querer considerar mudar seu nome de remetente. É importante ter um nome de remetente que seja familiar a seus inscritos. Se houver uma equipe de vendas ou um membro de suporte com quem eles entram em contato a maior parte do tempo, pode ser útil usar o nome dessa equipe ou pessoa como o remetente. Melhore sua taxa de cliques (CTR) Digamos que você tenha resolvido o problema da sua taxa de abertura, mas seus inscritos não clicam nos links dos seus emails. Esse é seu próximo ponto de melhoria. Afinal, você não está vendendo nada diretamente em seus emails. Você precisa que seus inscritos cliquem em links para irem ao seu site. Existem alguns fatores que podem entrar em jogo: Conteúdo O que você está enviando é relevante para seus inscritos? Se eles não estão chegando ao seu site, a resposta a essa pergunta provavelmente será um \"não\". Eles simplesmente não irão se engajar com um email que não seja de interesse deles. Como você pode saber o que eles querem? Os links que estão sendo clicados são uma pista. No entanto, você não precisa jogar um jogo de adivinhação para determinar o restante. Crie um questionário e o envie para seus inscritos. Deixe-os te dizer o que eles querem ouvir de você. Sua equipe de suporte ao cliente está recebendo as mesmas perguntas múltiplas vezes? Use as respostas a essas dúvidas como base para o conteúdo de seu email. Se você for mais proativo em responder a perguntas dos clientes, estará fornecendo conteúdo relevante e talvez até aliviando um pouco sua equipe de suporte. Design Mesmo que o conteúdo de suas campanhas de email seja de alta qualidade, é possível que o design seja o que impede seus usuários de clicarem. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para otimizar o design de suas campanhas de email para ajudar a melhorar seu CTR: Considere a proporção imagem-texto. Seus emails devem conter 80% de texto e 20% de imagens. Os emails pesados (com muitas imagens) que não vão para a pasta de spam vão levar muito tempo para serem carregados. Isso não é bom para criar engajamento. Inclua legendas em suas imagens. Alguns inscritos podem ter o download automático de imagens desativado. Uma legenda irá ajudá-los a entender a essência do email, mesmo sem ver a imagem. Adicione um Call-To-Action (Convite à Ação) claro. Seu design não deve desviar a atenção do CTA. Alguns profissionais de email marketing obtém o sucesso com um link de texto e um botão. Dessa forma, você aumenta suas chances de conseguir um clique e descobre como os inscritos interagem com seus emails. Além disso, certifique-se de que todos os botões ou links que você usa sejam compatíveis com dispositivos móveis e sejam fáceis de clicar em qualquer dispositivo. O design do seu email quando se trata de CTAs é importante, mas não é a única coisa necessária para criar CTAs que funcionam. CTAs A capacidade de escrever um ótimo CTA é tão importante quanto seu design. A maneira de fazer isso é muito semelhante a criar uma linha de assunto. Afinal, como disse antes, sua linha de assunto funciona como um CTA para abrir seu email. Então, vou reiterar alguns pontos e adicionar alguns novos: Comece com um verbo no imperativo. Palavras como \"Compre\" ou \"Encomende\" funcionam bem, assim como “Baixe” ou “Assine”. Adicione emoção. Se você puder fazer com que seus inscritos sintam algo, é muito mais provável que eles se engajem. Inclua sua proposta de valor. Diga-lhes por que a ação valerá a pena. Algo como \"Agende um horário para sua demonstração gratuita\" informa ao inscrito qual ação você quer que ele tome e por quê. O FOMO é real. Já ouviu falar em Fear of Missing Out? Esse é o novo termo utilizado para explicar a sensação que temos quando vemos algo nas redes sociais acontecendo e nos sentimos ficando de fora daquela experiência ou deixados de lado. Crie um senso de urgência onde seus inscritos sintam que vão perder algo caso não ajam rápido. Agora que você sabe onde procurar oportunidades para melhorar seu marketing de automação e como implementar essas melhorias, quero falar um pouco sobre como você pode fazer isso com a Benchmark Email. Atualize uma automação ativa no Automation Pro Se você já é um usuário da Benchmark Email e está pronto para melhorar suas automações, você já pode fazer seu login e começar a fazer melhorias. Caso você precise de ajuda com isso, você pode consultar nossa página de FAQs sobre como adicionar novos emails a uma automação ativa ou entrar em contato com nossa equipe de suporte para obter ajuda. Quaisquer pensamentos ou sugestões sobre oportunidades de melhoria no marketing de automação? Por favor, compartilhe-os conosco nos comentários abaixo!


Ler Mais
Marketing de Conteúdo para Emails: O Guia de um Especialista para Gerar Engajamento

Marketing de Conteúdo para Emails: O Guia de um Especialista para Gerar Engajamento

Além do Email • 15 de junho de 2018

Sua campanha de email é um componente crucial de sua estratégia de conteúdo em geral e as melhores estratégias de email marketing o ajudarão a gerar engajamento com seu público-alvo. Uma pesquisa conduzida pela Direct Marketing Association (DMA) e pela Demand Metric mostrou que o email teve um ROI médio de 122%, mais de quatro vezes o de outros formatos de marketing, como mídias sociais, mala direta e pesquisa paga. Email é sua linha direta de comunicação com seu público-alvo, mas com muita frequência é tratado apenas como um canal adicional do criador de conteúdo. Isso é um erro, porque um plano de conteúdo de email merece ser uma parte fundamental de sua estratégia mais ampla. Este é o nosso guia para criar conteúdo de email envolvente que manterá seu público engajado. Conheça seu público Se você tem adotado uma abordagem de enviar campanhas de email a esmo, sem uma direção clara, você não está utilizando seus recursos de maneira eficaz. A ideia de que, ao manter o conteúdo do seu email o mais generalista possível, você tem mais chances de atrair um público mais amplo, simplesmente não é verdade. Você só irá alienar mais o seu público-alvo, pois desta maneira eles estarão muito menos propensos a ter qualquer conexão ou perceber relevância naquilo que você está dizendo. O tempo adicional que você gasta para conhecer e entender seu público-alvo valerá a pena no final, então descubra quem são e o que querem. Dessa forma, pode personalizar seu conteúdo com mais eficiência para seu público. Se eles sentem uma conexão pessoal com sua marca, é mais provável que eles interajam com ela. Segmente suas listas de email Pesquisas mostram que os profissionais de marketing viram um aumento de 760% na receita vinda de campanhas de email segmentadas. Segmentar suas listas de email permite que você adote uma abordagem personalizada no conteúdo de seu email, garantindo que ele seja realmente relevante para seus assinantes. Personalizar emails com o nome de seu inscrito deve ser de praxe, porém um email com conteúdo personalizado tem muito mais chances de ser aberto e lido por um inscrito. Para fazer isso, em primeiro lugar, identifique seu público-alvo e divida-o em categorias, que podem incluir considerações como idade, sexo, profissão, interesses e assim por diante. Em segundo lugar, permita que seus inscritos escolham os tipos de conteúdo que recebem. Isso não apenas garante que o conteúdo que eles recebem seja relevante para eles, mas também oferece dados e informações úteis. Com essas informações, você pode criar listas de email segmentadas com base em informações demográficas e outras métricas, e então adaptar o conteúdo de seu email de acordo com tais informações. Os formulários de inscrição são uma ótima maneira de coletar informações de seus inscritos, como localização geográfica, sexo, estado civil e passatempos preferidos. Isso significa, por exemplo, que os assinantes não receberão emails sobre a venda em uma loja que não está perto deles ou informações sobre produtos nos quais não demonstraram interesse. Gaste tempo com a sua linha de assunto Criar uma linha de assunto parece bastante simples - afinal de contas, são necessárias apenas algumas palavras - mas é preciso pensar muito mais do que você imagina. A maioria de nós recebe emails de vendas diariamente e, pra ser sincero, a maioria deles serão enviados para a lixeira sem nunca terem sido abertos. A linha de assunto precisa chamar a atenção de seu inscrito e normalmente deve ser curta, descritiva e gerar engajamento. O tom que você escolhe, bem-humorado ou informativo, por exemplo, dependerá até certo ponto da sua marca, mas há muitas dicas que você pode usar para criar o assunto de email ideal para seu público-alvo. A marca de produtos de beleza Glossier é apenas um exemplo de uma empresa que aperfeiçoou a linha de assunto de email. Os produtos Glossier geralmente atraem um público mais jovem e, com apenas um showroom permanente em Nova York, a grande maioria dos clientes se conecta com a marca apenas online. Como tal, as linhas de assunto de email são curtas, enérgicas e intrigantes - ajudando-as a se destacar em uma caixa de entrada repleta de alertas de vendas e promoções. Crie Conteúdo que Chama a Atenção Digamos que seu público quer ouvir o que você tem a dizer: eles clicam em seu email e estão ansiosos para saber mais, mas seu conteúdo não consegue atrair sua atenção o suficiente e logo eles vão embora. Se o seu conteúdo não for capaz de instigar o assinante a lê-lo até o final, então todos os seus esforços até então terão sido em vão. Estruture seu conteúdo de maneira que seja fácil desmembrá-lo dividindo-o em segmentos pequenos e usando cabeçalhos, subcabeçalhos e marcadores. Ponha em negrito ou itálico as informações mais importantes. Emails longos e prolixos não incentivam o assinante a ler, e há uma grande chance que eles nunca mais abram outro de seus emails, caso esperem mais do mesmo. Olhe o email abaixo, por exemplo: [caption id=\"attachment_9664\" align=\"aligncenter\" width=\"400\"] Image: Bruce Mayhew[/caption] Finally, use audience-centered wording that focuses on their needs, wants and interests before moving on to any call-to-action. Otherwise it\'s likely to feel forced, which your audience will probably pick up on. Crie Conteúdo que Agregue Valor Cada uma das suas campanhas de email deve ter conteúdo que agregue valor ao seu inscrito. Eles precisam saber que você tem interesse em fornecer a eles um conteúdo útil ou que os entretenha. Por isso, pense cuidadosamente sobre o tipo de conteúdo que seu público-alvo deseja receber. Podem ser notícias de produtos, cupons, dicas, vídeos engraçados ou apenas alguns fatos interessantes sobre sua empresa ou setor. A cadeia de restaurantes Giraffe cumpre essa tarefa com facilidade, com campanhas de email claras e chamativas que demonstram claramente o que há de valor para o usuário. Seu email não deve ser um discurso de vendas; seu objetivo deve ser criar uma conexão pessoal entre sua marca e seu público. Dessa forma, você terá mais chances de convertê-los em clientes reais. Seja Honesto Desenvolver a confiança é fundamental para qualquer relacionamento e, para as marcas e seus clientes, não é diferente. Deixe claro em seu formulário de inscrição que tipo de emails você enviará e com que frequência. Não envie informações sobre tópicos sobre os quais eles não se inscreveram especificamente; caso tenha prometido um determinado tipo de conteúdo, certifique-se que eles o receberam. Você quer que seus assinantes se tornem clientes e é mais provável que isso aconteça se eles se sentirem valorizados e respeitados, em vez de tratá-los apenas como uma oportunidade de venda. Uma estratégia de email marketing envolve, acima de tudo, a criação de um relacionamento com seu cliente em potencial. É improvável que você seja capaz de fazer isso sem um conteúdo de boa qualidade que seja envolvente e útil para ele. Seguindo as sugestões deste artigo, você estará se aproximando da criação desse relacionamento com seu público-alvo, o que levará a taxas de conversão mais altas.


Ler Mais
11 Termos de Marketing de Automação que Você Precisa Conhecer

11 Termos de Marketing de Automação que Você Precisa Conhecer

Marketing na Prática • 7 de maio de 2018

Como já dissemos antes, o Marketing de Automação é a próxima fronteira do Marketing Digital. Isso significa que você está atrasado caso ainda não esteja se dedicando às suas automações. Talvez você já tenha se deparado com alguns termos que não te soam familiares. E, cá entre nós, os produtos SaaS podem conter jargões até demais. Se você tem curiosidade sobre o marketing de automação e quer acompanhar alguns dos termos da indústria, aqui estão 11 conceitos que acreditamos que você deve saber: 1. Gatilho / Trigger / Ponto de Entrada Não, isso não tem nada a ver com armas. O gatilho é onde uma automação começa, com base em determinadas ações, como por exemplo adicionar contatos a uma lista específica, enviar um email ou até mesmo com base em ações tomadas por um contato ou um grupo de contatos. 2. Visitante Um visitante é um usuário anônimo que visita seu site. Seu objetivo deve ser ao menos obter o email dessa pessoa. Uma vez que você obteve seu email, você tem um contato ou lead. 3. Condição Dentro da sua automação, você pode definir as condições para cada uma das ações que você deseja que ela execute. Isso significa que você pode segmentar os contatos com base em seu engajamento com os emails que você enviou anteriormente na mesma automação, segmentos do qual eles já fazem parte ou até mesmo as interações deles com seu site. [caption id=\"attachment_9943\" align=\"aligncenter\" width=\"1400\"] Estas são algumas das condições que você pode usar ao criar uma série de emails para se comunicar com seus contatos usando o Automation Pro.[/caption] 4. Contato, Lead ou Prospect Qual dos três termos você utiliza provavelmente depende do segmento com o qual você trabalha. O que isso significa para você é que, uma vez que um visitante te der suas informações de contato, ele se torna um lead. 5. Lista Em Marketing de Automação, uma lista é a coleção de contatos ou endereços de email que lhe permitirão se comunicar com eles. 6. Segmento Um segmento é o resultado do processo de organização de sua lista. Isso significa separar seus contatos e público-alvo em grupos de necessidades específicas, preferências e até mesmo experiências desejadas. [caption id=\"attachment_9944\" align=\"aligncenter\" width=\"1400\"] Para alcançar uma maior taxa de sucesso com base em seus objetivos, segmente seus contatos para garantir que cada email atinja o público-alvo o mais certeiro possível. Isso mantém sua automação de email relevante.[/caption] 7. Drip Uma “drip campaign” é um outro nome para uma automação de email. Ambos esses conceitos nada mais são que uma série programada de emails a serem enviadas em um determinado período. 8. Jornada / Flow do Email Toda automação que você inicia deve ser baseada em metas, portanto o “flow” é o que você colocaria como passos ou etapas que sua automação precisa ter para alcançar um objetivo específico. 9. Meta Conforme mencionado acima, cada automação deve ter um resultado claro desejado, onde algumas das metas mais comuns são: Onboarding: ensinar seus inscritos como usar seu produto Engajamento: incentivar seus inscritos a interagir com sua empresa Retenção: Fazer com que seus clientes sempre voltem a sua marca ou empresa Re-engajamento: incentivar clientes ou inscritos a voltar a usar seu produto caso tenham parado Na realidade, existem muitas outras possibilidades. 10. Formulário de inscrição Você já deveria ter um desses em seu site, mas, caso contrário, um formulário de inscrição permitirá que você colete informações de contato de seus visitantes para poder criar campanhas voltadas a eles. 11. Automation Pro Esta é a ferramenta mais prática do mercado para gerenciar e criar seu marketing de automação (O quê? Você pensou que eu não usaria essa oportunidade para falar sobre nossa incrível ferramenta?). Clique aqui para saber mais. Bem, aí está. O marketing de automação está se tornando cada vez mais onipresente. Logo, este é um bom começo para você ter uma idéia do que significam os termos mais usados do mercado. Existem outros conceitos que você ainda não conhece relacionados à automação? Deixe um comentário abaixo e com certeza responderemos qualquer dúvida.


Ler Mais
1 2 3 4 5