Tags: entregabilidade

Taxa de Entregabilidade em 2015: Análise Detalhada

Taxa de Entregabilidade em 2015: Análise Detalhada

Além do Email • 31 de dezembro de 2015

Um ponto fraco comum à maioria dos marqueteiros é o porquê de que suas campanhas não terem êxito. Essa falta de consciência se mostra no universo do e-mail marketing na forma de taxas de abertura baixas e ROI reduzido. A cada ano a Return Path faz uma análise da taxa de entregabilidade, ela mede a porcentagem de e-mails que são recebidos na caixa de entrada do e-mail, no spam, e os que não são entregues. Segundo o \"Relatório de Entregabilidade da Benchmark de 2015\", publicado pela Return Path, 1 a cada 5 mensagens enviadas não conseguiu chegar à caixa de entrada. O volume de e-mails aumentou em 7% com relação ao ano passado, mas apenas 79% dos e-mails chegam à caixa de entrada. Além disso, a taxa de entregabilidade caiu em 4% em comparação com 2014, em outras palavras, há mais e-mails sendo enviados mas poucos chegando ao destino final. Taxa de entregabilidade por país A menor taxa de capacidade de entrega é nos EUA, onde a taxa de entregabilidade caiu para 76% em comparação com os 87% de 2014. Não chegar à caixa de entrada significa que 1 a cada 4 e-mails ou vai para a caixa de spam ou é bloqueado pelo provedor de e-mail. O Brasil apresentou uma melhora significativa na taxa de entregabilidade com uma média de 74% em comparação aos 60% de 2014. Entre os países europeus, apenas a Itália apresentou aumento (2% em relação ao ano passado). Houve uma queda significativa na taxa de entregabilidade tanto na Alemanha quanto na França e Reino Unido, no entanto na Espanha a taxa permaneceu inalterada. Os australianos tiveram a maior taxa de entregabilidade, chegando aos 88% em 2015. Taxa de entregabilidade por indústria Este relatório também forneceu estatísticas por indústria, e a maioria das indústrias mostram uma queda nas taxas de entregabilidade. No entanto, as indústrias baseadas em relacionamentos, como saúde & vestuário, alimentos & bebidas e seguros têm mantido boas taxas de entregabilidade com cerca de 90%. Enquanto isso, a indústria manufatureira, de softwares e de internet também apresentaram alguma melhoria. Com base no provedor de e-mail Curiosamente, o relatório também revelou que a capacidade de entrega é particularmente pior através do Yahoo Mail. Estas taxas de entregabilidade caíram em 13% em 2015, e os marqueteiros encontraram obstáculos para alcançar seus assinantes. O Gmail tem mantido a mesma taxa de e-mails que são encaminhados para a aba de Promoção. As campanhas que tentaram driblar a aba de Promoção muitas vezes acabaram na pasta de spam. É recomendado portanto não tentar driblar essa aba, visto que na mesma as taxas de abertura aumentaram em 20% este ano. Porque os marqueteiros não conseguem chegar à caixa de entrada? A análise mostrou que a maioria dos marqueteiros não estão cientes das novas métricas dos provedores de e-mail. Para obter melhores taxas de entregabilidade eles devem considerar as novas regras. A baixa taxa de leitura no receptor de e-mails (26% das campanhas afetadas) tem indicado que a decisão de filtro de mensagens depende da percentagem de pessoas que leem seu e-mail. Enviar e-mails para assinantes que não são engajados pode, portanto, causar problemas na entrega. Reclamações de spam (21%) - Esta é a métrica mais antiga, é usada há anos e ainda não mudou nada. Uma reclamação é registrada cada vez que um usuário marca um e-mail como spam. Os provedores de e-mail ficam de olho nas reclamações e em dados de feedbacks de reputações da Microsoft (SRD). Enviar e-mails para caixas de entrada abandonadas - De acordo com o relatório, cerca de 19% das campanhas enfrentam este problema. Se você enviar mensagens para contas inativas, será enviado um sinal negativo para os provedores de e-mail e com isso você tende a cair nos algoritmos de filtro de spam. As taxas de entregabilidade cairam em 2015 com relação a 2014, possivelmente porque os marqueteiros têm ignorado estas recentes evoluções. O primeiro passo para a realização de qualquer análise de desempenho de campanha é saber quantos e-mails nunca chegaram a caixa de entrada. Ao monitorar sua taxa de entregabilidade você vai obter um melhor entendimento de suas campanhas de e-mail e assim poderá otimizar seu envio de mensagens.


Ler Mais
Principais medidas para melhorar a reputação do remetente e a entregabilidade do e-mail

Principais medidas para melhorar a reputação do remetente e a entregabilidade do e-mail

Além do Email • 29 de novembro de 2015

O e-mail marketing é uma das técnicas mais eficazes para impulsionar as vendas e gerar novos leads. Seu sucesso depende da sua capacidade de atingir a caixa de entrada do seu cliente. Depois de clicar “enviar”, seus e-mails passam por vários testes. Quanto melhor for a sua reputação como remetente, mais e-mails serão entregues nas caixas de entrada. Gerenciar sua reputação é vital para garantir que suas mensagens sejam entregues de forma confiável. A entregabilidade do email é um problema enfrentado por muitas empresas que dependem do e-mail para enviar mensagens importantes para seus clientes. Mais de 20% dos e-mails aceitáveis (incluindo e-mails de confirmações e redefinições de senha) nunca chegam a caixa de entrada do destinatário. Vejamos alguns fatores importantes que são responsáveis pela reputação do remetente: Reclamações Reclamações ocorrerem quando o assinante marca um e-mail como spam ou o direciona para sua pasta de lixo eletrônico. Uma taxa de reclamação alta pode bloquear seus e-mails e pode causar uma má reputação de envio. Ela é calculada através da divisão do número de reclamações pelo número de mensagens enviadas. Como reduzir a sua taxa de reclamação? Atenha-se ao tipo de conteúdo que seus assinantes optaram por receber. Segmente seus assinantes com base em seus interesses. Eles são suscetíveis a cancelar a inscrição caso o e-mail não traga algo de valor para eles. Envie e-mails com uma frequência certa uma vez que clientes esquecidos tendem a cancelar a inscrição. Verifique as práticas de permissão para que seus clientes se inscrevam voluntariamente (opt-in). Torne o processo de cancelamento de inscrição mais fácil para evitar reclamações. Algumas das reclamações não irão prejudicar sua reputação uma vez que podem ser cancelamentos simples. A Return Path fornece dados comparativos para o ISP (Provedor de Serviço Internet) para saber o limite aceitável de reclamações. Usuários desconhecidos Enviar e-mail marketing para usuários não-existentes não faz sentido e também contribui para sua taxa de rejeição. Um usuário desconhecido é gerado quando você envia um email para um destinatário que nunca existiu, está inativo ou para um endereço abandonado pelo assinante. Cheque sua lista de e-mail regularmente para verificar erros ortográficos, endereços de email inativos e para filtrar todos os usuários inativos. Você também pode encontrar usuários desconhecidos identificando os códigos de erro SMTP. Mantenha essa taxa baixa para construir sua credibilidade. Como evitar isso? Remova as rejeições duras de sua lista e acompanhe regularmente as rejeições suaves. Reveja o processo de coleta de e-mail e peça aos usuários para confirmarem seu endereço de e-mail. Monitore os loops de feedback e analise os erros de SMTP. Os principais ISPs (Provedores de Serviço Internet) fornecem loops de feedback em que o remetente pode obter informações dos destinatários que se queixaram do e-mail enviado. Armadilhas de spam Armadilhas de spam são endereços de email que são criados especificamente com a finalidade de detectar spammers. Estes não devem estar em nenhuma de suas listas opt-in. Travis Wetherbee descreveu uma armadilha de spam como \"uma das ferramentas de gerenciamento de fraude mais amplamente exploradas utilizadas pelos ISPs (Provedores de serviço internet).\" Existem dois principais tipos de armadilhas de spam usadas pelos ISPs que causam impacto na reputação do remetente: armadilhas de spam puros e armadilhas de spam reciclados. Armadilhas de spam puros são os endereços criados com o único propósito de capturar spammers. Eles nunca foram usados como um endereço de e-mail ativo e podem criar problemas de entregabilidade. Armadilhas de spam reciclados são os endereços de e-mail que antes eram de propriedade de indivíduos. Após um período de inatividade, o ISP desliga a conta e retorna as rejeições duras ou os erros de SMTP. Alguns endereços são reativados por ISPs para armadilhas de spam. Como você pode evitar armadilhas de spam? Não compre listas de e-mail. Remova assinantes não-engajados - monitore endereços de e-mail que se tornaram inativos. Evite enviar mensagens para contas de cargos (ou seja sales@company.com, customerservice@company.com). Remova eficientemente as “rejeições duras” e utilizar listas de supressão para cada campanha. Volume de e-mails enviados Volume é um outro fator na melhoria da pontuação do remetente. De acordo com a Return Path, \"Volume se refere ao número de e-mails vistos pela rede de reputação ao longo dos últimos sete dias e se concentra no envio de padrões, consistência e cadência.\" Portanto, você deve evitar os picos incomuns em seu tráfego de e-mail. Por exemplo, se um endereço IP envia 1 milhão de e-mails a cada mês e, de repente, o número aumenta para 12 milhões, isso pode prejudicar a sua reputação. A reputação está ligada ao seu endereço IP de envio ou ao seu domínio? Atualmente, a maioria dos ISPs (Provedores de Serviço Internet) estão usando endereços IP, mas em um futuro próximo pode mudar para um emparelhamento de IP ou de domínio. A autenticação vai ajudar os ISPs a atribuir reputações mais precisamente, ligando esta reputação aos endereços IP e domínios de remetentes. O e-mail marketing pode fazer maravilhas para o seu negócio apenas quando esses e-mails são entregues. Sua reputação é o elemento principal na entrega às caixas de entrada.


Ler Mais