Já se perguntou por que sua estratégia de Email Marketing não funciona?

Certamente você já viu as mesmas estatísticas que eu – apenas 4% dos consumidores que clicam em um link para um site vão de fato comprar alguma coisa.

Esse número pode parecer baixo, mas é duas vezes maior do que a taxa de mecanismos de busca e das redes sociais. Essas duas plataformas são veneradas pelas mesmas pessoas que falam mal do email marketing.

Quer saber a verdade?

Se o seu email marketing não está dando certo, o problema está na sua campanha de modo geral. O marketing por email em si não está enfraquecendo.

Este blog vai analisar alguns dos fatores que levam as campanhas de email marketing falharem.

Seu público-alvo deve estar cansado de receber tantos spam, então você já entra em campo em desvantagem. A razão pela qual muitas campanhas de email marketing não dão certo é porque elas não levam em consideração que seus clientes em potencial já estão sem paciência por receber emails inúteis.

Caso seus emails não estejam sendo abertos, não entre em pânico! Você provavelmente está cometendo um dos erros que atingem tantos empreendedores. Aqui estão as principais razões pelas quais suas campanhas podem não estar tendo o sucesso que você espera.

Linhas de Assunto Ineficazes

Em média, um funcionário de escritório receberá em torno de 121 emails todos os dias. Não há absolutamente nenhuma maneira de abrir e ler todos esses emails. Mas eles verão todas as linhas de assunto. A probabilidade de alguém abrir um email com uma linha de assunto cliché ou desinteressante é muito pequena.

Escrever bons títulos é uma forma de arte e deve-se sempre levá-la muito a sério. A linha de assunto do seu email afetará diretamente sua taxa abertura. Portanto, ela deve de alguma forma incitar o leitor a abrir o email.

Apenas tenha cuidado para não criar acidentalmente os “click-baits”! Para aqueles que não sabem, “click-baits” são títulos exagerads que incitam as pessoas a clicarem, mas cujo conteúdo não cumpre com a promessa. As pessoas aprenderam a detectar facilmente esse tipo de estratégia.

A Digital Marketing provou em um estudo recente (em inglês) que é possível melhorar suas taxas de abertura em 3x apenas ajustando suas linhas de assunto. Não há absolutamente nenhuma razão para você não fazer o mesmo.

A empresa utilizou as linhas de assunto para instigar seus leitores a abrirem seus emails. Esses emails foram então projetados para ganhar a confiança do destinatário, ajudando-o a resolver um problema. Uma vez que ganharam a confiança de um cliente, eles puderam oferecer seus produtos ou serviços.

Falta de Segmentação das Listas de Email

Os assinantes de email não são membros de uma seita, então por que enviar as mesmas mensagens para cada um?

Somente os membros de uma seita pensam e atuam de forma idêntica, então a menos que você esteja liderando uma, você deve enviar mensagens aos seus inscritos com base em como eles agem.

De acordo com o National Client Email Report da DMA, 77% do ROI de email marketing veio de campanhas segmentadas e direcionadas.

Além disso, dos profissionais de email marketing que usam a segmentação, 43% usam até seis segmentos, em média.

Enviar Emails que Agregam Pouco Valor

Muitos empreendedores entram para o email marketing com a mentalidade de que os usuários se inscreverão em sua lista, abrirão seus emails e, logo em seguida, clicarão em um link para comprar algo.

Embora isto seja real e possível dentro do email marketing, você deve basear sua campanha em torno da idéia de criar confiança agregando valor aos seus contatos.

As campanhas de email são complexas e consistem em dezenas de elementos diferentes, como linhas de assunto, texto, call to action (chamada para ação), produtos, agendamento e público-alvo. Não é de se admirar que tantos empreendedores estejam sobrecarregados pelo email marketing! O resultado é que eles acabam enviando o mesmo tipo de email rotineiramente, em horários previsíveis.

A Travelzoo provou que a criação de conteúdo valioso é feita através da simplicidade. Antes de mais nada, deixe-me expor os destaques da Travelzoo. Seu site ressalta todas as melhores promoções de viagens e entretenimento.

A Travelzoo envia o mesmo modelo de email com a mesma linha de assunto no mesmo horário todas as semanas. A linha de assunto é simplesmente “O Top 20 da semana”. É um email simples, sem muitos destaques, fácil de ler.

Por que esse email se converte em uma taxa tão alta? A resposta é bem simples. Oferece valor para o assinante. É fácil de ler e é consistente. Os assinantes vão confiar nesses emails porque fornecem valor de verdade.

Emails que Contem Muita Informação

Esse tópico anda de mãos dadas com a seção anterior, então vou manter a explicação curta. Embora você deva gerar valor com seus emails, certifique-se de que você não inclui informação demais.

Os assinantes não querem ficar sobrecarregados com informações na sua caixa de entrada. Faça uma pergunta e responda o mais rápido possível. Ou use uma configuração como a Travelzoo para criar conteúdo simplista, valioso e consistente.

O Kickstarter é um ótimo exemplo de como manter um email curto. Eles tem muitos novos projetos publicados todas as semanas, mas eles incluem somente os três primeiros em seu boletim informativo semanal. Eles mantêm seus emails simples e, como resultado, seus emails convertem bem.

Transforme uma Campanha de Email que Não Funciona em uma de Sucesso

Falamos sobre algumas coisas que fazem com que as campanhas de email não dêem certo. Elas não parecem tão ruins depois de enfrentar os problemas de frente, não é?

Na maioria dos casos, os empreendedores que fazem o suficiente para comercializar seus negócios por email já entendem o básico. Eles só precisam de alguns pequenos ajustes em suas campanhas de email marketing.

Passo 1: Criar Títulos Melhores

A personalidade do seu email é importante. A verdade é que não existe uma fórmula universal para criar títulos incríveis. Tudo depende do email. Você provavelmente terá que experimentar e testar novas linhas de assunto até encontrar o que dá certo.

Passo 2: Emails Mais Eficientes e Simples

Na maioria das vezes, quanto menor, melhor. As frases de impacto apoiadas por pontos de interesse convincentes sempre serão melhores do que longos e elaborados parágrafos. Se os assinantes quiserem ler o conteúdo, eles podem visitar seu site.

Passo 3: Evite a Temida Desinscrição

O que é que faz as pessoas clicarem no temido link de cancelamento de inscrição? Embora haja muitas razões por trás das desinscrições, a razão número um é a frequência.

Receber muitos emails é irritante e receber poucos emails pode fazer com que os assinantes se esqueçam de você. A chave para evitar o cancelamento de inscrição é encontrar a melhor frequência de emails para o seu público. Isso exigirá testes e consistência.

Também é importante enviar emails relevantes e de valor para seus assinantes.

Considerações Finais

Agora você tem um lugar para começar a melhorar suas campanhas de email. Tentamos cobrir as áreas mais importantes, mas entendemos que há mais motivos pelos quais uma campanha possa dar errado.

Você está tendo dificuldades em fazer com que seus emails convertam? Você já se deparou com alguns dos erros que discutimos e encontrou uma maneira mais eficiente de corrigí-los?

Se assim for, esperamos por suas ideias e dicas na seção de comentários!

Você está pronto para interagir com seus clientes de modo mais eficiente?

A Benchmark ajuda você a fazer email marketing de modo prático. Crie um relacionamento contínuo com seus assinantes que conduz a vendas e clientes mais felizes.

Contributor

avatar
  Inscrever-se  
Notificação de