Ferramentas Líderes de SaaS de CRM e Email Marketing, Hatchbuck e Benchmark Fazem uma Fusão

Produto & Design - Tempo de leitura: 3 Minutos

Ferramentas Líderes de SaaS de CRM e Email Marketing, Hatchbuck e Benchmark Fazem uma Fusão

Ler Mais

Últimos Posts

Benchmark Email & Google Docs: organização e engajamento

Benchmark Email & Google Docs: organização e engajamento

Além do Email • 1 de fevereiro de 2016

Muitas empresas têm de agradecer ao Google Doc por ter unificado todos os seus departamentos e tornado a comunicação muito mais fácil e rápida. Você não acha incrível apenas ter que clicar em um par de botões para ver um documento ao invés de ter que percorrer intermináveis e-mails constantemente perdidos em uma confusão? Não apenas o Google Docs mas também as Planilhas e Apresentações são usadas para que vários membros de uma equipe possam trabalhar em um projeto ao mesmo tempo. Recentemente, o Google lançou o seu mais novo update. O aplicativo de Planilhas e Apresentações (Sheets e Slides) para iOS e Android agora também possui um recurso de comentários em que os usuários podem adicionar comentários às planilhas e slides. Assim, onde quer que esteja, trabalhando no escritório ou remotamente, você pode simplesmente usar o seu dispositivo móvel para acompanhar projetos. Além disso, você pode até mesmo marcar pessoas diretamente nas conversas apenas digitando seus nomes nos comentários. Dessa forma, eles podem acompanhar o que está acontecendo com um projeto sem ter que sentar e ler todos os comentários. Este recurso é muito eficiente em projetos grandes. O Google Doc em si tem também uma nova atualização, agora os usuários podem utilizar um botão para adicionar automaticamente um comentário onde o texto for selecionado. Antes disso, era necessário lembrar uma combinação de teclas, mas agora você simplesmente seleciona o texto e quando um pequeno botão aparecer, você pode clicar e comentar. Com isso basta assistir a produtividade e comunicação da sua equipe melhorar graças a essas novas atualizações. O Google Doc realmente é um dos pilares de uma empresa de sucesso, e todas as atualizações só vão ajudar a melhorar o crescimento do seu negócio. Outra maneira de fazer isso é usar a integração da Benchmark Email com o Google Docs. Todos os contatos de sua conta agora podem ser incorporados em suas listas de e-mail - criando e mantendo relacionamentos com seus clientes através do e-mail marketing!


Ler Mais
O e-commerce e o e-mail marketing são melhores amigos com a integração da Benchmark Email e o Shopify

O e-commerce e o e-mail marketing são melhores amigos com a integração da Benchmark Email e o Shopify

Além do Email • 14 de janeiro de 2016

Todos nós gostamos de coisas rápidas, simples e seguras... especialmente quando se trata de fazer compras. Compras no shopping costumavam ser um prazer, e procurar e provar roupas costumava até mesmo ser um hobbie para muitas pessoas. No entanto, ultimamente ir ao shopping virou uma espécie de missão brutal (você já viu aqueles vídeos de multidões na Black Friday?). É por isso que a Cyber Monday tem tomado pouco a pouco o trono como o maior dia de compras do ano. As pessoas aproveitam as compras onlines muito melhor de suas casas tomando um café, enquanto a multidão valente se enfrenta fisicamente em um shopping. Ainda que as compras online estejam ganhando popularidade, existem alguns aspectos que os consumidores não estão satisfeitos. Sim, você está seguro em casa, mas fazer transições online pode ainda oferecer riscos com problemas técnicos. Alguns dos mais comuns são: Incapacidade de ver um item em sua totalidade. É claro que uma imagem de um modelo é útil, mas ainda é um pouco difícil de visualizar como ficaria em si com apenas uma imagem plana. Falta de serviço ao consumidor. Sim, compra online é uma experiência solitária agradável, mas ainda temos dúvidas a serem sanadas! É frustrante para um cliente ter que perguntar sobre o transporte, descontos, ou sobre a política de devolução caso ele não consiga encontrar essas informações no site. Problemas gerais com produtos tecnológicos, site congelamento, perda de dados, erro de servidor, etc. Considerando que ir a uma loja física envolve apenas escolher um item, comprar e ir embora, as compras online possuem o risco de problemas tecnológicos. Como um proprietário da e-commerce, você não deseja que seus clientes tenham que passar por tudo isso, e é por isso que você tem que garantir que o software que você está usando seja comprovadamente um programa confiável e bem sucedido. O Shopify tem sido constantemente classificado há anos como uma das melhores plataformas de e-commerce, e por um bom motivo. Com o Shopify, os clientes podem rodar imagens em 90, 180 ou 270 graus para que possam ter uma melhor visão do produto. O Shopify também possue várias integrações com outros aplicativos de suporte ao cliente e chat ao vivo em sua loja. Além disso, este software configurou monitores que detectam tentativas invasão de hackers, e está sempre atualizando sua segurança. Ele também é certificado com a compatibilidade PCI, possuindo a melhor proteção padrão de informações de dados dos clientes. Então, quando você estiver pronto para oferecer aos seus clientes a melhor e mais suave experiência de e-commerce, experimente o Shopify. Combine isso com o poder do e-mail marketing através da integração entre a Benchmark Email e o Shopify e seu negócio vai se tornar imbatível!


Ler Mais
Marketing Mania: Star Wars

Marketing Mania: Star Wars

Além do Email • 11 de janeiro de 2016

Temos a sensação de que 90% das pessoas no planeta já foram assistir Star Wars: O Despertar da Força. É um dos maiores títulos nos cinemas atualmente, fãs de todas gerações se prepararam mentalmente e fisicamente para conferir este que é um dos filmes com mais fanáticos em todo mundo. Com uma base de fãs tão leal quanto esta, a Disney seria maluca de não tirar vantagem deste caos para realizar alguma estratégia intensa de marketing... e foi o que fizeram. O marketing para este filme começou na verdade há um ano com um teaser de 88 segundos para dar um gostinho do que estava por vir, em seguida, dois trailers inteiros foram divulgados. Como oferecer pão para passarinhos, cada spot televisivo oferecia alguns trechos a mais do enredo do filme. Após isso o marketing atingiu sua alta velocidade com a presença em diversos talk shows, entrevistas nas revistas Rolling Stone e Vanity Fair, eventos como a Comic-Con e a celebração de Star Wars que revelaram mais e mais detalhes do filme (sem tirar o suspense do mesmo, é claro). Timing é tudo para promover um filme, e no caso do Star Wars o lançamento foi logo antes da temporada de férias, portanto imagine a inundação de mercadorias e roupas do Star Wars nas lojas de brinquedos e no varejo. Black Friday? O barato da vez foi a \"Force Friday\"! Ser parceiro da Disney durante este momento é uma vitória, como pudemos ver nas grandes marcas como Covergirl, Duracell, Subway e Verizon com seus produtos de edição limitada e publicidades com conteúdos exclusivos do filme. Depois, há ainda as redes sociais. Normalmente nestas plataformas os fãs exalam entusiasmo com o filme, compartilhando entre si teorias, criações artísticas, e etc. Agora, é claro que a Disney realizou cuidadosamente uma curadoria do conteúdo a ser divulgado a cada dia para revelar os trechos certos da história e gerar trending topics… #OndeEstáLukeSkyWalker? Com uma franquia tão grande quanto esta, é de se pensar que não seria necessária tanta publicidade por parte da Disney, porque afinal de contas todo mundo já conhece a Disney e todo mundo já conhece Star Wars. Através de anos de antecipação os fãs têm desejado saber o que vai acontecer no novo filme, sendo assim, construir estratégias de marketing em torno do misterioso enredo foi a chave para o Marketing Mania da Disney.


Ler Mais
12 resoluções de Email Marketing para 2016

12 resoluções de Email Marketing para 2016

Além do Email • 10 de janeiro de 2016

Já é tradição no final de cada ano fazer uma lista de resoluções com novos objetivos para o ano que entra. Para a maioria das pessoas isso significa perder peso, sorrir mais, ler mais livros, ou mesmo viajar para outros países. Todos estes objetivos nos fazem lembrar de realizarmos algumas mudanças para termos uma vida melhor. Na Benchmark nós vamos um pouco mais além, e propomos 12 resoluções que temos certeza que trarão bons resultados para você e sua empresa. Evidentemente são baseadas em como tornar o seu e-mail marketing melhor. Aqui vão nossas resoluções de e-mail marketing para 2016, mas se você tiver outras, não deixe de compartilhá-las nos comentários. Apresentar constância no envio de newsletters Atualizar regularmente a lista de contatos Premiar seus assinantes mais ativos Enviar conteúdos de qualidade e não apenas publicidade Criar campanhas de e-mail originais e criativas Planejar uma estratégias com objetivos inteligentes Utilizar os dados de seus relatórios para melhorar de forma contínua Adicionar um formulário de inscrição em seu site ou facebook Criar uma resposta automática para parabenizar seus clientes em seus aniversários Organizar as campanhas sazonais com antecedência (dia dos namorados, páscoa, etc) Nunca enviar uma campanha sem realizar antes um teste A/B Incentivar interações através de questionários e pesquisas   Estas são nossas 12 resoluções que propomos para o ano de 2016 no que se refere ao e-mail marketing. Para conseguir levá-las a sério e obter sucesso, você pode contar com a melhor ferramenta de e-mail marketing com suporte em português presente no mercado, a Benchmark. Faça o upgrade da sua conta e assim você terá uma série que outras excelentes funcionalidades que a versão gratuita não disponibiliza. Com a nossa ferramenta Premium é possível realizar envios ilimitados, sem o logotipo da Benchmark, criar subcontas, utilizar e-mails de engajamento e com um sistema adicional de segurança. Para começar a utilizar nossos serviço Premium basta acionar nosso suporte no chat de nossa página, nós estaremos prontos para ajudar no que precisar. :)


Ler Mais
Ideias de vídeos para suas campanhas de e-mail

Ideias de vídeos para suas campanhas de e-mail

Além do Email • 7 de janeiro de 2016

Você está planejando o seu calendário de marketing para 2016, e é claro que um dos pontos da agenda serão seus esforços de e-mail marketing, e na maioria das reuniões há sempre uma questão a ser discutida: qual estratégia será usada para alcançar as metas. \"Queremos mais 20% de assinantes em cada trimestre.\" \"Queremos mais compartilhamentos nas redes sociais a cada campanha.\" A lista de desejos vai longe. E isso é exatamente o que eles são - desejos - até que alguém questione como exatamente eles serão alcançados. Se você planeja fazer em 2016 a mesma coisa que você estava fazendo em 2015 - onde talvez você tenha vivido um crescimento menor que o esperado - então é surreal esperar que esses números cresçam através do mesmo plano de jogo. Você vai precisar de um bom plano, e fazer um vídeo pode ser A estratégia para isso. Aqui está o porquê: além de campanhas de e-mail marketing de vídeo serem as preferidas pelos assinantes, uma estratégia bem focada é melhor do que várias com esforços dispersos. E há diversas formas de fazer os vídeos, separamos algumas ideias abaixo: Conte a história da sua origem Você pode não ser um X-men, mas você tem os poderes mutantes que precisa para lançar uma startup de sucesso. Se você possui uma empresa, a história de sua origem é uma grande âncora para mostrar a alma do seu negócio e de como você chegou até lá. As pessoas adoram esse tipo de história; gera reconhecimento. Fóruns de negócios, grupos, sites, jornalistas, etc, também adoram histórias de origem bem sucedidas e reflexivas pois servem como fonte de inspiração para os outros. Apresente sua equipe Seja divertido. As pessoas tendem a ficar retraídas com uma câmera na cara, então substitua uma equipe agitada por uma lista de 20 perguntas a serem feitas. Em seguida, edite o vídeo para mostrar essa coleção de respostas, você pode até mesmo apresentar um membro da equipe por mês ou semana, e nem todos precisam responder as mesmas perguntas, assim o vídeo ficará mais interessante. Dê um rosto para o CEO O CEO tende a ser a pessoa menos visível quando uma startup se transforma em uma empresa. Talvez o grande líder não queira chamar atenção (ou mesmo não tenha tempo para isso), por isso pense fora da caixa: que tal mostrar o CEO na reunião semanal junto com a equipe, assim todos os membros se sentem parte do grupo. Vídeos de instrução sempre funcionam Shama Hyder, da Marketing Zen, prova isso com seu recente lançamento de pequenos vídeos informativos. O que faz seus vídeos serem diferentes? Ela apresenta teasers no Facebook. Nunca faça um discurso de vendas Um vídeo amigável que fala sobre como você é e o que você faz vale muito mais seus esforços. Você pode fazer uma versão geral e, logo, outras versões mais específicas apresentando cada serviço ou produto com mais detalhes. Uma vez que você possui uma coleção de vídeos, o próximo ponto é descobrir como apresentá-los de forma criativa. Crie uma aba de \"Novidades\" em sua página, ou utilize a aba \"Sobre\" e também suas redes sociais para divulgar seus vídeos. Você pode aproveitar e divulgar estes links em suas newsletters.


Ler Mais
Dicas para aumentar sua lista de e-mail

Dicas para aumentar sua lista de e-mail

Além do Email • 6 de janeiro de 2016

O objetivo de qualquer gerente de e-mail marketing é aumentar a lista de assinantes de e-mail. Há diversas formas de fazer isso, desde a maneira mais básica até algumas um pouco mais criativas. Links com pontos-chave O primeiro passo é chegar à sua rede de contatos e avisá-los que você realiza newsletters. O segundo passo é utilizar os links da mesma em suas redes sociais e também um widget, se for possível. O próximo passo é utilizar um link para inscrições de assinatura do seu e e-mail, de preferência usando um bom gráfico ao invés de um link padrão. Todos na sua empresa também devem fazer o mesmo para garantir que o link tenha o máximo de visibilidade. Também certifique-se de usar um link para o seu formulário de inscrição em todas as páginas do seu site. Há ainda outras coisas que você pode fazer para converter pessoas às suas maravilhosas campanhas de e-mail. Se você tiver um e-commerce, um ótimo lugar para inserir um link é na página de check-out, com isso você atinge as pessoas que já investiram em você - e pode ir mais longe, oferecendo descontos e promoções exclusivas. Quando você usar um link tenha em mente que o mesmo deve ser facilmente acessado em dispositivos móveis também, portanto faça um teste tanto na web quanto em celulares para ter certeza que de o link está consistente. Use uma chamada para ação poderosa O pop-up que você usa no seu site para fazer as pessoas se inscreverem deve ter uma poderosa chamada para ação. Sua composição vai variar de mercado para mercado, mas dois fatores são importantíssimos para qualquer área: O primeiro é o design. Ter um bom design é sempre importante, e parte do bom design é sua redação. O que você está realmente querendo dizer? O que tende a funcionar para a maioria dos mercados é um tipo de prova social: \"faça parte dessa comunidade de 24.000 assinantes.\" O segundo é que você deve oferecer algum tipo de brinde ou recompensa, mesmo que seja um desconto, uma ferramenta ou um recurso. Calendários grátis foram um grande sucesso em 2015, planilhas, checklists, templates e outros tipos de guias - especialmente visuais - tendem a fazer muito sucesso também. Se você está em dúvida sobre o que oferecer, pense nas necessidades de seus clientes - e atenda elas. Uma vez que você tiver um arsenal de brindes, você também pode ligá-los às suas publicações do blog. Utilize uma landing page distinta para cada sorteio, desta forma você estará canalizando as pessoas ao seu formulário de inscrição de várias maneiras diferentes. Brindes reversos Em vez de apenas oferecer conteúdo quando alguém se inscreve, você pode criar conteúdos para doação e incluir um anúncio discreto na sua newsletter. Esta estratégia inversa é incrivelmente popular. Uma vez que o usuário já foi convertido e viu valor no que você tem para oferecer, ele está mais inclinado a se inscrever na sua lista, visto que já sabe que você entrega bons conteúdos. Agora que você tem uma infinidade de dicas, o próximo passo é buscar inspiração para criar campanhas convincentes de e-mail.


Ler Mais
Taxa de Entregabilidade em 2015: Análise Detalhada

Taxa de Entregabilidade em 2015: Análise Detalhada

Além do Email • 31 de dezembro de 2015

Um ponto fraco comum à maioria dos marqueteiros é o porquê de que suas campanhas não terem êxito. Essa falta de consciência se mostra no universo do e-mail marketing na forma de taxas de abertura baixas e ROI reduzido. A cada ano a Return Path faz uma análise da taxa de entregabilidade, ela mede a porcentagem de e-mails que são recebidos na caixa de entrada do e-mail, no spam, e os que não são entregues. Segundo o \"Relatório de Entregabilidade da Benchmark de 2015\", publicado pela Return Path, 1 a cada 5 mensagens enviadas não conseguiu chegar à caixa de entrada. O volume de e-mails aumentou em 7% com relação ao ano passado, mas apenas 79% dos e-mails chegam à caixa de entrada. Além disso, a taxa de entregabilidade caiu em 4% em comparação com 2014, em outras palavras, há mais e-mails sendo enviados mas poucos chegando ao destino final. Taxa de entregabilidade por país A menor taxa de capacidade de entrega é nos EUA, onde a taxa de entregabilidade caiu para 76% em comparação com os 87% de 2014. Não chegar à caixa de entrada significa que 1 a cada 4 e-mails ou vai para a caixa de spam ou é bloqueado pelo provedor de e-mail. O Brasil apresentou uma melhora significativa na taxa de entregabilidade com uma média de 74% em comparação aos 60% de 2014. Entre os países europeus, apenas a Itália apresentou aumento (2% em relação ao ano passado). Houve uma queda significativa na taxa de entregabilidade tanto na Alemanha quanto na França e Reino Unido, no entanto na Espanha a taxa permaneceu inalterada. Os australianos tiveram a maior taxa de entregabilidade, chegando aos 88% em 2015. Taxa de entregabilidade por indústria Este relatório também forneceu estatísticas por indústria, e a maioria das indústrias mostram uma queda nas taxas de entregabilidade. No entanto, as indústrias baseadas em relacionamentos, como saúde & vestuário, alimentos & bebidas e seguros têm mantido boas taxas de entregabilidade com cerca de 90%. Enquanto isso, a indústria manufatureira, de softwares e de internet também apresentaram alguma melhoria. Com base no provedor de e-mail Curiosamente, o relatório também revelou que a capacidade de entrega é particularmente pior através do Yahoo Mail. Estas taxas de entregabilidade caíram em 13% em 2015, e os marqueteiros encontraram obstáculos para alcançar seus assinantes. O Gmail tem mantido a mesma taxa de e-mails que são encaminhados para a aba de Promoção. As campanhas que tentaram driblar a aba de Promoção muitas vezes acabaram na pasta de spam. É recomendado portanto não tentar driblar essa aba, visto que na mesma as taxas de abertura aumentaram em 20% este ano. Porque os marqueteiros não conseguem chegar à caixa de entrada? A análise mostrou que a maioria dos marqueteiros não estão cientes das novas métricas dos provedores de e-mail. Para obter melhores taxas de entregabilidade eles devem considerar as novas regras. A baixa taxa de leitura no receptor de e-mails (26% das campanhas afetadas) tem indicado que a decisão de filtro de mensagens depende da percentagem de pessoas que leem seu e-mail. Enviar e-mails para assinantes que não são engajados pode, portanto, causar problemas na entrega. Reclamações de spam (21%) - Esta é a métrica mais antiga, é usada há anos e ainda não mudou nada. Uma reclamação é registrada cada vez que um usuário marca um e-mail como spam. Os provedores de e-mail ficam de olho nas reclamações e em dados de feedbacks de reputações da Microsoft (SRD). Enviar e-mails para caixas de entrada abandonadas - De acordo com o relatório, cerca de 19% das campanhas enfrentam este problema. Se você enviar mensagens para contas inativas, será enviado um sinal negativo para os provedores de e-mail e com isso você tende a cair nos algoritmos de filtro de spam. As taxas de entregabilidade cairam em 2015 com relação a 2014, possivelmente porque os marqueteiros têm ignorado estas recentes evoluções. O primeiro passo para a realização de qualquer análise de desempenho de campanha é saber quantos e-mails nunca chegaram a caixa de entrada. Ao monitorar sua taxa de entregabilidade você vai obter um melhor entendimento de suas campanhas de e-mail e assim poderá otimizar seu envio de mensagens.


Ler Mais
Como recuperar seus assinantes

Como recuperar seus assinantes

Além do Email • 23 de dezembro de 2015

Você passou horas planejando, elaborando e desenhando sua campanha de e-mail marketing antes de enviá-la. Então finalmente quando você clica no botão enviar, seu conteúdo é direcionado a um vasto horizonte de assinantes. E depois disso, de repente, você recebe a notificação de que um assinante cancelou sua inscrição. Certamente esta é uma das piores notificações a serem recebidas após tanto esforço, mas no entanto, nem tudo está perdido. Existem passos para evitar que isso aconteça com outros inscritos e para que, talvez, você consiga seus antigos assinantes de volta. Descubra onde você errou Antes de trabalhar para recuperar seus antigos assinantes, o primeiro passo é averiguar o que deu errado para que não aconteça com outras pessoas. O erro mais recorrente é o grande período de espera entre uma campanha e outra. Start-ups e grandes empresas são particularmente culpadas por isso, visto que o e-mail marketing só recebe atenção quando é conveniente. Outro erro é não segmentar suas listas - isso deve ser feito já na fase do registro dos contatos. Além disso, 1/3 não realiza testes A/B. Isso é essencial para identificar o que não está bem, pode ser o conteúdo, a linha de assunto ou mesmo o design. Você não vai descobrir a menos que compare as campanhas de maneiras diferentes para saber quais foram bem recebidas. Criando um diálogo com os assinantes que cancelaram a inscrição Nunca subestime o poder de um diálogo. Em uma época onde as relações são tão distantes, o diálogo é um poderoso movimento para alcançar um cliente. A maioria das pessoas gostam de compartilhar suas opiniões (isso é facilmente comprovado pelo uso das redes sociais). Desenvolva uma conexão humana e atinja quem cancelou a inscrição. Se em algum momento optaram por assinar seus conteúdos é porque decidiram estabelecer uma relação com você. Sendo assim, envie um e-mail pessoal para mostrar que você notou a falta do cliente e que lamenta por isso. Aproveite para perguntar o motivo e o que esperavam receber de você. Com isso você pode comprar a expectativa dos assinantes com o que você produz. Esta é uma oportunidade para aprender, principalmente se muitos assinantes cancelaram a inscrição - isso é um indício de que deve haver um padrão nas respostas. Conquistando seus assinantes de volta Agora que você já notou o que há de errado, chegou o momento de conquistar de volta todos os assinantes que cancelaram a inscrição. Isso dará um pouco de trabalho e exigirá um grau de personalização, mas com certeza valerá a pena todo o esforço. Não há nada mais poderoso do que uma marca que é \"humana\". Se há a possibilidade de desenvolver uma campanha através do feedback recebido, então personalize-a e envie. Faça isso algumas vezes. Utilize os interesses para criar algo exclusivo e convide-os de volta uma lista segmentada de modo que caso aceitem apenas recebam conteúdos que lhe interessam.


Ler Mais
Dicas de marketing para a época de férias

Dicas de marketing para a época de férias

Além do Email • 22 de dezembro de 2015

Para a maioria das empresas o envio de uma campanha de e-mail em época de férias é um feito e tanto. Pode ser um grande desafio ter que organizar os esforços de marketing interno em torno dos feriados, quando o fluxo de negócios tende a ser mais elevado do que no resto do ano. Com as vendas aumentando e clientes tentando maximizar os serviços disponíveis, a última coisa que passa na mente do departamento de marketing é realizar campanhas de email marketing. Da mesma forma que maximiza seu negócio frente aos clientes, esta é também uma ótima época para aumentar sua visibilidade, e, tomar essa iniciativa através do e-mail marketing pode fazer toda a diferença. Não há nenhuma época do ano tão boa quanto as férias, visto que a mesma oferece a oportunidade de conteúdos variados. Quer você esteja criando peças informativas, resumos de fim de ano, ou oferecendo um recurso ou encontro de caridade, há grandes oportunidades a serem exploradas no marketing férias, incluindo as dicas abaixo. Email Marketing Segmentado Esta é uma regra padrão do e-mail marketing que a maioria dos departamentos de marketing em crescimento não tiram proveito, principalmente porque requer um pouco de trabalho para desenvolver o conteúdo do segmento. Mas isso não precisa ser complicado. Ao criar campanhas segmentadas de marketing de férias, você não de uma \"prancheta de desenho\" para cada campanha. Você pode usar o mesmo modelo (e poupar tempo e custo com o designer). A única coisa que você realmente precisa alterar é o conteúdo. Considere o seu público: que tipo de conteúdo será melhor para cada um? Como você pode personalizar suas mensagens ou produtos para atender a cada um? Considere Datas Chaves Férias não são só Natal e Ano Novo. Considere os outros tipos de datas especiais que se enquadram nestes meses. Há a \"giving tuesday\", a primeira terça-feira do mês voltada à caridade, que é uma opção muito boa. Ainda que sua empresa não seja uma organização de caridade, você pode aproveitar o espírito de doação deste dia e chamar atenção para uma instituição de caridade que você aprecia. De fato, doação de caridade é algo que muitas empresas não saber lidar, e várias grandes empresas contratam consultores para orientá-los neste quesito. Além de da \"giving tuesday\", fique atento a outras celebrações religiosas e culturais deste mês. Oportunidades locais Se você possui uma organização fixa em uma localização, tire proveito da comunidade local durante esta temporada. As férias são uma época em que as comunidades se aproximam. Para as empresas, isso significa cultivar uma boa comunicação, aumentando o reconhecimento local da sua marca e conhecendo as pessoas cara a cara. Portanto se envolva. Veja o que está acontecendo em sua comunidade local e estenda a mão no que seu negócio puder ajudar. Questionário Anual Conforme o Ano Novo se aproxima, há um muitas coisas acontecendo internamente com a sua empresa e com os seus clientes para se refletir. Este é um grande momento para chegar ao seu público-alvo e pedir que te contem sobre suas percepções. Usando o Survey Monkey, faça questionários pequenos e agradáveis, e deixe a opção de que possa ser preenchido com comentários adicionais para caso alguém queira compartilhar mais pensamentos. Se você ainda está preso pensando em que campanhas criar nesta temporada, leva em consideração o que a sua empresa tem feito nos outros anos durante esta época em que é esperado um grande destaque.


Ler Mais
As mais épicas campanhas de e-mail para as férias

As mais épicas campanhas de e-mail para as férias

Além do Email • 17 de dezembro de 2015

Agora que estamos nos aproximando do período de férias de fim de ano chegou a hora de subir de nível e se inspirar com algumas campanhas de e-mail épicas! O melhor momento para iniciar a sua campanha de e-mail de férias é logo antes da Black Friday e da Cyber ​​Monday. Você pode criar uma pré-promoção para as férias e incluir um cupom que só estará disponível através de sua campanha de e-mail marketing. Muitas empresas já fazem isso, portanto o que destacará a sua empresa é a criatividade da sua mensagem. Pense de maneira diferente, criando um viral ou utilizando elementos mais modernos de design. Se você puder, faça uma campanha de e-mail interativa que conecte a sua mensagem à uma landing page. Isso funciona de uma excelente forma para as indústrias de varejo. A landing page pode ter uma foto de uma sala de estar da família real com uma árvore de natal e uma lareira. O estilo da mensagem vai depender do seu público: moderno contemporâneo ou clássico. Você pode mostrar presentes sob a árvore e os usuários podem clicar nos presentes para ver o que está dentro, cada um tendo um produto. Uma landing page interativa estimula a imaginação e faz com que seus clientes sejam se envolvam mais com a campanha. Você também pode usar o tema \"12 dias para o Natal\" e fazer uma campanha de e-mail durante 12 dias em que você apresenta um produto a cada dia. Inclua um vídeo se você puder, convide um blogueiro popular se possível, isso também ajuda a criar buzz. Se você pretende fazer um sorteio, certifique-se de que você está aproveitando a oportunidade e deixe seus assinantes ansiosos para isso através das mídias sociais, campanhas de e-mail anteriores e também de seu site. Também certifique-se que você está facilitando para que novas pessoas se inscrevam em suas campanhas de e-mail, visto que este tipo de campanha pode aumentar assinantes. Campanhas de férias criativas não precisam apenas falar sobre o tema da própria campanha. Você pode usar o email para chamar a atenção para um \"presente\" ou serviço criativo especial de férias, como fez o Netflix, por exemplo. Eles ofereceram um vídeo chamado de \"Sua casa - Trailer Oficial\" que mostrava uma lareira acolhedora. A ideia era que você poderia usar o Netflix para transformar sua TV em uma lareira digital. Você já está usando o Netflix, e ainda recebe algo personalizado, é genial. A forma com que você usa suas campanhas de e-mail podem - e devem - variar. Faça o que funciona melhor para você e sua empresa. Se o ideal for oferecer apenas conteúdo, ótimo. Se é para atrair usuários para uma lading page, melhor ainda. O objetivo é ir além de apenas uma promoção de férias e encontrar uma maneira de personalizar o que sua empresa tem a oferecer. Por fim, a regra geral: é sempre melhor enviar mais campanhas de férias com diferentes estilos e conteúdos do que apenas uma única voltada apenas para o natal. Esta é uma ótima época do ano para ser notado, e uma campanha de e-mail criativa tem o potencial para fazer exatamente isso.


Ler Mais
Como reinventar o seu eu-futuro

Como reinventar o seu eu-futuro

Além do Email • 4 de dezembro de 2015

Uma vez que você já invadiu a mente de seu cliente e já sabe como você precisa crescer, o próximo passo é reinventar o seu eu-futuro. Em outras palavras, o passo seguinte é cultivar um ambiente para esse crescimento. Neste post vou compartilhar a minha própria história para que você tenha exemplos concretos de como e porquê fazer isso. Seis anos atrás, eu queria ser um líder de opinião em um determinado nicho. Comecei com um blog, mídias sociais, e, pouco a pouco, assumi papéis de discurso e redação de artigos. Nesta altura eu pensava que isso era mais um hobby, mas durante esse tempo recebi várias mensagens de leitores (sim, eles existiam) querendo saber o que eu pensava sobre determinado item de uma notícia. Isso me fez perceber: as pessoas querem a minha opinião. As pessoas adoram líderes de opiniões. Saiba o que você é bom e foque sua experiência nisso. As pessoas estão procurando isso, e elas serão conduzidas à você.É muito mais fácil falar isso do que fazer, basicamente porque você não pode ter medo de ocupar essa posição, o que nos leva ao segundo ponto... Não tenha medo de ser um líder de opinião. Se você possui um conhecimento especial ou uma perspectiva única, não tenha medo de compartilhá-la. Tenha orgulho dela e coloque para fora. Parte disso implica em ser autêntico.No entanto há um pequeno porém em reinventar-se. Às vezes você faz isso conscientemente, mas outras vezes isso é na verdade uma progressão natural visto que você muda - e seu público também. Conheça seu público-alvo. Você pode ter começado com uma base de clientes em mente, mas ao longo do tempo conforme você ou sua empresa avançam, isso pode mudar muito. Continuar atendendo sua base de audiência antiga pode te tornar obsoleto rapidamente. Portanto esteja atento ao seu público e veja como eles estão respondendo ao seu conteúdo. Isso tem muito a ver também com o fato das... Suas próprias mudanças. Quem você é, quais áreas você atende, em que indústria você quer deixar sua marca? Esteja ciente disso e adapte conforme necessário. Estar ciente significa que você está reinventando-se através de uma evolução natural em vez de forçar um novo perfil. A melhor jogada na hora de reinventar seu eu-futuro é estar ciente do que você quer para si. Quando você projetar onde você quer chegar (tendo em mente para onde sua base de audiência está voltada), você terá uma imagem clara de onde você PRECISA estar. Reinventar o seu futuro é algo muito grande, é uma mudança na sua identidade, é como uma nova \"máscara\" para chamar atenção. Reinvenção é ainda mais que isso. É uma mudança de perspectiva e valores. É um compromisso público para melhor atender seu público e si mesmo. Isto pode significar mudanças na sua marca, no seu tom de voz e no seu conteúdo também. Isso pode te conduzir a novos mercados também em suma, você é forçado a ser híbrido, porque na maioria dos casos você está atuando em diferentes mercados com públicos diversos. Faz com que você seja capaz de muito mais e com muita mais flexibilidade. Fazer a coisa certa manterá seus pés no chão porém com uma nova visão, que permeará qualquer serviço, produto ou conteúdo.


Ler Mais
O que é o Programa Safe Harbor (EUA & UE) e sua importância para o negócio?

O que é o Programa Safe Harbor (EUA & UE) e sua importância para o negócio?

Além do Email • 1 de dezembro de 2015

A lei de Proteção de Dados formulada pela Comissão Europeia em 1998 proíbe a transferência de dados pessoais dos cidadãos europeus para outros países que não cumprem as mesmas normas de proteção de privacidade. Para cumprir com essa instrução, o Departamento de Comércio dos EUA e da UE desenvolveu o Programa Safe Harbor. Ele foi projetado para ajudar a proteger a privacidade e integridade das informações pessoais coletadas e processadas por empresas norte-americanas. Isso permitiu que as empresas se auto certifiquem de que protegem os dados dos cidadãos da União Europeia quando transferidos para servidores e centros de dados localizados nos EUA. Empresas norte-americanas devem cumprir 7 princípios em função do Safe Harbor: As empresas devem informar seus clientes sobre o propósito da coleta de suas informações e as opções e meios que a organização oferece aos indivíduos para limitarem suas utilizações e divulgação. Eles também devem informar com quem essas informações são compartilhadas e como contatar a organização em caso de dúvidas ou reclamações. Forneça uma forma clara e acessível para os usuários escolherem como as informações prestadas serão divulgadas a terceiros. Antes de compartilhar qualquer informação com terceiros, a organização deve seguir os dois princípios referidos acima. Devem também se assegurar de que os terceiros também sigam os Princípios do Safe Harbor. Organizações envolvidas na coleta, processamento e manutenção dos dados pessoais dos usuários devem protegê-los do mau uso, da perda, da alteração e do acesso não autorizado. Uma organização deve usar as informações apenas para os fins pelos quais as coletou, e deve ser responsável por mantê-las atualizadas e atuais. Os indivíduos devem também ter acesso à informação que fornecem à empresa até certo ponto. O acesso pode depender da natureza e da sensibilidade das informações coletadas. As empresas devem também assegurar o cumprimento dos Princípios do Safe Harbor e um curso de ação para as organizações que não estão o seguindo. Como isso ajuda a fazer negócios? Está curioso sobre o porquê tantas empresas se juntaram ao Safe Harbor? Ou por que eles escolheram o Safe Harbor às outras opções de certificações? Brian Hengesbaugh, sócio da Baker & McKenzie de Chicago, disse, \"ele é mais adequado para a transferência de dados online, uma vez que não precisa do consentimento dos visitantes do site ou de acordos bilaterais o tempo todo\". Isso ajuda também a evitar os encargos administrativos ligados à manutenção e execução de novos modelos de contratos para cobrir novos afiliados para o negócio. Alguns dos principais fatores que levaram as empresas norte-americanas a seguir o Safe Harbor foram o aumento da demanda de transferência de dados entre fronteiras e confiabilidade da solução para o controle de dados. Entre outros benefícios, ele melhorou a reputação das marcas e a satisfação dos clientes na União Europeia.


Ler Mais
Principais medidas para melhorar a reputação do remetente e a entregabilidade do e-mail

Principais medidas para melhorar a reputação do remetente e a entregabilidade do e-mail

Além do Email • 29 de novembro de 2015

O e-mail marketing é uma das técnicas mais eficazes para impulsionar as vendas e gerar novos leads. Seu sucesso depende da sua capacidade de atingir a caixa de entrada do seu cliente. Depois de clicar “enviar”, seus e-mails passam por vários testes. Quanto melhor for a sua reputação como remetente, mais e-mails serão entregues nas caixas de entrada. Gerenciar sua reputação é vital para garantir que suas mensagens sejam entregues de forma confiável. A entregabilidade do email é um problema enfrentado por muitas empresas que dependem do e-mail para enviar mensagens importantes para seus clientes. Mais de 20% dos e-mails aceitáveis (incluindo e-mails de confirmações e redefinições de senha) nunca chegam a caixa de entrada do destinatário. Vejamos alguns fatores importantes que são responsáveis pela reputação do remetente: Reclamações Reclamações ocorrerem quando o assinante marca um e-mail como spam ou o direciona para sua pasta de lixo eletrônico. Uma taxa de reclamação alta pode bloquear seus e-mails e pode causar uma má reputação de envio. Ela é calculada através da divisão do número de reclamações pelo número de mensagens enviadas. Como reduzir a sua taxa de reclamação? Atenha-se ao tipo de conteúdo que seus assinantes optaram por receber. Segmente seus assinantes com base em seus interesses. Eles são suscetíveis a cancelar a inscrição caso o e-mail não traga algo de valor para eles. Envie e-mails com uma frequência certa uma vez que clientes esquecidos tendem a cancelar a inscrição. Verifique as práticas de permissão para que seus clientes se inscrevam voluntariamente (opt-in). Torne o processo de cancelamento de inscrição mais fácil para evitar reclamações. Algumas das reclamações não irão prejudicar sua reputação uma vez que podem ser cancelamentos simples. A Return Path fornece dados comparativos para o ISP (Provedor de Serviço Internet) para saber o limite aceitável de reclamações. Usuários desconhecidos Enviar e-mail marketing para usuários não-existentes não faz sentido e também contribui para sua taxa de rejeição. Um usuário desconhecido é gerado quando você envia um email para um destinatário que nunca existiu, está inativo ou para um endereço abandonado pelo assinante. Cheque sua lista de e-mail regularmente para verificar erros ortográficos, endereços de email inativos e para filtrar todos os usuários inativos. Você também pode encontrar usuários desconhecidos identificando os códigos de erro SMTP. Mantenha essa taxa baixa para construir sua credibilidade. Como evitar isso? Remova as rejeições duras de sua lista e acompanhe regularmente as rejeições suaves. Reveja o processo de coleta de e-mail e peça aos usuários para confirmarem seu endereço de e-mail. Monitore os loops de feedback e analise os erros de SMTP. Os principais ISPs (Provedores de Serviço Internet) fornecem loops de feedback em que o remetente pode obter informações dos destinatários que se queixaram do e-mail enviado. Armadilhas de spam Armadilhas de spam são endereços de email que são criados especificamente com a finalidade de detectar spammers. Estes não devem estar em nenhuma de suas listas opt-in. Travis Wetherbee descreveu uma armadilha de spam como \"uma das ferramentas de gerenciamento de fraude mais amplamente exploradas utilizadas pelos ISPs (Provedores de serviço internet).\" Existem dois principais tipos de armadilhas de spam usadas pelos ISPs que causam impacto na reputação do remetente: armadilhas de spam puros e armadilhas de spam reciclados. Armadilhas de spam puros são os endereços criados com o único propósito de capturar spammers. Eles nunca foram usados como um endereço de e-mail ativo e podem criar problemas de entregabilidade. Armadilhas de spam reciclados são os endereços de e-mail que antes eram de propriedade de indivíduos. Após um período de inatividade, o ISP desliga a conta e retorna as rejeições duras ou os erros de SMTP. Alguns endereços são reativados por ISPs para armadilhas de spam. Como você pode evitar armadilhas de spam? Não compre listas de e-mail. Remova assinantes não-engajados - monitore endereços de e-mail que se tornaram inativos. Evite enviar mensagens para contas de cargos (ou seja sales@company.com, customerservice@company.com). Remova eficientemente as “rejeições duras” e utilizar listas de supressão para cada campanha. Volume de e-mails enviados Volume é um outro fator na melhoria da pontuação do remetente. De acordo com a Return Path, \"Volume se refere ao número de e-mails vistos pela rede de reputação ao longo dos últimos sete dias e se concentra no envio de padrões, consistência e cadência.\" Portanto, você deve evitar os picos incomuns em seu tráfego de e-mail. Por exemplo, se um endereço IP envia 1 milhão de e-mails a cada mês e, de repente, o número aumenta para 12 milhões, isso pode prejudicar a sua reputação. A reputação está ligada ao seu endereço IP de envio ou ao seu domínio? Atualmente, a maioria dos ISPs (Provedores de Serviço Internet) estão usando endereços IP, mas em um futuro próximo pode mudar para um emparelhamento de IP ou de domínio. A autenticação vai ajudar os ISPs a atribuir reputações mais precisamente, ligando esta reputação aos endereços IP e domínios de remetentes. O e-mail marketing pode fazer maravilhas para o seu negócio apenas quando esses e-mails são entregues. Sua reputação é o elemento principal na entrega às caixas de entrada.


Ler Mais
Benchmark Email e a certificação europeia do Safe Harbor

Benchmark Email e a certificação europeia do Safe Harbor

Além do Email • 29 de novembro de 2015

Após 15 anos de sucesso da transferência de dados baseada nos Princípios do Safe Harbor, os tribunais europeus recentemente os tornaram ilegal. O Safe Harbor foi uma das formas que as empresas norte-americanas adotaram para enfrentar as preocupações com a segurança de dados para os cidadãos europeus. A data limite para as autoridades americanas e europeias foi definida para o final de janeiro, e acreditamos que devem se realizar. Enquanto isso, gostaríamos de assegurar que a Benchmark Email cumpre rigorosamente os Princípios do Safe Harbor, assim como indicado em nossa política de privacidade. Uma vez que os tribunais europeus definiram que o acordo não é mais válido, atualizaremos essa página. Vamos continuar aderindo à estes princípios, por isso, se você já está conosco seus dados e de seus clientes estão seguros e protegidos. Estas mudanças não afetarão nossos serviços, portanto você pode continuar usando a Benchmark Email com confiança. Aqueles que são novos na Benchmark Email podem rever nossos termos e políticas para ter uma melhor compreensão de como protegemos os dados de nossos clientes. Para mais esclarecimentos, por favor contate-nos com o nosso suporte.


Ler Mais
 
1 5 6 7 8 9 10 11 21